Kevin Spacey aparece de surpresa na audiência do caso de agressão sexual

Esta segunda-feira, Kevin Spacey apareceu inesperadamente no tribunal de Massachusetts para a audição no caso em que é acusado de agredir sexualmente um jovem de 18 anos, num bar nos Estados Unidos.

A presença de Kevin Spacey no tribunal não era esperada, uma vez que o ator tem procurado manter-se afastado do tribunal deste a primeira audiência, que se realizou no primeiro mês do ano. Spacey surgiu acompanhado de dois advogados, mas não prestou declarações nem fez qualquer tipo de comentário.

Na audiência de janeiro, o ator chegou a fazer um requerimento para não ter de estar presencialmente no tribunal e justificou o seu pedido com o facto de não residir no estado onde iria ocorrer a audiência e por acreditar que a sua presença iria “ampliar a publicidade negativa já gerada pelo caso”. Contudo, o juiz recusou o pedido.

Em março, numa audiência preliminar, o mesmo juiz respondeu a um segundo requerimento dos advogados de Spacey e decidiu que o ator não era obrigado a estar presente na sessão e, por isso, participou na audiência através de telefone.

O The Guardian adianta que a defesa de Spacey continua a atacar a credibilidade do jovem de 18 anos. O advogado Alan Jackson refere em novos documentos que a alegada vítima terá apagado mensagens no telemóvel que suportariam a inocência do ex-ator da série House of Cards.

Jackson apelou aos procuradores para disponibilizarem uma cópia forense do telemóvel da vítima que, afirma, “apagou mensagens incriminatórias e entregou screenshots falsificados da noite em questão”.

Entretanto, segundo o Observador, o juiz Thomas Barret ordenou o Club Car, bar onde o jovem diz ter sido agredido, a entregar imagens de videovigilância gravadas entre as 17h00 e as 00h03 dos dias 7 e 8 de julho de 2016.

Em tribunal, os advogados do ator acusam a alegada vítima de mentir unicamente com o objetivo de ganhar dinheiro num caso contra Kevin Spacey.

No dia em que foi tornada pública a acusação de agressão sexual, Kevin Spacey publicou um vídeo com o título Deixem-me ser franco, um trocadilho com o nome da personagem que interpretava na série House of Cards, Frank Underwood. Na sequência da acusação, o ator acabou mesmo por ser despedido da série da Netflix.

“Estão a morrer para me ouvir declarar que é tudo verdade e que tive o que merecia. Não era tão fácil? Se tudo fosse assim tão simples. Só que eu e vocês sabemos que nunca é assim tão simples, nem na política, nem na vida. Mas vocês não acreditariam no pior sem provas, pois não? Não saltariam para julgamentos sem factos, pois não? Fizeram-no? Não, vocês não. Vocês são mais inteligentes do que isso“, diz Spacey no vídeo.

Este não é o único nem foi o primeiro caso a ser revelado de agressões sexuais envolvendo o ator. O primeiro episódio terá acontecido em 1986, quando a alegada vítima, Anthony Rapp, tinha 14 anos e Spacey 26. Este caso, revelado em outubro de 2017, na sequência do movimento #metoo, levou Heather Unruh a revelar o caso de que o filho tinha sido alvo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente da Polónia com teste positivo de covid-19

O Presidente da Polónia, Andrzej Duda, testou positivo para o novo coronavírus, anunciou este sábado o porta-voz do chefe de Estado. "Como se esperava, o Presidente @AndrzejDuda foi ontem [sexta-feira] submetido a um teste para detetar …

"Com o futebol acabei com a Guerra do Iraque". Jorvan Vieira, o treinador português que é Deus no mundo árabe

Jorvan Vieira é um nome que pouco deve dizer à maioria dos adeptos de futebol. Filho de portugueses emigrados no Brasil, fez grande parte da sua carreira no Médio Oriente, onde é acarinhado por milhões. …

Capacidade de cuidados intensivos na Europa vai chegar ao limite, alerta OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira que muitas unidades de cuidados intensivos na Europa vão chegar ao limite da sua capacidade nas próximas semanas. "Há uma situação muito preocupante a acontecer na Europa. …

Geólogos "ressuscitam" placa tectónica desaparecida

A existência da placa tectónica Ressurreição nunca foi consensual: alguns geólogos argumentam que nunca foi real e outros alegam que a placa sofreu um processo de subducção no manto da Terra, em algum lugar da …

Não se esqueça: muda a hora este domingo

Os relógios vão atrasar 60 minutos na madrugada do próximo domingo em Portugal para dar início ao horário de inverno. Em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, os relógios deverão ser atrasados uma hora …

Cientistas mediram o período de tempo mais curto de sempre

Uma equipa de físicos e metrologista da Universidade Goethe de Frankfurt, na Alemanha, anunciou que conseguiu medir o menor período de tempo já determinado - são 247 zeptosegundos, segundo os cientistas. O processo físico cuja …

Viagens expresso no Sistema Solar. Nave espacial pode chegar a Titã em apenas 2 anos

Uma equipa de cientistas está a trabalhar num propulsor de nave espacial que, segundo eles, poderia alcançar a misteriosa lua de Saturno, Titã, em menos da metade do tempo que o satélite Cassini demoraria. Apesar de …

Depois do "selo Brexit", os correios da Áustria emitem o "selo corona" impresso em papel higiénico

O serviço postal da Áustria uniu dois pontos da pandemia do novo coronavírus ao criar um selo impresso em papel higiénico que, segundo os correios, as pessoas também podem, a qualquer momento, usar para ajudar …

A Moog celebra os 100 anos do Theremin com um novo instrumento: o Claravox Centennial

Este ano marca o 100º aniversário do Theremin - um dos primeiros instrumentos musicais completamente eletrónicos, controlado sem qualquer contacto físico pelo músico. Para celebrar vai ser lançado o Claravox Centennial. Foi em 1920 que Leon Theremin, …

Depósito inexplorado na Sibéria tem uma das maiores reservas de ouro do mundo

O maior produtor de ouro da Rússia, PJSC Polyus, anunciou esta semana que o seu depósito inexplorado em Sukhoi Log, na região siberiana de Irkutsk, possui uma das maiores reservas mundiais deste metal preciosos. De …