Se as legislativas fossem hoje, o PS ganharia sem maioria absoluta

partidosocialista / Flickr

O primeiro-Ministro António Costa

Não é uma vitória esmagadora, uma vez que com 39% fica longe da maioria absoluta. Ainda assim, se as eleições legislativas fossem hoje, o Partido Socialista ganharia.

A maioria dos inquiridos pela sondagem do Centro de Estudos e Sondagens de Opinião da Universidade Católica Portuguesa para o Público e para a RTP, divulgada esta quarta-feira, deseja uma vitória para o PS nas próximas eleições legislativas e rveela uma preferência por uma solução governativa à esquerda.

O estudo indica que, nas próximas eleições legislativas, o PS deverá recolher 39% das intenções de voto, enquanto que o Partido Social Democrata (PSD) se ficará pelos 28%. Este é um resultado mais favorável para o partido de António Costa em relação ao divulgado na primeira parte da sondagem, divulgada no início da semana, sobre os resultados previstos para as eleições europeias. O PS ficava-se apenas pelos 33%.

Em relação aos restantes partidos, os resultados deverão ser muito semelhantes ao que foi projetado para o Parlamento Europeu. Bloco de Esquerda consegue 9%; CDU regista 8% e o CDS-PP ficam-se pelos 7%.

De acordo com a sondagem, o PAN voltaria a entrar na Assembleia da República (3%), elegendo um deputado. O recém-criado Aliança teria um resultado inferior ao das Europeias: apenas 1% das intenções de voto, contra os 3% nas eleições para Estrasburgo.

O Público destaca que este estudo revela uma tendência de subida dos socialistas. Depois de terem caído a partir de janeiro, altura em que o PS acumulava 40% das intenções de voto, os socialistas voltaram a subir. Em março, a sondagem da Aximage para o Correio da Manhã e para o Jornal de Negócios colocava o PS com 34,6%.

A verdade é que os resultados não dão uma maioria absoluta ao vencedor. Por esse motivo, o estudo inquiriu os eleitores sobre qual a solução governativa que preferem.

Neste tópico, e em caso de vitória do PS, a maioria (27%) pediu uma aliança dos socialistas com pelo menos um partido da esquerda ou uma reedição da geringonça (com CDU e BE). Apenas 16% considera que PS deve governar sozinho, resultado semelhante aos que optam por um bloco central em caso de vitória dos socialistas. Só 16% considera que PS deve governar sozinho.

Quanto à possibilidade de ser o PSD a obter mais votos, a maioria (21%) volta a preferir um Governo com apoio de partidos da esquerda, por exemplo através de um bloco central com o PS.

Quase um quinto (19%) considera que o melhor cenário é que se volte a constituir uma maioria de esquerda no Parlamento, mesmo que o PSD ganhe a eleição. Logo atrás surge a opção de uma reedição da PàF (PSD + CDS), com 17% a preferir essa opção. Uma solução de Governo minoritário liderado pelo PSD agrada a apenas 14% dos inquiridos.

95% dão nota positiva a Marcelo

O mesmo estudo debruça-se ainda sobre a popularidade do presidente da República e conclui que a mesma continua em alta. Segundo o Público, entre 1.882 inquiridos, 95% dão uma nota positiva a Marcelo Rebelo de Sousa, com uma média de 15,8 valores numa escala de 0 a 20.

Apenas 5% dos inquiridos daria a Marcelo uma nota inferior a 10 valores, em linha com outra sondagem de novembro de 2016. Nessa altura, a nota média do Presidente da República era de 16,2 valores.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Primeiro-ministro da Arménia acusa militares de tentativa de golpe de Estado

O primeiro-ministro da Arménia referiu-se hoje a "tentativa de golpe de Estado" depois de o Estado Maior ter pedido o afastamento do governo num contexto de protestos por causa da derrota no último conflito com …

EUA condenam Coreia do Norte a indemnizar militares torturados em 1968

A Justiça dos Estados Unidos (EUA) condenou Pyongyang a indemnizar em 2,3 mil milhões de dólares (cerca de dois mil milhões de euros) os tripulantes de um navio da Marinha norte-americana, que foram capturados e …

Ex-gestores do Novo Banco seguem para Banco do Fomento e para CGD

Os gestores Vítor Fernandes e Jorge Freire Cardoso, que saíram do Novo Banco em divergência com a estratégia da Lone Star, vão desempenhar as funções de presidente do Banco de Fomento e de administrador na Caixa …

EUA acusado de prometer contrapartidas a Cabo Verde pela extradição de testa-de-ferro de Maduro

O antigo juiz espanhol Baltasar Garzón, que coordena a defesa de Alex Saab, detido em Cabo Verde e considerado testa-de-ferro do Presidente venezuelano Nicolás Maduro, acusou na quinta-feira os Estados Unidos (EUA) de prometerem contrapartidas …

Bispo italiano sugeriu a padre que pagasse 20 mil euros a vítima de pedofilia

O bispo católico de Como, em Itália, afirmou ter sugerido a um jovem padre suspeito de pedofilia que pagasse 20 mil euros à suposta vítima para encerrar uma investigação interna ao caso ocorrido numa residência …

Governo reforça financiamento de projetos LGBTI com 50 mil euros

O Governo vai reforçar em 50 mil euros o financiamento de projetos de organizações que atuem na defesa dos direitos das pessoas lésbicas, gays, bissexuais, trans e intersexo (LGBTI), anunciou o gabinete da secretária de …

CDS pede ao Governo "um plano de desconfinamento controlado, à inglesa"

Francisco Rodrigues dos Santos quer que o Executivo apresente um plano de desconfinamento que permita a retoma da atividade de alguns setores. Esta sexta-feira, o presidente do CDS-PP insistiu na necessidade de o Governo apresentar um …

Para os idosos que estão em lares, visitar a família sem isolamento poderá acontecer em maio

A CNIS estima que, com todos os idosos residentes em lares vacinados, maio possa ser o mês da libertação depois de mais de um ano de pandemia, confinamentos e restrições apertadas. DGS diz que orientações …

UE retalia e declara chefe da missão venezuelana "persona non grata"

A União Europeia (UE) decidiu, esta quinta-feira, declarar a chefe da missão venezuelana em Bruxelas persona non grata, respondendo ao anúncio feito por Caracas de dar 72 horas à embaixadora comunitária para abandonar o país. "Por …

Novo problema num Boeing 777 leva a aterragem de emergência na Rússia

Um Boeing 777 da companhia aérea russa Rossiya fez uma aterragem de emergência em Moscovo, esta sexta-feira, devido a um problema de motor, uma semana depois de um incidente semelhante com um aparelho do mesmo …