Lisboa devolve taxa de Proteção Civil por vale postal

Câmara Municipal de Lisboa / Facebook

Fernando Medina, presidente da Câmara de Lisboa.

A Câmara Municipal de Lisboa vai devolver 58 milhões de euros aos lisboetas. Os valores cobrados indevidamente para a taxa municipal de Proteção Civil serão devolvidos por correio, através de vale postal.

A Câmara Municipal e Lisboa vai pagar por correio, através do envio de vales postais, a devolução dos valores cobrados indevidamente aos habitantes para a taxa municipal de proteção civil entre 2015 e 2017.

De acordo com o Diário de Notícias, as cartas começam a ser enviadas na segunda quinzena de fevereiro. A Câmara espera pagar um valor de 58,6 milhões de euros, dando uma média de cerca de 270 euros por cada proprietário. São, ao todo, 204.941 pessoas a receber os valores que pagaram, aproximadamente 92%.

No entanto, há também quem vá receber dois vales de 2.500 euros para ser reembolsado dos cinco mil euros que a CML cobrou antes do Tribunal Constitucional considerar ilegal a taxa criada por Fernando Medina para remunerar os “serviços de quem garante a segurança de pessoas e bens”.

Quem tem valores a receber superiores a cinco mil euros, ou reside no estrangeiro, fica excluído desta forma de reembolso. É o caso de 3.800 pessoas que serão contactadas pela autarquia de forma a que o valor seja pago por transferência bancária. Também as 14.300 pessoas que têm dívidas para com a câmara não receberão carta postal.

Os vales podem ser levantados nos correios ou depositados em contas bancárias.

“Foi escolhida esta forma porque é a mais fácil, pela rapidez de execução e automatismo do processo”, explica ao DN Paulo Saraiva, vereador das Finanças da CML, explicando que o limite máximo estimado para a chegada das cartas às respetivas moradas é o dia 15 de março.

A taxa de Proteção Civil foi criada em 2015 para substituir a taxa de conservação e manutenção dos esgotos. A devolução do valor pago por esta taxa implica um “buraco” nas contas da CML de 80 milhões de euros.

Segundo o jornal, a autarquia deixa de poder contar com os 22 milhões que esperava arrecadar com a taxa e tem de repor os 58 milhões já cobrados.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Detidos 21 suspeitos de desviarem fundos para financiar Puigdemont na Bélgica

A operação da polícia espanhola contra o alegado desvio de fundos públicos para financiar as despesas do ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont fugido na Bélgica resultou hoje em 21 detidos ligados ao movimento independentista na …

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …

OE2021. "Quem vota contra quer outro modelo ou desistiu de melhorar o SNS", diz Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido, sustentou esta quarta-feira que os partidos que vão votar contra o Orçamento do Estado para 2021 querem outro modelo de sistema de saúde ou desistiram de melhorar o SNS. Numa …

Mais 3.960 casos e 24 mortes. É o pior dia desde o início da pandemia

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 3.960 casos positivos e 24 mortes por covid-19. Os dados foram divulgados no mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este foi o pior dia desde o …

Reconhecimento para cuidadores informais vai ser mais fácil e rápido

O pedido de estatuto de cuidador informal fica, a partir de hoje, mais fácil, deixando de ser necessário apresentar atestado médico e permitindo que documentos que impliquem atos médicos possam ser apresentados posteriormente. De acordo com …

OE2021 ainda não foi votado, mas já se espera um aumento da despesa em mais de 300 milhões

Entre a entrega da proposta e a votação, o Governo voltou a negociar com os partidos, mostrando abertura para medidas na especialidade que deverão custar pelo menos mais 300 milhões de euros. O Orçamento do Estado …