Kevin Spacey aparece de surpresa na audiência do caso de agressão sexual

Esta segunda-feira, Kevin Spacey apareceu inesperadamente no tribunal de Massachusetts para a audição no caso em que é acusado de agredir sexualmente um jovem de 18 anos, num bar nos Estados Unidos.

A presença de Kevin Spacey no tribunal não era esperada, uma vez que o ator tem procurado manter-se afastado do tribunal deste a primeira audiência, que se realizou no primeiro mês do ano. Spacey surgiu acompanhado de dois advogados, mas não prestou declarações nem fez qualquer tipo de comentário.

Na audiência de janeiro, o ator chegou a fazer um requerimento para não ter de estar presencialmente no tribunal e justificou o seu pedido com o facto de não residir no estado onde iria ocorrer a audiência e por acreditar que a sua presença iria “ampliar a publicidade negativa já gerada pelo caso”. Contudo, o juiz recusou o pedido.

Em março, numa audiência preliminar, o mesmo juiz respondeu a um segundo requerimento dos advogados de Spacey e decidiu que o ator não era obrigado a estar presente na sessão e, por isso, participou na audiência através de telefone.

O The Guardian adianta que a defesa de Spacey continua a atacar a credibilidade do jovem de 18 anos. O advogado Alan Jackson refere em novos documentos que a alegada vítima terá apagado mensagens no telemóvel que suportariam a inocência do ex-ator da série House of Cards.

Jackson apelou aos procuradores para disponibilizarem uma cópia forense do telemóvel da vítima que, afirma, “apagou mensagens incriminatórias e entregou screenshots falsificados da noite em questão”.

Entretanto, segundo o Observador, o juiz Thomas Barret ordenou o Club Car, bar onde o jovem diz ter sido agredido, a entregar imagens de videovigilância gravadas entre as 17h00 e as 00h03 dos dias 7 e 8 de julho de 2016.

Em tribunal, os advogados do ator acusam a alegada vítima de mentir unicamente com o objetivo de ganhar dinheiro num caso contra Kevin Spacey.

No dia em que foi tornada pública a acusação de agressão sexual, Kevin Spacey publicou um vídeo com o título Deixem-me ser franco, um trocadilho com o nome da personagem que interpretava na série House of Cards, Frank Underwood. Na sequência da acusação, o ator acabou mesmo por ser despedido da série da Netflix.

“Estão a morrer para me ouvir declarar que é tudo verdade e que tive o que merecia. Não era tão fácil? Se tudo fosse assim tão simples. Só que eu e vocês sabemos que nunca é assim tão simples, nem na política, nem na vida. Mas vocês não acreditariam no pior sem provas, pois não? Não saltariam para julgamentos sem factos, pois não? Fizeram-no? Não, vocês não. Vocês são mais inteligentes do que isso“, diz Spacey no vídeo.

Este não é o único nem foi o primeiro caso a ser revelado de agressões sexuais envolvendo o ator. O primeiro episódio terá acontecido em 1986, quando a alegada vítima, Anthony Rapp, tinha 14 anos e Spacey 26. Este caso, revelado em outubro de 2017, na sequência do movimento #metoo, levou Heather Unruh a revelar o caso de que o filho tinha sido alvo.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Eis AlphaDog, a resposta da China para o cão-robô norte-americano Spot

A empresa de tecnologia Weilan, sediada em Nanjing, na China, desenvolveu o AlphaDog, um cão-robô que usa sensores e inteligência artificial (IA) para realizar uma série de aplicações, incluindo entrega de encomendas e orientação para …

E se a vacina contra a covid-19 se chamasse Trumpcine? O "sir" sugeriu e Donald Trump gostou

No fim de semana passado, durante um encontro do Comité Nacional Republicano, o ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que alguém sugeriu que as vacinas disponíveis contra a covid-19 deveriam receber o seu nome. …

O custo da paz mundial é bastante inferior ao custo da guerra

Um recente relatório do Instituto de Economia e Paz (IEP) conclui que o custo dos países com a violência é bem superior ao custo com a paz mundial. O Instituto de Economia e Paz estima que, …

Malta vai pagar aos turistas que visitarem a ilha durante o verão

Numa altura em que pandemia não tem dado tréguas ao setor do turismo, Malta anunciou um conjunto de medidas com o objetivo de encorajar os viajantes a visitarem o país e a ficarem hospedados nos …

Pentágono confirma que filmagens de OVNI em forma de pirâmide são autênticas

Uma nova série de imagens e vídeos de OVNIs (Objetos Voadores Não Identificados) filmados pela Marinha dos Estados Unidos foi agora confirmada como autêntica pelo Pentágono. Enquanto muitas pessoas geralmente se referem a avistamentos misteriosos …

Irão vai aumentar produção de urânio enriquecido em resposta ao “terrorismo nuclear” de Israel

O Irão justificou esta quarta-feira a decisão de enriquecer urânio a 60% como resposta ao “terrorismo nuclear” e à “maldade” israelita, referindo-se ao alegado ataque contra a central de Natanz, no domingo. “A decisão de enriquecer …

Possibilidade de ser reinfetado baixa 84% para quem já teve covid-19

Um novo estudo indica que a infeção prévia por SARS-CoV-2 protege a maioria dos indivíduos contra a reinfecção durante uma média de sete meses As probabilidades de reinfeção não descem até zero, mas um novo estudo, …

Bolsonaro diz que confinamentos transformaram o Brasil num "barril de pólvora"

Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, alertou esta quarta-feira que o país se tornou "um barril de pólvora" devido às medidas restritivas adotadas por governadores e prefeitos para tentar conter a disseminação da covid-19. "O Brasil está …

Valentina poderia ter sobrevivido se socorrida, afirma médico legista

O médico responsável pela autópsia de Valentina, a criança de nove anos que morreu após graves agressões, admitiu hoje ao Tribunal de Leiria que a menina poderia ter sobrevivido, "com sequelas", se tivesse sido socorrida. A …

Marcelo admite confinamentos locais, fala em "reta final" e aponta à "recuperação social"

O Presidente da República afirmou esperar que o estado de emergência esteja a caminhar para o fim, sem dar como certo que esta seja a sua última renovação, e admitiu confinamentos locais para conter a …