Jornalista revela contas milionárias dos Papas e abusos sexuais no Vaticano

Gianluizi Nuzzi / Facebook

O jornalista italiano Gianluizi Nuzzi.

“Dinheiro, sangue, sexo”. Eis os três pilares em que assenta o novo livro do jornalista italiano Gianluizi Nuzzi que, nos últimos 10 anos, tem investigado a história do Vaticano e que avança com novas revelações, envolvendo contas milionárias de Papas e abusos sexuais.

O livro “Peccato originale” (Pecado original na tradução para Português) foi lançado em Itália, nesta quinta-feira, 9 de Novembro, e está já a causar polémica. Isto porque inclui revelações muito inconvenientes para o Vaticano.

Um dos pontos mais incómodos da obra, para as altas instâncias da Igreja Católica, é o relato de um jovem polaco que viveu no pré-seminário do Vaticano, no Palácio São Carlo, onde residem muitos cardeais e onde se inicia a educação sacerdotal de adolescentes que revelam predisposição para a vida religiosa. Estes rapazes são, muitas vezes, os “meninos de coro” nas missas celebradas na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

O jovem polaco relata no livro como um ex-seminarista, que tinha autorização para permanecer no Palácio, costumava ir ao seu dormitório, praticamente todas as noites, para fazer sexo com o colega de quarto, que teria entre 17 e 18 anos e que se sentiria “obrigado a ceder às suas exigências”.

Este polaco que viveu no pré-seminário entre os 13 e os 18 anos revelou, ainda, a Nuzzi que o ex-seminarista contava com a confiança do bispo responsável pelo espaço e que exercia “uma forma de poder e de intimidação” sobre os mais jovens, com atitudes de bullying e imposição de “actos sexuais”.

O livro publica também as cartas que o jovem terá enviado ao Papa Francisco a denunciar a situação, concluindo que, apesar delas, nada terá sido feito no Vaticano.

Nuzzi contou em conferência de imprensa, que “outros dois testemunhos” corroboram a versão do jovem, realçando que o ex-seminarista acusado foi, recentemente, nomeado padre, conforme declarações divulgadas pelo Corriere della Sera.

“Peccato originale” também aborda aspectos financeiros e fala de contas de actuais e antigas altas figuras do Vaticano. O livro inclui, nomeadamente, documentos e extractos bancários que atestarão as alegadas contas milionárias dos Papas Paulo VI e João Paulo II e dos seus secretários pessoais.

Um livro sobre “os hereges” do Vaticano

“É um livro sobre os hereges na cúria, sobre os que adoram mais os negócios do que a palavra do Evangelho. Sobre esse bloco de poder que, como dizemos na capa do livro, dificulta a acção reformadora de Bergoglio. Não é coincidência que 90% da hierarquia não tenha mudado, como se esperaria após a renúncia de Bento XVI”, explica o jornalista ao Corriere della Sera.

https://twitter.com/GianluigiNuzzi/status/928904966802235392

Nuzzi tem dedicado os últimos dez anos a investigar o Vaticano e os seus meandros. Esse trabalho já originou quatro livros, contando “Peccato originale” – antes desta obra, lançou “Vaticano Spa”, “Sua Santidade, as cartas secretas de Bento XVI” e “Via Crucis”.

“Ainda havia muitos pontos perdidos na história do Vaticano que são relatados aqui”, refere Nuzzi sobre o novo livro, sublinhando que consultou “mais de 800 documentos originais do Vaticano”.

“O meu trabalho aborda um longo período da história da Igreja e concentra-se, em particular, em três aspectos: o papado de Paulo VI, a morte do papa Luciani e a demissão de Bento XVI”, diz Nuzzi ao Corriere della Sera.

A obra oferece, para cada um destes temas, “elementos novos e inacessíveis”, sustenta o jornalista que anunciou que entregaria a primeira cópia do livro directamente ao Promotor de Justiça do Vaticano. “Porque é justo que a autoridade judicial avalie os factos relatados no livro, para decidir se existem motivos para prosseguir”, constata.

