Livre decide retirada de confiança política a Joacine Moreira

TIago Petinga / Lusa

A nova Assembleia do Livre, eleita no congresso realizado há uma semana, reúne-se esta segunda-feira, em Lisboa, para decidir se retira ou não a confiança política à deputada Joacine Katar Moreira.

A reunião da nova assembleia do Livre acontece oito dias depois de um congresso que decidiu adiar uma decisão sobre a retirada da confiança política a Joacine Katar Moreira, que se exaltou e chegou a acusar elementos do partido de mentirem.

Na reunião magna realizada nos dias 18 e 19, esteve em debate uma resolução da anterior Assembleia do Livre que propunha a retirada da confiança política à única deputada que o partido conseguiu eleger nas legislativas de 06 de outubro passado.

Apesar da polémica com a direção do partido, que se prolonga quase desde o início da legislatura, Joacine Moreira já garantiu estar “completamente fora de questão” renunciar ao mandato e deixar a Assembleia da República.

Por proposta de Ricardo Sá Fernandes, do Conselho de Jurisdição, o congresso decidiu adiar uma decisão sobre Joacine Moreira e remetê-la para os novos órgãos do partido.

O diferendo entre a deputada e os órgãos dirigentes do partido surgiu logo no início da legislatura após Joacine Moreira ter decidido abster-se num voto de condenação por “mais uma agressão israelita em Gaza” apresentado pelo PCP e não mais parou.

Na primeira intervenção que fez ao congresso, a seu pedido, Joacine Moreira disse estar “de consciência tranquilíssima”. Numa segunda intervenção, reagindo a críticas de que não coordena a sua atividade com a direção do partido, a deputada exaltou-se e disse: “Isto é inadmissível, isto é mentira, tenham vergonha!”, batendo no púlpito onde subiu para reagir às considerações contidas na resolução da 42.ª Assembleia do partido.

O órgão máximo entre congressos alegou, na resolução, dificuldades de comunicação entre a direção do Livre e a deputada, bem como não ter acatado indicações quanto ao Orçamento do Estado e a sua votação na generalidade.

O fundador do partido Rui Tavares, membro da Assembleia, votou a favor da resolução naquele órgão e no congresso votou pelo adiamento da decisão em relação à confiança política em Joacine Moreira, ao lado da deputada e de Ricardo Sá Fernandes.

O Livre poderá tornar-se no 1.º partido a ficar sem representação parlamentar, excluindo eleições, se retirar a confiança a Joacine e esta decidir passar a deputada não inscrita.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não percebo como é que demoram tanto tempo para uma decisão que já deveria ter sido tomada, ainda têm alguma dúvida em relação ao que a senhora representa, estupidez ao mais alto nível?

  2. Rui Tavares, o Livre e toda a extrema esquerda tem muito que aprender com os grandes partidos. Vejam como é que o PSD está a resolver a questão dos seus deputados que representam a Madeira.

RESPONDER

Chega e Bloco são os que mais sobem (e o PS não pára de cair)

O Partido Socialista (PS) continua a cair cair nas intenções de voto dos eleitores, quatro meses depois das eleições legislativas. Já o Bloco de Esquerda e Chega estão cada vez mais fortes. De acordo com a …

Contribuintes têm até hoje para validar agregado familiar

Os contribuintes têm até esta sexta-feira para validarem a composição do seu agregado familiar. Apesar de o prazo ter terminado no dia 15, serão considerados pela Autoridade Tributária os dados comunicados durante o dia de …

Morreu aos 61 anos João Ataíde, deputado do PS

João Ataíde, juiz e atual deputado do Partido Socialista (PS) morreu esta sexa-feira em casa, em Coimbra, por volta das 7h. O deputado tinha 61 anos e esteve no debate sobre a eutanásia no Parlamento, …

Pela primeira vez, os cientistas tornaram transparentes órgãos humanos

Normalmente, para obter uma resposta clara sobre o que passa dentro dos nossos órgãos, são necessários cortes profundos. Porém, agora, os cientistas conseguiram tornar órgãos humanos transparentes, para conseguir espreitar para dentro deles sem o …

Primeiro-ministro da Irlanda renuncia (mas aguarda novo governo)

O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, anunciou na noite desta quinta-feira a sua renúncia, mas continuará no cargo até a formação de um novo governo, após os resultados das recentes eleições legislativas. "Leo Varadkar apresentou esta …

Conselho da Europa contra extradição de Assange para os Estados Unidos

A extradição de Julian Assange para os Estados Unidos, onde é acusado de espionagem, terá um “efeito paralisador na liberdade de imprensa”, alertou esta quinta-feira a comissária para os direitos humanos do Conselho da Europa, …

O vulcão "Garganta de Fogo" do Equador pode entrar em colapso

O vulcão Tungurahua do Equador, um dos mais ativos e perigosos da América do Sul, está a mostrar sinais precoces de um potencial colapso parcial. A atividade recente do vulcão levou a uma rápida e significativa …

Astrónomos detetaram oxigénio fora da Via Láctea pela primeira vez

Os astrónomos detetaram oxigénio numa galáxia a mais de 500 milhões de anos-luz da Via Láctea. Esta é terceira deteção deste género fora do Sistema Solar - e a primeira fora da nossa galáxia. O oxigénio …

Robô transpira para regular a própria temperatura

As peles robóticas acabam de ficar ainda mais parecidas com as peles humanas: agora, conseguem regular a sua própria temperatura. Para a grande maioria dos robôs, funcionar durante longos períodos de tempo sem correr o risco …

Sim, as pessoas ficam mais bonitas quando estamos bêbados

Uma investigação acaba de provar a teoria dos "óculos de cerveja": depois de ingerirmos álcool, as outras pessoas tornam-se mais atraentes para nós. Uma equipa de investigadores da Edge Hill University, no Reino Unido, resolveu investigar …