Livre está disponível para formar governo com PS

A cabeça de lista do Livre pelo círculo de Lisboa, Joacine Katar Moreira, admitiu a disponibilidade para formar governo com o PS, caso o partido eleja um deputado e os socialistas “respeitem” os objetivos propostos pelo partido.

“Se eventualmente houver necessidade de uma convergência com o Partido Socialista, nós iremos analisar, isto, se os nossos objetivos da justiça social e da justiça climática forem respeitados”, ressalvou Joacine Katar Moreira, considerando que o Livre não é “a favor de nenhuma maioria absoluta”.

A dirigente falava esta terça-feira em Marvila, durante uma visita à Batoto Yetu, Associação Cultural e Juvenil que trabalha com jovens e crianças interessados na cultura africana, provenientes de meios económicos mais ou menos desfavoráveis. “O ideal é que haja sucessivamente necessidade de convergências para governação“, admitiu Joacine Katar Moreira.

A cabeça de lista do Livre pelo círculo de Lisboa recordou ainda que foi o seu partido que, nas anteriores legislativas, apontou a necessidade de uma convergência governamental à esquerda. “Há uns anos, nomeadamente há quatro anos, fomos nós que iniciámos esta necessidade de que era fundamental haver uma convergência à esquerda“, disse a candidata, acompanhada pelo mandatário do Livre, Rui Tavares.

Para Rui Tavares, a convergência à esquerda tornou desnecessária qualquer pressão de voto útil. “As mudanças que o Livre ajudou a introduzir na política portuguesa, desde logo a convergência à esquerda, tornou desnecessária qualquer pressão de voto útil. Ela não existe”, garantiu, alertando que a maioria dos portugueses não está “nada preocupada” com a possível maioria absoluta do PS, mas sim com sinais extremistas, como noutros países.

Na ótica de Rui Tavares, sinais de extrema-direita, xenofobia e nacionalismo seriam “uma má notícia para a democracia”. O fundador do Livre defendeu que o próximo governo deverá dar sinais de mais diversidade e de uma política diferente, mais aberta e responsabilizada, que não se pareça com o que considera ser a atual política: “cartelizada e carreirista”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Maria Martins conquista bronze nos Europeus de ciclismo de pista

Maria Martins venceu nesta quarta-feira a medalha de bronze no “scratch” feminino dos Europeus de ciclismo de pista, que nesta quarta-feira arrancaram em Apeldoorn, na Holanda. Depois de várias medalhas em Europeus sub-23, a ciclista de …

Carlos César: Firmar um acordo com o Bloco descriminaria os restantes partidos de esquerda

O dirigente socialista Carlos César mostrou-se esta quarta-feira confiante que o novo Governo será para quatro anos, considerando ainda que firmar um acordo com o Bloco de Esquerda seria discriminar os restantes partidos de esquerda. …

Médico que deixou bebé nascer sem rosto tem quatro processos na Ordem

O obstetra que não detetou malformações graves num bebé que acabou por nascer sem rosto no início deste mês, em Setúbal, tem quatro processos em curso no conselho disciplinar da Ordem dos Médicos. A informação foi …

Tensão na Catalunha afeta realização do Barcelona-Real Madrid

A violência dos protestos na Catalunha está a fazer com que a Liga e a Federação de futebol espanholas repensem a ideia de o clássico entre Barcelona e Real Madrid se realizar em Camp Nou. O …

Assis critica novo Governo do PS. É "muito António Costa" e feito só para dois anos

O ex-eurodeputado do Partido Socialista (PS) Francisco Assis não poupou nas críticas ao novo Governo, que António Costa apresentou ao Presidente da República na terça-feira ao final do dia, considerando que este é um executivo …

PSD considera que não há novo Governo, mas "remodelação" com alargamento

O PSD defendeu na quarta-feira que "não há um novo Governo", mas "uma remodelação com alargamento", com um executivo aumentado e "mais partidário", considerando "uma desilusão" a continuidade em pastas como Saúde, Educação e Justiça. "Não …

Depois do terramoto das legislativas, vem aí um Conselho Nacional difícil para o CDS

O CDS reúne esta noite o Conselho Nacional. Segundo o Público, Assunção Cristas deverá renunciar a lugar de deputada na Assembleia da República. O CDS deverá marcar esta quinta-feira o próximo congresso para janeiro de 2020. …

Rio quer abafar Montenegro ao fazer "multitasking" como líder partidário e parlamentar

Rui Rio pode acumular as funções de líder do partido e líder parlamentar. O objetivo passa por evitar divisões na bancada e esvaziar a oposição de Luís Montenegro. Rio parece já ter uma estratégia delimitada para …

Cabrita mostra desagrado pelo afastamento da mulher do Governo

O ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, partilhou no Facebook um texto de uma ativista ambiental algarvia crítico do afastamento da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, com quem é casado. Eduardo Cabrita, ministro da Administração …

Polícia desmantela rede de pornografia infantil e faz mais de 300 detenções

Pelo menos 337 pessoas de 38 países foram detidas numa operação em que foi desmantelada uma rede de pornografia infantil, que usava um site para comercializar vídeos de abuso sexual de crianças. Num comunicado divulgado esta …