Jornalista revela contas milionárias dos Papas e abusos sexuais no Vaticano

Gianluizi Nuzzi / Facebook

O jornalista italiano Gianluizi Nuzzi.

“Dinheiro, sangue, sexo”. Eis os três pilares em que assenta o novo livro do jornalista italiano Gianluizi Nuzzi que, nos últimos 10 anos, tem investigado a história do Vaticano e que avança com novas revelações, envolvendo contas milionárias de Papas e abusos sexuais.

O livro “Peccato originale” (Pecado original na tradução para Português) foi lançado em Itália, nesta quinta-feira, 9 de Novembro, e está já a causar polémica. Isto porque inclui revelações muito inconvenientes para o Vaticano.

Um dos pontos mais incómodos da obra, para as altas instâncias da Igreja Católica, é o relato de um jovem polaco que viveu no pré-seminário do Vaticano, no Palácio São Carlo, onde residem muitos cardeais e onde se inicia a educação sacerdotal de adolescentes que revelam predisposição para a vida religiosa. Estes rapazes são, muitas vezes, os “meninos de coro” nas missas celebradas na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

O jovem polaco relata no livro como um ex-seminarista, que tinha autorização para permanecer no Palácio, costumava ir ao seu dormitório, praticamente todas as noites, para fazer sexo com o colega de quarto, que teria entre 17 e 18 anos e que se sentiria “obrigado a ceder às suas exigências”.

Este polaco que viveu no pré-seminário entre os 13 e os 18 anos revelou, ainda, a Nuzzi que o ex-seminarista contava com a confiança do bispo responsável pelo espaço e que exercia “uma forma de poder e de intimidação” sobre os mais jovens, com atitudes de bullying e imposição de “actos sexuais”.

O livro publica também as cartas que o jovem terá enviado ao Papa Francisco a denunciar a situação, concluindo que, apesar delas, nada terá sido feito no Vaticano.

Nuzzi contou em conferência de imprensa, que “outros dois testemunhos” corroboram a versão do jovem, realçando que o ex-seminarista acusado foi, recentemente, nomeado padre, conforme declarações divulgadas pelo Corriere della Sera.

“Peccato originale” também aborda aspectos financeiros e fala de contas de actuais e antigas altas figuras do Vaticano. O livro inclui, nomeadamente, documentos e extractos bancários que atestarão as alegadas contas milionárias dos Papas Paulo VI e João Paulo II e dos seus secretários pessoais.

Um livro sobre “os hereges” do Vaticano

“É um livro sobre os hereges na cúria, sobre os que adoram mais os negócios do que a palavra do Evangelho. Sobre esse bloco de poder que, como dizemos na capa do livro, dificulta a acção reformadora de Bergoglio. Não é coincidência que 90% da hierarquia não tenha mudado, como se esperaria após a renúncia de Bento XVI”, explica o jornalista ao Corriere della Sera.

https://twitter.com/GianluigiNuzzi/status/928904966802235392

Nuzzi tem dedicado os últimos dez anos a investigar o Vaticano e os seus meandros. Esse trabalho já originou quatro livros, contando “Peccato originale” – antes desta obra, lançou “Vaticano Spa”, “Sua Santidade, as cartas secretas de Bento XVI” e “Via Crucis”.

“Ainda havia muitos pontos perdidos na história do Vaticano que são relatados aqui”, refere Nuzzi sobre o novo livro, sublinhando que consultou “mais de 800 documentos originais do Vaticano”.

“O meu trabalho aborda um longo período da história da Igreja e concentra-se, em particular, em três aspectos: o papado de Paulo VI, a morte do papa Luciani e a demissão de Bento XVI”, diz Nuzzi ao Corriere della Sera.

A obra oferece, para cada um destes temas, “elementos novos e inacessíveis”, sustenta o jornalista que anunciou que entregaria a primeira cópia do livro directamente ao Promotor de Justiça do Vaticano. “Porque é justo que a autoridade judicial avalie os factos relatados no livro, para decidir se existem motivos para prosseguir”, constata.

SV, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma acha p’ra fogueira mas novidade de conteúdos? NENHUMA!
    Como bem sabe qualquer “alma” que se interesse pelos “podres” da Igreja Católica, esses assuntos obscuros já foram trazidos à luz, muitas vezes e por diversos autores… em Portugal, Vergílio Ferreira levantou o véu quando editou “Manhã Submersa” em… 1954!!!

  2. O autor do livro tem que escrever tudo o que há de podre, tanto o podia atribuir à igreja catolica, como à igreja anglicana ou protestante, como há mais católicos para comprar o livro decidiu que era o Vaticano…o dinheiro é quem mais ordena.

  3. É de Louvar, aqui deixo o meu reconhecimento pessoal a todos aqueles que tem a coragem de colocar a nu toda miséria do vaticano. e das paroquias, senão vejamos padre Federico, Violou Matou e com ajuda de Deus consegui fujir para o Brasil.
    Santa Equisição
    Protocolo com Hitler

RESPONDER

Metro de Nova Iorque pede à Apple para melhorar sistema de reconhecimento facial

A autoridade que gere o metro de Nova Iorque, nos Estados Unidos, pediu à gigante tecnológica Apple para melhorar o reconhecimento facial dos seus dispositivos depois de serem observados vários passageiros a retirar a máscara …

Rival da Tesla diz que o seu carro terá uma autonomia de 832 quilómetros

A empresa Lucid Motors, concorrente direta da Tesla no mercado automóvel elétrico, afirma que o seu carro Air terá uma autonomia de 832 quilómetros. A confirmar-se a autonomia deste carro, o automóvel da Lucid Motors ultrapassará …

Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Atalanta 1-2 PSG | Reviravolta épica vale bilhete para as “meias”

Um final impróprio para cardíacos e o epílogo perfeito num excelente jogo. O PSG esteve a perder desde o minuto 27, mas em apenas três minutos dos descontos deu a volta ao texto diante da …

Um emblemático transplante nos EUA aconteceu graças a um coração "roubado"

Um dos primeiros transplantes de coração realizados no mundo aconteceu no Estados Unidos. O que muitos não sabem é que este caso de sucesso também deu aso ao primeiro processo civil no país por homicídio …

"Pandemia de sem-abrigo" nos EUA. Há 30 milhões de pessoas sob risco de despejo

Nos Estados Unidos da América avizinha-se uma "pandemia de sem-abrigo". Até ao final de setembro, 30 milhões de norte-americanos estão em risco de despejo devido à covid-19. Nos Estados Unidos, a pandemia de covid-19 pode estar …

Tráfego nas autoestradas cai para quase metade. Foi o pior trimestre de sempre

A rede da Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagens (APCAP) registou de abril a junho "o pior trimestre de circulação e tráfego médio desde que há registos", recuando 46% devido …

Bielorrússia cortou acesso à internet e tentou fazer com que parecesse um acidente

No seguimento da reeleição de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia, multiplicam-se os apagões de internet. O Governo diz que se trata de um ataque cibernético, mas há suspeitas de que seja um plano do presidente. Os protestos …

Resgatados 28 cães sem registo ou vacinas de barracões onde também vivia a proprietária em Lisboa

Vinte e oito cães foram retirados pela PSP terça-feira de barracões em Lisboa onde também vivia a proprietária, avança a agência Lusa, detalhando que os animais serão depois colocados para adoção.  Os animais foram posteriormente recolhidos …

Pela primeira vez em 300 anos, é possível visitar esta ilha em Cabo Cod

Pela primeira vez em 300 anos, uma ilha ao largo da costa de Cabo Cod, península em forma de gancho no estado norte-americano de Massachusetts, está aberta ao público. A Ilha Sipson é propriedade privada desde …