Kanye West inspira-se em Wakanda e quer uma “life coach” bíblica como vice-presidente

Michael Reynolds / EPA

O ‘rapper’ norte-americano Kanye West.

O ‘rapper’ norte-americano Kanye West, que anunciou recentemente a candidatura a Presidente dos Estados Unidos, disse hoje que não apoia o chefe de Estado, o republicano Donald Trump, e que já esteve infetado com o novo coronavírus em fevereiro.

Durante uma entrevista à revista Forbes, citada pela agência espanhola Efe, Kanye West também considerou que o sistema de planeamento familiar dos Estados Unidos é uma obra de supremacistas brancos.

“Estou a conversar com especialistas, vou falar com Jared Kushner [genro de Trump], com a Casa Branca, com [o candidato democrata Joe] Biden”, disse o ‘rapper’ norte-americano quando questionado sobre a candidatura às eleições presidenciais de novembro.

O músico disse que está confiante para o sufrágio, apesar de não contar com nenhum tipo de estrutura para apoiar uma campanha eleitoral.

Questionado ainda sobre a razão pela qual retirou o apoio, que era publicamente manifestado, ao Presidente Trump, o ‘rapper’ disse que a atual governação é “um caos”.

O ‘rapper’ também detalhou na entrevista que teve covid-19 em fevereiro e que já tinha recuperado da doença provocada pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2).

Questionado também sobre os assessores da campanha, a mulher e colunável Kim Kardashian e o empresário norte-americano Elon Musk — cofundador da Tesla -, Kanye West respondeu que são duas pessoas que sempre o apoiaram e, no caso de Musk, falou “durante anos” sobre uma possível candidatura à Casa Branca.

Em relação ao tema dos impostos, Kanye West ainda não tem grandes certezas. “Ainda não fiz investigação suficiente sobre isso. Vou investigar com os especialistas mais fortes que servem a Deus e voltarei com a melhor solução. E essa será minha resposta para qualquer coisa que não tenha investigado. Eu tenho o auricular posto e vou usá-lo”, disse.

O ‘rapper’ norte-americano mostrou-se ainda cético quanto a uma eventual vacina como cura para o novo coronavírus. “Muitos dos nossos filhos estão a ser vacinados e ficam paralisados… Então, quando eles dizem que a maneira de resolver a covid é com uma vacina, fico extremamente cauteloso”, atirou Kanye West, acrescentando que “eles querem colocar ‘chips’ dentro de nós, querem fazer todo o tipo de coisas, para fazer com que não possamos atravessar os portões do céu”.

O ‘slogan’ da campanha será “Yes!” (Sim!) e a candidata a vice-Presidente é Michelle Tidball, que se descreve como uma ‘life coach’ bíblica.

O nome da formação política que criou, o Birthday Party (Partido do Aniversário) foi escolhido porque o músico considerou que, caso vença as presidenciais, vai ser um “aniversário de todo o mundo”.

“Deus deu-me clareza e disse-me que este é o momento”, explicitou o ‘rapper’ quando questionado sobre a razão pela qual apresentou a candidatura para estas eleições de 2020 e não de 2024.

Considerando que uma das intenções é acabar com a brutalidade policial, West ressalvou que os elementos das forças de segurança “também são pessoas”.

O candidato presidencial disse ainda que planeia basear a gestão dos Estados Unidos na estrutura de Wakanda, um país fictício localizado na África Subsaariana que aparece na banda desenhada Marvel e que é nos quadradinhos a nação mais desenvolvida e tecnologicamente avançada do planeta.

“Vou utilizar a estrutura de Wakanda porque é a que melhor explica o que a nossa equipa vai fazer na Casa Branca […]. A quantidade de inovação que poderá acontecer, a quantidade de inovação na medicina […]. Vamos trabalhar, inovar, juntos”, sublinhou.

O músico norte-americano anunciou no sábado [4 de julho], Dia da Independência dos EUA, a candidatura à Casa Branca.

Não é a primeira vez que West, um afro-americano de 43 anos e de acordo com a revista Forbes a estrela mais bem paga em 2020, especula sobre uma possível incursão na política.

Nos últimos anos, West tem sido um forte defensor da política e da figura de Trump, a quem visitou em 2018 durante uma reunião na Casa Branca para discutir a violência e o sistema prisional nos Estados Unidos.

