Bengala que guiou bote salva-vidas após o naufrágio do Titanic leiloada por 44 mil euros

(dr) liveauctioneers

Quando o Titanic afundou em águas geladas perto de Newfoundland em 1912, um bote salva-vidas de sobreviventes usou a luz operada por bateria na bengala de uma mulher para iluminar o caminho para a segurança.

Essa cana – feita com alguns dos primeiros plásticos sintéticos do mundo – foi leiloada por 44 mil euros. A proprietária original, Ella White, usou a bengala iluminada para guiar o seu bote salva-vidas, além de alertar os socorristas sobre seu paradeiro.

“A Sra. J. Stuart (Ella) White não ajudou a remar, mas se auto-proclamou uma espécie de sinaleiro. Tinha uma bengala com uma luz elétrica embutida e, durante a maior parte da noite, acenou ferozmente numa tentativa de sinalizar os navios de resgate”, de acordo com o livro “A Night To Remember” de Walter Lord.

Ella White tinha 55 anos à época. Com a sua companheira, a professora de piano Marie Grice Young, de 36 anos, viajaram pela Europa antes de embarcar no RMS Titanic para voltar para a sua mansão em Westchester County, em Nova Iorque, segundo a Atlas Obscura. A dupla estava acompanhada de galinhas exóticas que tinham comprado na França (que planeavam reproduzir em casa), uma empregada e um criado.

No entanto, Ella tinha-se magoado no pé enquanto estava na Europa, o que a levou a comprar uma bengala para ajudá-la a andar. A bengala de esmalte preto tinha uma ponta de plástico sintético de cor âmbar, conhecida como baquelite, e uma coroa iluminada a bateria, segundo a liveauctioneers, a casa de leilões que vende o objeto.

“Inesperadamente para ela, esta bengala serviria a um propósito historicamente valente, além de a ajudar com a sua lesão”, escreveu a empresa no site de licitações.

Ella permaneceu no seu apartamento de primeira classe durante a viagem do Titanic, saindo apenas em 14 de abril de 1912, quando o navio atingiu um icebergue. Num depoimento posterior sobre a catástrofe, Ella descreveu a sensação como um ligeiro tremor. “Não me pareceu um impacto muito grande“, disse ela, segundo a casa de leilões. Foi até ao convés superior para ver o que tinha acontecido e descobriu que estava cheia de passageiros que também esperavam por informações.

Finalmente, o capitão Edward Smith – que morreu mais tarde naquela noite – disse aos passageiros que vestissem o coletes salva-vidas. Muitos não compreenderam a gravidade da situação. Ella lembrou que os homens estavam a fumar cigarros e maridos e mulheres estavam a despedir-se com a ideia de que se veriam novamente.

Por sorte, Ella, Grice e a empregada conseguiram embarcar no barco salva-vidas número 8, o segundo barco salva-vidas a deixar o Titanic. O barco continha 22 mulheres e quatro homens, mas os homens não sabiam como remar. As mulheres assumiram o comando e Ella usou a luz da bengala para sinalizar possíveis resgatadores. Ella observou mais tarde que as lâmpadas do bote salva-vidas “não valiam absolutamente nada”.

Os sobreviventes remavam em direção a uma luz à distância – o RMS Carpathia -, mas não sabiam se estavam a aproximar-se ou a afastar-se. Depois de 45 minutos, tentaram apanhar mais sobreviventes do Titanic. O Atlântico estava escuro como breu, por isso Ella usou a bengala para iluminar o caminho. Chegaram a tempo de ver o navio afundar nas profundezas do oceano.

Todos a bordo do barco salva-vidas número 8 sobreviveram ao desastre. Ella e Grice viveram juntas durante os seguintes 30 anos em Westchester e Ella deixou a Grice muita da sua propriedade quando morreu. É provável que as duas estivessem num relacionamento romântico, segundo a OutSmart Magazine.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …