Time elege Khashoggi e outros jornalistas “guardiões da verdade” como personalidades do ano

(h) Time Magazine / EPA

O jornalista saudita Jamal Khashoggi, assassinado a 2 de outubro deste ano no consulado da Arábia Saudita em Istambul, é uma das personalidades do ano eleitas pela revista norte-americana Time.

O colunista do Washington Post, voz crítica do governo saudita, divide a distinção com outros profissionais da comunicação social que colocaram a sua vida em risco em prol da verdade. Para a Time, estes são os “guardiões da verdade“.

A publicação distinguiu a filipina Maria Ressa, perseguida pelo regime do Presidente filipino Rodrigo Duterte, e dois jornalistas da agência Reuters condenados a sete anos de prisão por terem noticiado a morte das minorias rohingya, Kyaw Soe Oo e Wa Lone, de 28 anos e 32 anos, respetivamente.

A revista Time reconheceu ainda o trabalho do jornal local Capital Gazette, de Annapolis, localizado no estado norte-americano de Maryland, cuja redação foi atacada a 28 de junho deste ano, fazendo cinco vítimas mortais.

“A atualidade está a chamar-nos a atenção para muitos jornalistas que têm uma coisa em comum: foram alvos devido seu trabalho. Para eles, perseguir a verdade significa prisão e assédio. Em alguns casos, significou a morte”, pode ler-se nesta edição da revista.

Ed Felsenthal, editor da publicação, frisa que estas personalidades foram eleitas por “terem enfrentado grandes riscos na busca pela verdade, pela imperfeita mas essencial procura de factos que são centrais para o discurso civil, por falarem e por divulgarem”, escreveu na sua conta pessoal no Twitter.

“Como todos os dons humanos, a coragem chega a nós em quantidades e em momentos diferentes”, acrescentou ainda Felsenthal. “Este ano reconhecemos quatro jornalistas e uma empresa jornalística que pagaram um preço terrível por enfrentar o desafio deste momento”, apontou.

A Time designa desde 1927 a “personalidade do ano”, ilustrando a capa da edição final de ano da revista como a figura escolhida. A lista de finalistas anunciada nesta segunda-feira incluía o vencedor de 2016, o Presidente norte-americano, Donald Trump, as famílias separadas na fronteira dos EUA, o Presidente russo, Vladimir Putin, o procurador especial dos Estados Unidos, Robert Mueller.

Na corrida estavam também os ativistas do movimento March For Our Lives (Marcha pelas Nossas Vidas), a duquesa de Sussex Meghan Markle, o líder da Coreia do Sul, Moon Jae-in, o realizador do filme da Marvel Black Panther Ryan Coogler e Christine Blasey Ford, uma das mulheres que testemunhou contra o juiz Brett Kavanaugh por tentativa de violação, que à data era o juiz nomeado para o Supremo Tribunal dos EUA.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

China. Cientistas testam vacina contra a SIDA em seres humanos

Um grupo de cientistas chineses vai testar uma vacina "duradoura" contra o vírus da sida, em 160 voluntários, na primeira vez que uma vacina deste género atinge a segunda fase de testes, segundo a imprensa …

Empresa de Sérgio Ramos multada em 250 mil euros por cortar dezenas de árvores ilegalmente

A cidade de Alcobendas, em Espanha, decidiu em sessão plenária extraordinária multar a empresa Aguileña de Inversiones SA, veiculada ao futebolista Sérgio Ramos, em 250.000 euros devido ao abate ilegal de dezenas de árvores. Segundo escreve a …

Postal enviado de Hong Kong em 1993 chegou aos Estados Unidos esta semana

Uma norte-americano recebeu, esta semana, um postal oriundo de Hong Kong e datado de 1993 em perfeitas condições de preservação. Agora, falta encontrar os verdadeiros destinatários. Tal como conta a emissora norte-americana CNN, a mulher, Kim …

Além de programas e subscritores, Netflix está a perder (sobretudo) confiança

A Netflix apresentou, neste segundo semestre do ano, um crescimento global aquém das expectativas e, pela primeira vez, assistiu a uma perda de subscritores naquele que é o seu principal mercado. Estes resultados não agradaram …

Criança descobre fóssil de crocodilo gigante pré-histórico que habitou Amazónia

O rapaz de onze anos estava a pescar com o pai, nas margens brasileiras do rio Acre, quando descobriu a mandíbula de um crocodilo gigante pré-histórico que habitou a Amazónia há oito milhões de anos. Uma …

Protestos, detidos e estado de emergência. Um super-telescópio está a agitar o Havai

Centenas de manifestantes estão reunidos, na base da montanha Mauna Kea, no Havai, para contestar a construção no seu pico de um super-telescópio, avaliado em mil milhões de dólares. Segundo o Washington Post, os anciãos havaianos, conhecidos …

A Brienne de A Guerra dos Tronos propôs-se a um Emmy. E conseguiu a nomeação

A atriz Gwendoline Christie, que interpreta a cavaleira Brienne of Tarth em A Guerra dos Tronos, propôs-se a um Emmy depois de a produtora HBO não a ter indicado para os maiores prémios da televisão. Christie …

Espiões nos recreios das escolas para ver se as crianças falavam Catalão

O Governo regional da Catalunha autorizou que elementos de uma organização não governamental se introduzissem nos recreios das escolas para aferirem se as crianças e os professores falavam Catalão ou Espanhol. A iniciativa foi levada a …

Bill Gates já não é o segundo homem mais rico do mundo

O fundador da Microsoft, Bill Gates, já não é o segundo homem mais rico do mundo. Segundo o ranking elaborado pela Bloomberg, o empresário foi destronado pelo francês Bernard Arnaut, dono da empresa de artigos …

Passageira tenta abrir porta do avião em pleno voo e obriga piloto a aterrar de emergência

Uma passageira que se comportou de forma agressiva e descontrolada durante um voo que seguia de Londres para a Turquia obrigou o piloto a regressar ao aeroporto de Stansted, escoltado por dois jatos militares. O incidente …