Kennedy achava que Hitler tinha sobrevivido à Segunda Guerra Mundial

Robert Knudsen / Wikimedia

O presidente John F. Kennedy fala ao país sobre o esforço espacial, em discurso na Rice University, em Houston, Texas (1962)

O presidente John F. Kennedy fala ao país sobre o esforço espacial, em discurso na Rice University, em Houston, Texas (1962)

À medida que o centenário do nascimento do presidente John F. Kennedy se aproxima, o seu diário pessoal de 61 páginas está prestes a ser vendido em leilão. E uma passagem chocante revela que Kennedy acreditava que Adolf Hitler poderá ter sobrevivido ao fim da Segunda Guerra Mundial.

O diário de John F. Kennedy foi escrito numa época em que o presidente norte-americano trabalhava como correspondente de guerra para as revistas Hearst. Mais tarde, Kennedy deu o livro a Deidre Henderson, sua assistente de pesquisa.

Segundo o jornal britânico The Independent, este é o único diário do ex-presidente que ainda existe, e no próximo dia 26 de abril, o dia em que Kennedy completaria o seu centésimo aniversário, o diário irá a leilão. A RR Auction, de Boston, nos EUA, que está a organizar a venda, espera conseguir 200 mil dólares pelo documento.

“Hitler tinha uma ambição ilimitada para o seu país, o que o tornava uma ameaça para a paz do mundo. Mas tinha um mistério à sua volta, na forma como viveu e morreu, que se manterá e crescerá depois dele”, escreveu Kennedy depois de visitar o bunker de Hitler em Berlim e o seu retiro na montanha Eagle’s Nest, no verão de 1945.

A ideia de que Hitler terá encenado o suicídio e fugido para a América do Sul não é nova. Segundo algumas testemunhas, Hitler foi enterrado no Paraguai.

Mas aparentemente, o próprio John F. Kennedy faz parte das pessoas que acreditava que Hitler poderá não ter morrido antes do fim da II Guerra Mundial. Depois de visitar o bunker onde o ditador terá cometido suicídio, Kennedy ficou muito céptico acerca de sua morte.

“A sala onde Hitler deveria ter encontrado a sua morte mostrou paredes chamuscadas e vestígios de fogo”, escreveu ele. “Não há provas concludentes, no entanto, de que o corpo encontrado era o corpo de Hitler.”

Esta é a segunda passagem marcante retirada do diário de JFK, depois de a semana passada terem sido reveladas aparentes “palavras de admiração” de Kennedy pelo ditador alemão. “Hitler tinha nele o material de que se fazem as lendas”, apontou o então jovem repórter da Hearst.

Questionada sobre esta entrada, a casa de leilões nega que Kennedy tivesse qualquer admiração por Hitler, e exorta os leitores a não levar tirar as palavras do mais tarde presidente norte-americano do seu contexto.

Não há uma glorificação, não se pode tirar isso do contexto“, diz Bobby Livingston, vice-presidente executivo da RR Auction, ao Independent. “Naquele momento Kennedy era um historiador e estava a escrever a sua perspectiva do lugar de Hitler na história.”

Também Deidre Henderson acredita que Kennedy não estava a glorificar os nazis ou Hitler. “Quando JFK diz que Hitler tinha o material de que as lendas são feitas, ele estava a falar do mistério que o rodeava, não do mal que trouxe ao mundo“, explica Henderson.

“Em nenhum lugar neste diário, ou em qualquer dos seus escritos, há qualquer indicação de simpatia pelos crimes ou pelas causas nazis”, concluiu Henderson.

PARTILHAR

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …