Líderes da UE alertam Londres para respeitar acordo do Brexit

Aris Oikonomou / AFP

Ursula von der Leyen e Charles Michel

Os líderes da União Europeia (UE) alertaram o Governo britânico, este sábado, que os dois lados devem implementar o acordo do Brexit, numa reunião com o primeiro-ministro britânico à margem da cimeira do G7.

A presidente da Comissão Europeia e o Presidente do Conselho Europeu, Ursula von der Leyen e Charles Michel, reuniram-se esta manhã com o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, em Carbis Bay, na Cornualha, no sudoeste de Inglaterra.

“O Acordo de Sexta-feira Santa e a paz na ilha da Irlanda são fundamentais. Negociámos um Protocolo que o preserva, assinado e ratificado pelo Reino Unido e UE. Queremos as melhores relações possíveis com o Reino Unido. Os dois lados devem implementar o que combinámos. Há total unidade da UE nesta questão”, escreveram von der Leyen e Michel no Twitter.



https://twitter.com/vonderleyen/status/1403646281101283329?s=20

Em causa estão divergências sobre a aplicação do acordo na Irlanda do Norte, onde o Reino Unido tomou medidas unilaterais para mitigar o impacto da introdução de controlos aduaneiros na circulação de algumas mercadorias, como produtos alimentares frescos.

Ao abrigo do acordo para a saída do Reino Unido da UE, a Irlanda do Norte manteve-se na prática no mercado único, pelo que os controlos alfandegários das mercadorias da Grã-Bretanha (Inglaterra, País de Gales e Escócia) para evitar uma fronteira física com a vizinha Irlanda.

Uma fronteira aberta é uma das condições dos acordos de paz de 1998 que colocaram fim a décadas de violência sectária entre católicos, republicanos favoráveis à reunificação da ilha inteira, e protestantes, ‘unionistas’ que querem que o território permaneça sob a corona britânica.

Macron também insiste com Reino Unido

O primeiro-ministro britânico também se reuniu esta manhã com a chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron. No decurso das conversações, o chefe de Estado gaulês disse estar disposto a “restabelecer” a relação com os britânicos, disseram fontes do Eliseu.

Contudo, lembrou Johnson que este novo começo ficará dependente “do respeito dos britânicos pela palavra dada aos europeus e pelo quadro definido pelos acordos de Brexit”, acrescentaram as fontes.

Paris e Londres partilham, segundo Macron, uma “visão comum” das grandes questões globais e também da política transatlântica, em particular sobre a necessidade de controlo do armamento.

Nas últimas horas, as declarações subiram de tom. O ministro dos Negócios Estrangeiros britânico, Dominic Raab, instou a UE a não ser “teimosa” na implementação dos controlos aduaneiros entre a Grã-Bretanha e a Irlanda do Norte, e garantiu, em declarações à BBC, que o seu Governo “não permitirá que a integridade do Reino Unido seja ameaçada”.

O Governo britânico quer alargar unilateralmente a isenção de controlos sobre produtos de carne processada, que expira a 30 de junho, algo que a UE se recusa a fazer sob ameaça de sanções que poderiam conduzir a uma guerra comercial.

A cimeira do G7 decorre na Cornualha, sudoeste de Inglaterra, entre sexta-feira e domingo, juntando presencialmente pela primeira vez em dois anos dirigentes dos países do G7 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido) e da União Europeia.

Sob a presidência rotativa do Reino Unido, para esta edição foram convidados o Secretário-geral da ONU, António Guterres, e os líderes da Austrália, África do Sul, Coréia do Sul e Índia, mas este último vai intervir por videoconferência.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

DGS autoriza competições da FPF com 33% de público

Os jogos das competições organizadas pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) podem ter uma ocupação de 33% dos recintos desportivos, segundo um parecer técnico da Direção-Geral da Saúde (DGS) a que a agência Lusa teve …

Novas "caixas" transformam eletricidade e areia em painéis solares

A Terrabox é uma espécie "fábrica de células solares" que só necessita de areia e eletricidade. Se for um sucesso, a tecnologia vai à Lua e a Marte. A Maana Electric, uma empresa sediada no Luxemburgo, …

Tribunal europeu autoriza hospital britânico a retirar o suporte de vida a bebé. Pais recusam

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos rejeitou um recurso da família de Alta Fixsler, uma bebé de dois anos, que não come ou respira sozinha, autorizando o Manchester University NHS Foundation Trust a retirar-lhe o …

Equipa com astrónomos portugueses descobre planetas que podem ter água

Uma equipa internacional de astrónomos, incluindo portugueses, descobriu um sistema de planetas fora do Sistema Solar que podem ter água à superfície, no interior ou na atmosfera, divulgou esta quinta-feira o Observatório Europeu do Sul …

México processa fabricantes de armas dos EUA para tentar deter comércio ilegal

O Governo do México lançou uma ação civil num tribunal do Massachusetts, nos Estados Unidos (EUA), contra um conjunto de fabricantes por "comércio negligente", visando deter o "tráfico ilegal" de armas através da fronteira, destinadas …

Afinal, Messi não vai renovar com o Barcelona

O internacional argentino não vai renovar contrato com o FC Barcelona, confirmou, esta quinta-feira, o clube catalão. Em comunicado publicado no seu site oficial, o FC Barcelona explica que, "apesar de ter chegado a acordo" com …

A Guerra Fria eclodiu nas piscinas de Tóquio. E promete continuar pelos Olímpicos fora

Após a final dos 200 metros costas, o nadador norte-americano Ryan Murphy sugeriu que acabara de participar numa prova que "provavelmente não foi limpa". O comentário foi interpretado como uma acusação a Evgeny Rylov, medalhado …

Moderna admite a necessidade de terceira dose da vacina este ano

A empresa biotecnológica norte-americana Moderna admitiu esta quinta-feira que será necessária uma terceira dose da sua vacina contra a covid-19 antes do fim do ano, devido ao esperado aumento de contágios causado pela variante Delta …

Marcelo insiste na vacinação dos jovens dos 12 aos 15. "Temos de ter paciência"

O Presidente da República considerou, esta quinta-feira, que as dúvidas relativas à vacinação dos jovens entre os 12 e os 15 anos não são "tanto dúvidas de princípio, quanto de momento", afirmando que "tudo tem …

44% dos futebolistas foram alvo de ofensas no Twitter

Estudo envolveu os 400 futebolistas da Premier League que têm conta oficial naquela rede social. Quase metade dos futebolistas da Premier League que têm conta oficial no Twitter recebeu mensagens com conteúdo ofensivo ao longo da …