Jornalistas da RTP acusam Maria Flor Pedroso de violar “deveres deontológicos e de lealdade”

Miguel A. Lopes / Lusa

A jornalista Maria Flor Pedroso

A redação da RTP acusa a agora ex-diretora de informação de “violação dos deveres deontológicos e de lealdade para com a redação da RTP”.

Os jornalistas da RTP reuniram em plenário, na tarde desta segunda-feira, no mesmo dia em que Maria Flor Pedroso se demitiu do cargo de diretora de informação. De acordo com o comunicado enviado às redações, citado pelo Público, o grupo acusa a agora ex-diretora de “violação dos deveres deontológicos e de lealdade para com a redação da RTP”.

Os jornalistas lamentam ainda a “falta de explicações por parte da diretora-adjunta Cândida Pinto“, que não participou nesta reunião, “a quem é imputada conivência com a diretora de informação no decorrer da investigação do chamado caso ISCEM”.

Na mesma nota, votada por 63 jornalistas, a redação rejeita “qualquer tentativa de ingerência externa nas decisões que [lhes] competem exclusivamente” e reafirmam a “independência e a liberdade como pedras basilares do jornalismo”, manifestando a “unidade da redação da RTP-TV no compromisso de prosseguir” esse caminho.

Maria Flor Pedroso colocou o seu lugar à disposição depois do conflito com a equipa do “Sexta às 9”, apresentado por Sandra Felgueiras. Em causa está o relato feito pela coordenadora do programa em que adiantou que se estava a investigar suspeitas de corrupção, no âmbito do processo de encerramento do Instituto Superior de Comunicação Empresarial (ISCEM), que passava pelo alegado recebimento indevido de “dinheiro vivo”.

Nesse âmbito, Sandra Felgueiras acusou a ex-diretora de informação da RTP de ter transmitido informação privilegiada à visada na reportagem [diretora do ISCEM, Regina Moreira], o que Flor Pedroso “rejeitou liminarmente”.

Na carta enviada ao presidente da RTP, na qual pôs o lugar à disposição, Maria Flor Pedroso referiu que “o projeto profissional a que esta direção se entregou (…) nunca cedeu a motivação outra, que não a da causa de uma informação livre, isenta, plural e independente”.

“Face à reiterada exposição pública de insinuações, mentiras e calúnias, à qual eu e a minha direção somos totalmente alheios, face aos danos reputacionais causados à RTP, considero não haver condições para a prossecução de um trabalho sério, respeitado e construtivo, como tentámos realizar ao longo deste ano de mandato”, sublinhou ainda.

A diretora de informação cessante refere ainda que “a construção de realidades alternativas a partir de meias verdades, da qual se alimenta um certo tipo de jornalismo” no qual não se revê, “é um dos problemas da sociedade atual que precisa de um jornalismo vigoroso e rigoroso, livre e independente, isento e plural para robustecer as sociedades democráticas”.

Em comunicado, a administração liderada por Gonçalo Reis agradeceu à profissional, destacando tratar-se de uma “jornalista de idoneidade e currículo irrepreensível” e apontando “o trabalho desenvolvido de forma dedicada, competente e séria enquanto diretora de informação de televisão da RTP”.

A administração adiantou ainda que “nomeará em breve uma nova direção à qual continuará a exigir a implementação das melhores práticas, para que o jornalismo feito pela RTP seja o mais completo, o mais sério, o mais credível e o mais isento, ao total serviço do público”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Luta intestina de base PS?
    Sandra Felgueiras à procura de posição?
    Parece-me que a MFPedroso não terá tido o melhor comportamento ao ter (alegadamente) “transmitido informação previlegiada”.
    No entanto, entre informação e desinformação, ficamos sempre na mesma.
    Fará falta o trabalho profissional de MFP na RTP. Passará para a SIC?

RESPONDER

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …

Novo comboio-bala entra ao serviço na linha Tóquio-Osaka

O mais novo modelo de comboio-bala do Japão - o N700S - entrou ao serviço no dia 1 de julho, numa jornada inaugural de Tóquio a Osaka. A série N700S (sendo que o "S" significa "Supreme") …

Kanye West anuncia candidatura à Presidência dos EUA

O músico norte-americano Kanye West anunciou este sábado, Dia da Independência dos Estados Unidos, a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado anteriormente o atual Presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. "Agora devemos …

Vídeo revela, pela primeira vez, como é que o cérebro se livra dos neurónios mortos

Uma equipa de cientistas conseguiu usar, pela primeira vez, uma técnica que "mata" uma célula cerebral isolada e permite observar o processo de limpeza do sistema nervoso em tempo real. A equipa de investigadores conseguiu registar …

Reutilizável, dobrável e esterilizável. Novo "escudo" protege profissionais de saúde

Uma equipa de cientistas desenvolveu, recentemente, um dispositivo dobrável em forma de tenda que atua como um escudo físico para os profissionais de saúde na linha da frente contra a covid-19. A tenda redutora de gotículas …

O Lamborghini mais potente acelera dentro de água. É um iate com 4.000 cavalos

O resultado da primeira colaboração entre a a Lamborghini e os especialistas da Tecnomar é um iate de luxo, com 4.000 cavalos que recria a sensação de condução de um superdesportivo dentro de água. O mais …

Aproxima-se o lançamento do rover Perseverance

O rover Perseverance da NASA está a menos de um mês da data de lançamento prevista para 20 de julho. A missão de astrobiologia do veículo vai procurar sinais de vida microscópica passada em Marte, explorar …

Benfica 3-1 Boavista | Águias põem fim a quarentena caseira

O Benfica venceu na noite deste sábado o Boavista, naquele que foi o primeiro triunfo caseiro após a retoma da Liga. Poderá ter sido a redenção das águias? Após ter somado apenas dois triunfos, quatro desaires …

Cortina do abraço permite às famílias reencontrar os familiares num lar de São Paulo

Abraçar, tocar e até dançar. Uma cortina do abraço permite que filhos visitem seus pais residentes numa casa de repouso em São Paulo. O empresário Bruno Zani, autor da criação, pretende agora colocar a cortina …

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas com os amigos

Os golfinhos aprendem a utilizar ferramentas não só com as suas progenitoras mas também com os seus pares, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Leeds, no Reino Unido. De acordo …