O que falta a Jorge Jesus para chegar à Premier League (com um braço-de-ferro entre Benfica e Porto)

Alexandre Vidal / Flamengo

O Flamengo de Jorge Jesus voltou aos jogos e a ganhar, com uma vitória de 3-0 sobre o Bangu, num Estádio Maracanã vazio por causa da pandemia de covid-19. Mas é do futuro do treinador português que se fala, especulando-se sobre um possível braço-de-ferro entre Benfica e Porto, enquanto Bruno Fernandes explica o que falta a Jesus para ir para Inglaterra.

Em entrevista à ESPN Brasil, Bruno Fernandes elogiou o trabalho de Jorge Jesus, mas fez notar que “ainda tem muito que correr para treinar em Inglaterra porque o inglês dele é muito fraquinho e ele sabe disso”.

“Quando fui treinado por ele, ele precisava sempre de alguém para traduzir para aqueles jogadores que podiam não perceber e até ficava chateado com aqueles que não percebiam português”, contou ainda o médio do Manchester United.

Jorge Jesus é um treinador especial que tem algo diferente daqueles com quem eu já trabalhei”, considerou também, tecendo igualmente elogios a “Marcel Keizer” por o ter ajudado a “estar mais perto do golo” e a “ser melhor e mais incisivo no jogo”.

“Mas, obviamente, que Jorge Jesus também foi muito importante para a minha adaptação em Portugal porque eu nunca tinha jogado na I Liga. A nível de cultura futebolística, é um treinador muito culto e que percebe muito de futebol”, afiançou o ex-médio do Sporting.

Um “velho sonho” de Pinto da Costa

Jorge Jesus renovou, recentemente, com o Flamengo, vigorando o seu actual contrato até Junho de 2021. Mas, apesar disso, o futuro do treinador continua a ser alvo de especulação. O seu nome tem sido apontado como possibilidade para o Benfica, considerando-se que o tempo de Bruno Lage à frente da equipa está a chegar ao fim.

Mas o site brasileiro Goal.com lembra também o “velho sonho” de Pinto da Costa em levar Jesus para o FC Porto.

“Nos bastidores, o mandatário dos dragões continua sem esconder o desejo de repatriar o veterano treinador português, inclusive fazendo questão de que isso chegue aos ouvidos de Vieira”, aponta a publicação, reforçando a rivalidade entre os dois clubes portugueses que lutam pelo título nacional da época 2019/2020.

O presidente dos portistas olhará para Jesus como “o sucessor ideal de Sérgio Conceição” que, embora também tenha contrato até 2021, estará igualmente com um pé fora do Dragão.

O Goal.com afiança que o empresário do treinador do FC Porto já estará no mercado “há semanas em contacto constante com alguns possíveis pretendentes“.

O grande problema no meio disto tudo pode ser o preço da rescisão de Jesus com o Flamengo.

O contrato do treinador inclui uma cláusula de rescisão que ronda os 3 milhões de reais (cerca de 500 mil euros). Mas essa cláusula só poderá ser activada “a partir de Janeiro de 2021 para clubes específicos de três países europeus: Espanha, Inglaterra e, claro, Portugal”, segundo o Goal.com.

Para se desvincular do Flamengo antes disso, “o preço da negociação gira em torno de 3 milhões de euros”, sublinha o Goal.com.

ZAP //

 

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Pois eu até acho que Porto e Benfica estão a precisar de um santo salvador e talvez nem Jesus já tenha força moral para tal, possivelmente só um Deus salvador trará algo de positivo.

  2. O Bruno Fernandes está completamente enganado. Não é por o JJ não saber falar inglês que não pode treinar em Inglaterra. Afinal de contas ele também não sabe falar português e já treinou em Portugal e treina agora no Brasil.

GNR já passou 2200 coimas por falta de limpeza de terrenos. Mais de cem câmaras multadas

Mais de uma centena de câmaras municipais foram multadas por falta de limpeza de terrenos, sendo a ausência de tratamento nas margens das estradas e junto às linhas de distribuição elétrica a principal infração registada …

Presidente do Governo da Catalunha pede a Filipe VI que abdique

O presidente do governo regional da Catalunha, Quim Torra, pediu na terça-feira ao rei Filipe VI que abdique e solicitou ao presidente do parlamento que convoque uma sessão plenária extraordinária para estabelecer uma "posição comum" …

Virologista chinesa diz que novo coronavírus foi "criado em laboratório militar"

A virologista chinesa que fugiu para os Estados Unidos deu mais uma entrevista onde assegura que o novo coronavírus foi "criado num laboratório militar". Numa nova entrevista, citada pelo jornal online Observador, Li Meng-Yan, a virologista …

Ministério da Saúde abre 435 vagas para médicos de família

É o maior número de vagas dos últimos anos colocadas a concurso para a contratação de médicos especialistas em medicina geral e familiar para o SNS. De acordo com o jornal Público, o Ministério da Saúde …

MP brasileiro processa pastor por anunciar cura com feijões para a covid-19

O Ministério Público brasileiro pediu a abertura de um processo contra o pastor evangélico Valdemiro Santiago e a Igreja Mundial do Poder de Deus, que anunciaram a cura da covid-19 a partir do cultivo de …

Dívida do Estado à ADSE ascende a 200 milhões de euros

A dívida do Estado à ADSE, em 2019, ascendia a 198,2 milhões de euros, segundo o parecer do Conselho Geral e de Supervisão (CGS) ao relatório e contas do ano passado, publicado no site do …

Governo dos Açores violou Constituição ao impor quarentena obrigatória

O confinamento obrigatório de 14 dias que o governo regional dos Açores tem imposto a quem chega à região autónoma é inconstitucional, dizem os juízes do Tribunal Constitucional. As autoridades açorianas violaram a Constituição ao impor …

China caminha a passos largos para a normalidade. Gaming, cerveja e Ikea dão empurrão

A China não regista, desde 17 de maio, vítimas mortais causadas pelo novo coronavírus. No entanto, há dois surtos ativos que parecem não impedir a população de caminhar em direção à normalidade. À semelhança do resto …

No regresso ao Superior, o Ministério recomenda aulas presenciais, com máscara e ao sábado

No regresso do Ensino Superior, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior recomenda que voltem as aulas em regime presencial com uso obrigatório de máscara e algumas das quais lecionadas ao sábado. Num comunicado …

"A profissionalização é fundamental". Este ano já morreram quatro bombeiros, todos voluntários

Nos incêndios deste ano já morreram quatro bombeiros. O último ano tão mortífero foi 2013, em que sete bombeiros perderam a vida. Em comparação, nos incêndios de 2019, não se registaram vítimas mortais entre esses profissionais. Como …