Kevin Spacey aparece de surpresa na audiência do caso de agressão sexual

Esta segunda-feira, Kevin Spacey apareceu inesperadamente no tribunal de Massachusetts para a audição no caso em que é acusado de agredir sexualmente um jovem de 18 anos, num bar nos Estados Unidos.

A presença de Kevin Spacey no tribunal não era esperada, uma vez que o ator tem procurado manter-se afastado do tribunal deste a primeira audiência, que se realizou no primeiro mês do ano. Spacey surgiu acompanhado de dois advogados, mas não prestou declarações nem fez qualquer tipo de comentário.

Na audiência de janeiro, o ator chegou a fazer um requerimento para não ter de estar presencialmente no tribunal e justificou o seu pedido com o facto de não residir no estado onde iria ocorrer a audiência e por acreditar que a sua presença iria “ampliar a publicidade negativa já gerada pelo caso”. Contudo, o juiz recusou o pedido.

Em março, numa audiência preliminar, o mesmo juiz respondeu a um segundo requerimento dos advogados de Spacey e decidiu que o ator não era obrigado a estar presente na sessão e, por isso, participou na audiência através de telefone.

O The Guardian adianta que a defesa de Spacey continua a atacar a credibilidade do jovem de 18 anos. O advogado Alan Jackson refere em novos documentos que a alegada vítima terá apagado mensagens no telemóvel que suportariam a inocência do ex-ator da série House of Cards.

Jackson apelou aos procuradores para disponibilizarem uma cópia forense do telemóvel da vítima que, afirma, “apagou mensagens incriminatórias e entregou screenshots falsificados da noite em questão”.

Entretanto, segundo o Observador, o juiz Thomas Barret ordenou o Club Car, bar onde o jovem diz ter sido agredido, a entregar imagens de videovigilância gravadas entre as 17h00 e as 00h03 dos dias 7 e 8 de julho de 2016.

Em tribunal, os advogados do ator acusam a alegada vítima de mentir unicamente com o objetivo de ganhar dinheiro num caso contra Kevin Spacey.

No dia em que foi tornada pública a acusação de agressão sexual, Kevin Spacey publicou um vídeo com o título Deixem-me ser franco, um trocadilho com o nome da personagem que interpretava na série House of Cards, Frank Underwood. Na sequência da acusação, o ator acabou mesmo por ser despedido da série da Netflix.

“Estão a morrer para me ouvir declarar que é tudo verdade e que tive o que merecia. Não era tão fácil? Se tudo fosse assim tão simples. Só que eu e vocês sabemos que nunca é assim tão simples, nem na política, nem na vida. Mas vocês não acreditariam no pior sem provas, pois não? Não saltariam para julgamentos sem factos, pois não? Fizeram-no? Não, vocês não. Vocês são mais inteligentes do que isso“, diz Spacey no vídeo.

Este não é o único nem foi o primeiro caso a ser revelado de agressões sexuais envolvendo o ator. O primeiro episódio terá acontecido em 1986, quando a alegada vítima, Anthony Rapp, tinha 14 anos e Spacey 26. Este caso, revelado em outubro de 2017, na sequência do movimento #metoo, levou Heather Unruh a revelar o caso de que o filho tinha sido alvo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Governo italiano vai contratar 60 mil pessoas para vigiar distanciamento social

O Governo italiano vai contratar "assistentes cívicos" para garantir que os cidadãos cumprem o distanciamento social. Depois de mais de dois meses confinados nas suas casas para conter a propagação do coronavírus, os italianos começaram a …

Rio volta a admitir que PSD viabilize Orçamento Suplementar do Governo

O presidente do PSD afirmou hoje que viabilizará ao Governo uma proposta de Orçamento Suplementar, "como tudo indica que é", que proceda à adaptação de medidas a tomar até ao final do ano para o …

J.K. Rowling anuncia novo livro infantil a ser publicado gratuitamente online

A escritora britânica J.K. Rowling, autora da saga "Harry Potter", vai publicar um novo livro infantil, intitulado "The Ickabog", um conto de fadas que será disponibilizado 'online', gratuitamente e em formato de série, a partir …

Empresa portuguesa cria cabine que faz desinfeção total em 25 segundos

A Starmodular, uma empresa com sede em Belmonte, distrito de Castelo Branco, criou um sistema destinado a espaços abertos ao público que permite a desinfeção total em 25 segundos para evitar a propagação da Covid-19, …

TAP duramente criticada por marginalização do Norte. Rio fala em "empresa regional"

Rui Rio foi apenas uma das várias vozes que criticaram o novo plano de voo da TAP, em que a maioria das ligações repostas são de Lisboa. Marcelo Rebelo de Sousa também demonstrou a sua …

Teatros e cinemas podem reabrir, mas com um lugar de intervalo

Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir com todas as filas ocupadas e um lugar de intervalo entre os espetadores, que serão obrigados a usar máscara. Teatros, salas de espetáculos e cinemas podem reabrir, a …

Em disputa com os EUA, China avança com a construção de 700 laboratórios

A China está a acelerar a construção de 700 novos laboratórios perante um cenário de corrida tecnológica contra os Estados Unidos. O objetivo é aumentar a competitividade do país. A tensão entre Pequim e Washington tem …

Oposição urge Boris Johnson a despedir assessor por ter violado o confinamento

Os partidos da oposição escreveram hoje ao primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, urgindo a demissão do assessor Dominic Cummings, a quem acusam de ter "abalado gravemente a confiança" da população nos apelos oficiais sobre a pandemia …

Atletas que sorriem durante as corridas gastam menos oxigénio

Os atletas que sorriem gastam menos oxigénio, trabalham de forma mais económica e têm um nível de esforço menor, refere um estudo realizado pelas universidades de Ulster e Swansea, divulgado esta terça-feira. Os investigadores pediram a …

OMS analisa possíveis primeiros casos de infeção de animais para o homem

A Organização Mundial de Saúde (OMS) admite que pelo menos três infeções por Covid-19 nos Países Baixos possam ser os primeiros casos conhecidos de transmissão do novo coronavírus dos animais para o homem, tendo martas …