Bengala que guiou bote salva-vidas após o naufrágio do Titanic leiloada por 44 mil euros

(dr) liveauctioneers

Quando o Titanic afundou em águas geladas perto de Newfoundland em 1912, um bote salva-vidas de sobreviventes usou a luz operada por bateria na bengala de uma mulher para iluminar o caminho para a segurança.

Essa cana – feita com alguns dos primeiros plásticos sintéticos do mundo – foi leiloada por 44 mil euros. A proprietária original, Ella White, usou a bengala iluminada para guiar o seu bote salva-vidas, além de alertar os socorristas sobre seu paradeiro.

“A Sra. J. Stuart (Ella) White não ajudou a remar, mas se auto-proclamou uma espécie de sinaleiro. Tinha uma bengala com uma luz elétrica embutida e, durante a maior parte da noite, acenou ferozmente numa tentativa de sinalizar os navios de resgate”, de acordo com o livro “A Night To Remember” de Walter Lord.

Ella White tinha 55 anos à época. Com a sua companheira, a professora de piano Marie Grice Young, de 36 anos, viajaram pela Europa antes de embarcar no RMS Titanic para voltar para a sua mansão em Westchester County, em Nova Iorque, segundo a Atlas Obscura. A dupla estava acompanhada de galinhas exóticas que tinham comprado na França (que planeavam reproduzir em casa), uma empregada e um criado.

No entanto, Ella tinha-se magoado no pé enquanto estava na Europa, o que a levou a comprar uma bengala para ajudá-la a andar. A bengala de esmalte preto tinha uma ponta de plástico sintético de cor âmbar, conhecida como baquelite, e uma coroa iluminada a bateria, segundo a liveauctioneers, a casa de leilões que vende o objeto.

“Inesperadamente para ela, esta bengala serviria a um propósito historicamente valente, além de a ajudar com a sua lesão”, escreveu a empresa no site de licitações.

Ella permaneceu no seu apartamento de primeira classe durante a viagem do Titanic, saindo apenas em 14 de abril de 1912, quando o navio atingiu um icebergue. Num depoimento posterior sobre a catástrofe, Ella descreveu a sensação como um ligeiro tremor. “Não me pareceu um impacto muito grande“, disse ela, segundo a casa de leilões. Foi até ao convés superior para ver o que tinha acontecido e descobriu que estava cheia de passageiros que também esperavam por informações.

Finalmente, o capitão Edward Smith – que morreu mais tarde naquela noite – disse aos passageiros que vestissem o coletes salva-vidas. Muitos não compreenderam a gravidade da situação. Ella lembrou que os homens estavam a fumar cigarros e maridos e mulheres estavam a despedir-se com a ideia de que se veriam novamente.

Por sorte, Ella, Grice e a empregada conseguiram embarcar no barco salva-vidas número 8, o segundo barco salva-vidas a deixar o Titanic. O barco continha 22 mulheres e quatro homens, mas os homens não sabiam como remar. As mulheres assumiram o comando e Ella usou a luz da bengala para sinalizar possíveis resgatadores. Ella observou mais tarde que as lâmpadas do bote salva-vidas “não valiam absolutamente nada”.

Os sobreviventes remavam em direção a uma luz à distância – o RMS Carpathia -, mas não sabiam se estavam a aproximar-se ou a afastar-se. Depois de 45 minutos, tentaram apanhar mais sobreviventes do Titanic. O Atlântico estava escuro como breu, por isso Ella usou a bengala para iluminar o caminho. Chegaram a tempo de ver o navio afundar nas profundezas do oceano.

Todos a bordo do barco salva-vidas número 8 sobreviveram ao desastre. Ella e Grice viveram juntas durante os seguintes 30 anos em Westchester e Ella deixou a Grice muita da sua propriedade quando morreu. É provável que as duas estivessem num relacionamento romântico, segundo a OutSmart Magazine.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

China encontra traços do coronavírus em asas de frango importadas do Brasil

Traços do novo coronavírus foram encontrados em asas de frango importadas do Brasil, na cidade de Shenzhen, no sul da China, noticiou, esta quinta-feira, um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). Os traços foram detetados …

Denúncia de Rui Pinto leva a congelamento de conta bancária da Doyen

Oito milhões de euros que estavam numa conta bancária do fundo de investimento Doyen foram congelados pelas autoridades portuguesas. Uma denúncia do whistleblower português Rui Pinto levou o fundo a ser investigado por suspeitas de fraude …

Preocupado com a Bielorrúsia, Macron ligou a Putin (e aproveitaram para falar da vacina russa)

O Presidente francês, Emmanuel Macron, manifestou esta quarta-feira ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, "uma preocupação muito grande" quanto à situação na Bielorrússia após a reeleição do chefe de Estado autoritário bielorrusso, Alexander Lukashenko. Segundo indicou …

Obras do Hospital Militar de Belém custaram mais do triplo do valor estimado

As obras no Hospital Militar de Belém, em Lisboa, custaram mais do valor inicialmente estimado, avançou o Diário de Notícias esta quarta-feira. De acordo com o jornal, estava inicialmente previsto que a reabilitação de três …

Autópsia a Valentina revela descolamento do crânio

A autópsia a Valentina, a menina de 9 anos encontrada morta na serra D’el Rei, em Peniche, distrito de Leiria, em meados de maio, revela descolamento do crânio, avança esta quinta-feira o Correio da Manhã. …

Rio pede "coerência" na lotação do Avante e faz comparação com estádios

O líder do PSD pronunciou-se sobre a lotação da festa do Avante, lembrando que, se for reduzida para metade, isso é o mesmo que os estádios do FC Porto ou do Sporting estarem cheios. Na sua …

Juiz Carlos Alexandre desiste de queixa contra Rui Pinto

A proposta do Ministério Público (MP) para que o pirata informático não continuasse a ser investigado dependia da autorização do "super-juiz", avança o Correio da Manhã. De acordo com o Correio da Manhã, o juiz Carlos …

Surto na Nova Zelândia faz 17 novas infeções (e não se sabe de onde veio)

Após 102 dias sem casos de covid-19, a Nova Zelândia registou um novo surto na sua maior cidade, Auckland. O número de infeções subiu para 17, mas não se sabe de onde veio. De acordo com …

Ameaças de morte a deputadas. Bloco vai fazer queixa ao Ministério Público

O Bloco de Esquerda vai apresentar duas queixas ao Ministério Público, uma por cada deputada ameaçada no e-mail enviado à SOS Racismo. A Polícia Judiciária está a investigar um e-mail enviado a um grupo de dez …

Siza Vieira garante que subida do salário mínimo não foi discutida à Esquerda

O ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, garantiu, em entrevista ao Observador, que uma eventual subida do Salário Mínimo Nacional (SMN) não foi discutida com os partidos de Esquerda. "O …