Lidl aumenta o salário mínimo para 600 euros

A cadeia de supermercados Lidl Portugal anunciou esta segunda-feira que decidiu aumentar para 600 euros o valor do ordenado de mínimo dos seus funcionários, praticado no primeiro ano de trabalho.

Em comunicado, Afroditi Pampa, presidente executivo do Lidl Portugal, recorda que o ordenado mínimo praticado no Lidl “já é acima do ordenado mínimo nacional”.

“Com esta medida, todos os colaboradores a tempo inteiro que auferiam o valor base de 570 euros passam a receber o novo valor de 600 euros”, acrescenta o director da cadeia de supermercados de origem alemã, que celebra 20 anos em Portugal.

O aumento, de 5,26%, irá entrar em vigor a01 de janeiro do próximo ano.

“A medida entra em vigor no próximo dia 1 de janeiro de 2016″, especifica o presidente executivo do Lidl,”e aplica-se todos os novos colaboradores das lojas e entrepostos, já que se trata do ordenado auferido no primeiro ano de trabalho”.

O Lidl é uma rede de supermercados presente em 26 países europeus, fundada em Ludwigshafen, na Alemanha, e pertence actualmente ao Grupo Schwarz, uma rede com cerca de 600 subsidiárias, fundações e sectores empresariais.

Depois da abertura da primeira loja Lidl, em 1973, tornou-se o maior grupo alemão de distribuição, com mais de 9.900 lojas em toda a Europa, movimentando 54 bilhões de euros em negócios.

Em Portugal, a rede tem 240 lojas, 4 entrepostos e 4.800 trabalhadores.

ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Até deveria ser bem mais pois senão vejamos, um casal que ganhem os dois 600 euros pagam uma renda de 550 euros duma casa por baixo, pagam 80 euros de luz, agua, gasolina para poder trabalhar ou passes, escolas garotos,etc.etc, vamos ver no final que fiquem com 350 euros para comer que nem são todos, pergunto aos nossos capitalistas quantas vezes dão 350 euros por um simples almoço dito para a empresa ou fazem uma viagem de lazer e gastam mais de 5000 euros com dinheiros da empresa .

  2. Isso dos 600 euros é tudo muito bonito mas, eles têm umas políticas um pouco esquisitas… Por exemplo: pessoas com mais de 30 anos eles não empregam! Porque?! Isso cheira-me a regalias…algo me diz que os novos empregados vão dar mais horas à “casa”…nunca ninguém dá nada a ninguém assim de mão beijada…e logo em Portugal! oh oh…

  3. CLARO QUE TEM REGALIAS ASSIM COMO CONTINENTES E POR AI FORA, HOJE EM DIA TODAS ESSAS MULTINACIONAIS COMEM DINHEIRO DO ESTADO PARA EMPREGAR, É ASSIM O PAIS QUE TEMOS A QUEM DEFENDA QUE DEVEM TER ESSAS REGALIAS, EU NÃO SOU A FAVOR POIS BASTA VER POR EXEMPLO HOJE NO CORREIO MANHÃ MAIS DE MIL RICOS FOGEM AO FISCO, SE TEM BENESSES DO ESTADO NÃO O DEVERIAM FAZER, MAS CLARO AGORA VEM AQUI ALGUNS DIZER A POIS OS IMPOSTOS SÃO ALTOS PARA AS EMPRESAS E PARA OS RICOS E EU FAZIA O MESMO ESQUECENDO DE DIZEREM AS BENESSES QUE RECEBEM DO ESTADO, OPS ANTES DIZENDO DOS CONTRIBUINTES.

Responder a Joao Cancelar resposta

Índia regista recorde de infetados com covid-19. Quase dez mil num só dia

A Índia registou outro recorde de novos casos de coronavírus, mais de 9.800 nas últimas 24 horas, período em que se contabilizaram 270 mortes, informou esta sexta-feira o Ministério da Saúde. A Índia regista agora 226.770 …

Países Baixos vão abater mais de 10 mil visons após suspeita de transmissão

As autoridades holandesas ordenaram o abate, a partir desta sexta-feira, de mais de 10 mil visons em unidades que fazem criação, depois da suspeita de transmissão do novo coronavírus a pessoas. No passado dia 28 de …

"Resposta à crise da pandemia tem que responder também à crise climática", diz BE

O Bloco de Esquerda (BE) defendeu esta sexta-feira que a resposta à crise pandémica também tem de ter soluções para a crise climática, considerando que a alternativa passa por criar emprego que responda às necessidades …

Desconfinamento do turismo. Costa anuncia abertura de fronteiras e novas rotas a 15 de junho

15 de junho é a data em que o turismo vai começar a desconfinar, com a reabertura de fronteiras e a reativação de rotas aéreas nos aeroportos portugueses. Esta sexta-feira, o primeiro-ministro anunciou que, no dia …

Legalização da prostituição discutida no Parlamento. Há "raparigas que ganham 500 euros por dia"

Uma petição que defende a legalização da prostituição foi, nesta quinta-feira, discutida no Parlamento. Os deputados ouviram as duas primeiras signatárias, uma das quais detém duas casas onde há mulheres a prestarem serviços sexuais e …

Grávidas com covid-19 não devem ter acompanhante no parto

As unidades de saúde devem assegurar condições para permitir um acompanhante no parto, desde que a grávida não esteja infetada com covid-19, segundo uma nova orientação da Direção-Geral da Saúde (DGS). O documento da Direção-Geral da …

Portugal com mais de 300 novos casos pelo terceiro dia consecutivo

Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais dez óbitos e 377 casos de infeção por covid-19, informou esta sexta-feira a Direção-Geral da Saúde. Portugal regista esta sexta-feira 1.465 mortes por covid-19, mais 10 do que na …

Obstetra do caso do bebé sem rosto expulso da Ordem dos Médicos

O obstetra do bebé de Setúbal que nasceu com malformações foi punido com a pena máxima prevista nos Estatutos da Ordem dos Médicos, ou seja, a expulsão, disse à agência Lusa, esta sexta-feira, fonte oficial da …

Mês de maio foi o mais quente já registado no planeta

O mês de maio foi o mais quente registado em relação ao mesmo período nos anos anteriores, segundo o serviço europeu de mudanças climáticas Copernicus, que registou temperaturas muito acima do normal, especialmente no Ártico. "O …

Há concelhos da Grande Lisboa com aumentos de casos de covid-19 acima de 180% desde o fim da Emergência

Seis concelhos da Área Metropolitana de Lisboa registam aumentos superiores a 150% no número de casos de infecção por covid-19 desde o fim do Estado de Emergência, sendo que em Loures e na Amadora a …