SV, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma acha p’ra fogueira mas novidade de conteúdos? NENHUMA!
    Como bem sabe qualquer “alma” que se interesse pelos “podres” da Igreja Católica, esses assuntos obscuros já foram trazidos à luz, muitas vezes e por diversos autores… em Portugal, Vergílio Ferreira levantou o véu quando editou “Manhã Submersa” em… 1954!!!

  2. O autor do livro tem que escrever tudo o que há de podre, tanto o podia atribuir à igreja catolica, como à igreja anglicana ou protestante, como há mais católicos para comprar o livro decidiu que era o Vaticano…o dinheiro é quem mais ordena.

  3. É de Louvar, aqui deixo o meu reconhecimento pessoal a todos aqueles que tem a coragem de colocar a nu toda miséria do vaticano. e das paroquias, senão vejamos padre Federico, Violou Matou e com ajuda de Deus consegui fujir para o Brasil.
    Santa Equisição
    Protocolo com Hitler

RESPONDER

Manuel Alegre e Agustina Bessa-Luís votados para o Nobel

A Academia de Ciências de Lisboa apontou Manuel Alegre e Agustina Bessa-Luís a possíveis candidatos para receberem o próximo Prémio Nobel da Literatura, após convite do Comité Nobel da Academia Sueca. Ainda faltam alguns meses para …

Sushi e peixe cru podem provocar “anisakiasis”

As infecções por parasitas intestinais estão a aumentar com a popularidade do sushi e os riscos do consumo de peixe cru ficaram novamente ilustrados com um caso insólito. O caso foi relatado pelo médico norte-americano Kenny Banh …

Casa dos Horrores: o pai das crianças já tinha raptado a companheira

O mundo ainda está em choque com a descoberta macabra feita pela polícia da Califórnia no passado domingo. Mas o horror vem de trás. O casal David e Louise Turpin é suspeito de manter os 13 …

Fisco espanhol acusa Shakira de fraude fiscal

O fisco espanhol pediu ao Ministério Público para acusar a cantora colombiana Shakira de fraude fiscal, que terá cometido entre 2011 e 2014, noticiou hoje o jornal espanhol La Vanguardia. A administração fiscal espanhola apresentou este …

A fórmula do plástico mais resistente do mundo continua perdida

Uma invenção revolucionária que poderia deixar o mundo mais seguro. Assim foi definido o starlite, material resistente ao fogo e a altas temperaturas, cuja fórmula permanece desconhecida - e poderá estar perdida. O material foi criado …

Não, ter plantas em casa não é prejudicial para a saúde

Desde sempre que a ideia de que ter plantas em casa é prejudicial para a saúde está enraizada na mente de todos - crença, no entanto, comprovadamente errada. A ideia surgiu pelo facto de, no processo …

Deco registou quatro queixas por dia sobre compras online em 2017

A Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor, Deco, recebeu 1.642 reclamações sobre compras feita pela internet em 2017, numa média de quatro queixas por dia, número que sobe para 8.538 no caso da rede …

Vai passar pela Terra um "arranha-céus" a 122 mil quilómetros por hora

Um "asteróide potencialmente perigoso" dirige-se para a Terra a uma velocidade de mais de 122.000 quilómetros por hora, informou a agência espacial norte-americana NASA. O asteróide 2002 AJ129 vai aproximar-se da Terra no próximo dia 4 …

Adepto condenado por morte com very-light detido no Estádio da Luz

O homem condenado há 20 anos por causar uma morte com um very-light foi detido no sábado pela PSP no Estádio da Luz, onde estava proibido de entrar na sequência de uma condenação por posse …

Condutor bêbado adormeceu ao volante... e o seu Tesla parou sozinho

Talvez no futuro os automóveis autónomos consigam levar passageiros bêbedos até casa sem colocar outras pessoas em risco, mas por agora não se pode esperar que nem mesmo um Tesla faça isso. Já é muito …