Com um boné vermelho com o ‘slogan’ “Tornar a América Grande Outra Vez”, o famoso ‘rapper’ chamou herói ao Presidente e agradeceu-lhe por o fazer sentir “como o Super-Homem”.

Mais tarde, em 2019, reiterou o objetivo de se candidatar à presidência durante entrevistas promocionais para o seu álbum religioso “Jesus é rei”, embora tenha situado a candidatura em 2024.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “eles querem colocar ‘chips’ dentro de nós, querem fazer todo o tipo de coisas, para fazer com que não possamos atravessar os portões do céu”
    ‘Deus deu-me clareza e disse-me que este é o momento”

    E assim vai a Merica, com mais um palerma com teorias mediavais, a quer ser presidente!!
    O pior é que tem milhões de seguidores e, embora seja a “a estrela mais bem paga em 2020”, eu não faço ideia de quem seja este artista que se diz músico!…

    • Quando todos pensávamos que o Trump era o fundo do poço…
      E o pior é que na Merica este atrasado tem mesmo possibilidade de ganhar!

  2. Só comentários de desinformados que pensam que sabem do que falam. Por vezes o melhor é ficar calado, pois quem tem certas informações percebe que tipo de pessoa fez certo comentário. A partir daqui há uma grande probabilidade de choverem comentários desagradáveis. Aviso porém que nem vou responder a comentários ou provocações.

RESPONDER

Estrela morta emite cocktail de radiação nunca antes visto

Um grupo internacional de cientistas explorou o potencial do telescópio espacial de raios gama da Agência Espacial Europeia (ESA) - e outros telescópios e instrumentos - para detetar um cocktail de radiação inédita de uma …

Ator francês Dieudonné banido do Facebook por comentários antissemitas

O ator francês foi banido definitivamente do Facebook e do Instagram por causa dos comentários sobre as vítimas do Holocausto marcados por termos e expressões "desumanizantes contra os judeus". O anúncio do afastamento permanente de Dieudonné …

Última temporada de "La Casa de Papel" terá filmagens em Portugal

A rodagem da quinta temporada da série espanhola "La Casa de Papel", de Álex Pina, começa esta segunda-feira e terá filmagens em Portugal, revelou a plataforma Netflix. Em comunicado, na última sexta-feira, a Netflix explica que …

Janelas com vista para o Espaço. Virgin Galactic revela interior de nave espacial para turistas

A Virgin Galactic acaba de revelar o luxuoso design do interior da cabine do primeiro veículo SpaceshipTwo - o VSS Unity - que permitirá a astronautas e entusiastas explorar o Espaço com conforto. A Virgin Galactic, …

Irão garante ter detido líder de "grupo terrorista" dos EUA

Este sábado, o Irão anunciou a detenção do líder de um "grupo terrorista" norte-americano alegadamente responsável por um bombardeamento mortal, em 2008, numa mesquita da cidade de Shiraz, entre outros ataques. "Jamshid Sharmahd, líder do grupo …

Engenheiro reconstrói máquina que decifrou os códigos alemães Enigma na II Guerra Mundial

Hal Evans construiu a primeira réplica funcional de um ciclómetro: uma máquina construída no início da década de 1930 (e usada na II Guerra Mundial) por matemáticos polacos para ajudar a decifrar as mensagens secretas …

Governo britânico paga metade da conta para atrair clientes aos restaurantes

A medida para fazer os britânicos regressar aos restaurantes e, assim, ajudar o setor, que foi um dos mais afetados pela pandemia de covid-19, começa esta segunda-feira e vai prolongar-se até ao fim de agosto. De …

Revelados os segredos originais do "Cordeiro Místico"

Uma equipa de cientistas belgas e norte-americanos radiografou a pintura A Adoração do Cordeiro Místico para descobrir como era a obra de arte flamenga, pintada pelos irmãos Hubert e Jan Van Eyck, quando foi concluída, em …

Trump abre a porta à compra do TikTok pela Microsoft

A rede social deve ser vendida até 15 de setembro para se manter em operação nos Estados Unidos, disse, esta segunda-feira, o Presidente norte-americano. Depois de, na sexta-feira, ter anunciado que iria proibir a TikTok nos …

Egito convida Musk a verificar pessoalmente que as pirâmides não foram construídas por alienígenas

O Egito convidou o multimilionário Elon Musk a verificar pessoalmente que as míticas pirâmides do país não foram construídas por alienígenas, ao contrário do que sugeriu o CEO da Tesla e da SpaceX na rede …