Líder do grupo KKK ameaçou queimar jornalista afroamericana

Um líder do grupo KKK (Ku Klux Klan) ameaçou queimar uma jornalista afroamericana colombiana durante uma entrevista ao canal hispânico Univisión, em julho, no estado norte-americano da Carolina do Norte. A entrevista será transmitida no domingo.

O porta-voz do canal de televisão Univisión, José Zamora, disse na terça-feira à agência Efe que a ameaça aconteceu quando Calderón deu uma entrevista, que será transmitida no domingo, ao programa “Aquí y Ahora”.

Durante a entrevista, Chris Barker, líder dos “Loyal White Knights”, um braço do Ku Klux Klan, disse a Calderón que ela era a primeira pessoa de raça negra a pisar o local onde o grupo se juntava.

A jornalista contactou Chris Barker através da Univisón, sem nunca lhe revelar a sua identidade ou cor da pele. Quando chegou ao local combinado, propriedade de Baker, o líder extremista disse que tinha “nojo” de a ter visto e a todos os do seu género que via todos os dias. “Para mim, és uma mongolóide”.

A apresentadora da edição da noite do noticiário da Univisión disse que “nunca tinha sofrido uma agressão pessoal tão profunda“: “Tive medo e, por momentos, quis parar a entrevista”.

Barker, porta estandarte da supremacia branca sobre todas as raças, lançou insultos e chegou a ameaçar a jornalista dizendo que a queimaria, indicou a Univisión.

“O meu objetivo principal era viver esta experiência e contá-la, para que as pessoas entendam o que está na cabeça deles e saibam ao que se podem expor lá fora”, explicou a jornalista.

Além dos insultos, durante a entrevista, entitulada “Na boca do lobo”, vêem-se a certa altura também diversos membros do grupo irromper pelo local e lançar fogo a uma cruz.

No passado dia 8 de julho, os “Loyal White Knights” participaram numa marcha em Virgínia para protestar contra a remoção de uma estátua do general confederado Robert E. Lee de um parque.

O debate sobre as estátuas e símbolos confederados emergiu nos Estados Unidos depois de Dylann Roof, um jovem supremacista fascinado com a Confederação, assassinar, em junho de 2015, nove afroamericanos numa igreja em Charleston, na Carolina do Sul.

No sábado passado, outro jovem supremacista branco, James Fields, matou uma mulher ao investir com o seu carro contra uma manifestação antirracista em Charlottesville, nos EUA.

Essa manifestação rejeitava a presença na cidade de grupos de extrema direita que protestavam contra a decisão do autarca local de retirar outra estátua do general confederado Robert Lee.

A Confederação agrupou 11 estados do sul que se separaram dos Estados Unidos entre 1861 e 1865, em defesa de um modelo económico baseado na escravatura e contrário ao que era defendido pelos estados do norte.

A Confederação combateu a União (estados do norte) durante a Guerra da Secessão (1861-1865), que causou mais de 600 mil mortos.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O KKK é o maior grupo de palhaços dos EUA, e além de palhaços, são atrasados mentais, tarados, e cobardes, pois escondem a cara (e o facto de serem feios como o cara*** não o justifica).

RESPONDER

"Não pôr o dedo no nariz". Livro medieval ensinava as regras de etiqueta às crianças do século XV

Um livro de boas maneiras do século XV, digitalizado recentemente pela Biblioteca Britânica, está cheio de regras de etiqueta que não são muito diferentes das de hoje. O manuscrito chama-se "The Lytille Childrenes Lytil Boke", as …

Abanca pagou menos de 250 milhões pelo EuroBic

O Abanca ofereceu menos de 250 milhões de euros por 95% do EuroBic, segundo avança o Jornal Económico, o que significa que o banco espanhol avaliou o EuroBic ligeiramente abaixo do múltiplo a que transaciona …

Alegado escritor-fantasma confessa que recebeu pagamentos de Sócrates

Domingos Farinho, alegado escritor-fantasma do livro de José Sócrates "A Confiança no Mundo", confessou que recebeu pagamentos do ex-primeiro-ministro através da RMF Consulting. No requerimento de abertura de instrução que apresentou em janeiro de 2020, o …

Os cavalos perdem quatro dedos no útero

Os cavalos têm apenas um dedo em cada pata, sendo os cascos o equivalente à falange dos nossos dedos médios. No entanto, os seus ancestrais tinham mais dedos em cada pata, variando entre três e …

"Década perdida". Novo Banco com prejuízos de 1.058,8 milhões em 2019

O presidente executivo do Novo Banco disse esta sexta-feira que os últimos dez anos foram uma "década perdida" para a empresa que começou por ser BES e passou em 2014 a Novo Banco, mas …

Estados Unidos assinam acordo de paz com os talibãs no Afeganistão

O presidente norte-americano, Donald Trump, pediu esta sexta-feira aos afegãos para "aproveitar a oportunidade de paz", ao abrigo do acordo de paz que os Estados Unidos vão assinar no sábado com os rebeldes talibãs. A …

Portugal poderá ter um milhão de infetados (e ser decretada quarentena obrigatória)

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, admite que poderá haver um milhão de portugueses infetados pelo Covid-19, 21.000 na semana mais crítica, assegurando que as autoridades de saúde estão a preparar-se para esta possibilidade. “Estamos a …

Descobertos na Sibéria vestígios do Evento de Tunguska, um dos maiores impactos na Terra

Um grupo de investigadores russos que investigam o fenómeno de Tunguska de 1908, o maior impacto terrestre registado na história moderna, descobriu camadas em sedimentos locais que podem conter substâncias de origem extraterrestre. A 30 de …

Exoplaneta gigante pode ter as condições ideais para abrigar vida

Uma equipa de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriu que o enorme exoplaneta K2-18b - tem duas vezes o tamanho da Terra - pode reunir as condições ideais para abrigar vida. Depois de …

A Terra pode ter uma nova (e temporária) mini-lua

A Terra pode ter um novo vizinho, ainda que temporário. Astrónomos do Catalina Sky Survey, programa financiado pela NASA, acreditam ter identificado um asteróide que ficou preso na gravidade da Terra - pode ser a …