Johnson & Johnson interrompe ensaios de vacina contra a covid-19. Participante ficou doente

O grupo farmacêutivo Johnson & Johnson anunciou esta terça-feira a interrupção dos ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 por um dos participantes ter ficado doente.

“Interrompemos temporariamente a administração de novas doses em todos os nossos ensaios clínicos de uma vacina experimental contra a covid-19, incluindo o conjunto de ensaio da fase três, devido a uma doença ainda por explicar num dos participantes”, declarou o grupo, em comunicado.

A farmacêutica norte-americana indicou que “a doença do participante está a ser avaliada” pelos médicos e declinou avançar mais pormenores para “respeitar a privacidade deste participante”.

“É importante conhecer todos os dados antes de divulgar mais informação”, acrescentou a empresa no mesmo comunicado.

Em 23 de setembro, a empresa norte-americana tinha anunciado o início dos ensaios da fase três, última etapa de desenvolvimento de uma vacina contra a covid-19, cujo nome oficial é Ad26.COV2.S e foi desenvolvida pela farmacêutica Janssen Pharmaceuticals, que faz parte do grupo Johnson & Johnson.

As fases um e dois dos ensaios começaram em julho, nos Estados Unidos e na Bélgica.

Em setembro, a farmacêutica AstraZeneca suspendeu os testes da fase final da vacina que está a desenvolver contra a covid-19, em parceria com a Universidade de Oxford, após uma suspeita de reação adversa séria num participante do estudo.

A paragem nos ensaios clínicos estava relacionada com uma mulher, voluntária no Reino Unido, que apresentou sintomas neurológicos consistentes com uma doença inflamatória da espinal medula, a mielite transversa.

A AstraZeneca frisou, na altura, que se trata de “uma ação de rotina, que deve acontecer sempre que houver uma doença potencialmente inexplicada num dos ensaios, enquanto ela é investigada”, de forma a garantir que é mantida “a integridade dos ensaios”.

Os testes foram retomados três dias depois.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e setenta e sete mil mortos e mais de 37,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Depois de a Europa ter sucedido à China como centro da pandemia em fevereiro, o continente americano é agora o que tem mais casos confirmados e mais mortes.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Stonehenge pode perder estatuto de património mundial da UNESCO

Depois de Liverpool, também Stonehenge pode perder o estatuto de património mundial da UNESCO. O aviso surge após o secretário dos transportes, Grant Shapps, ter dado luz verde aos planos de construção de um túnel …

Mais 20 mortes e 3396 casos de covid-19. Não havia tantos óbitos desde março

Portugal registou, este sábado, mais 20 mortes e 3396 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3396 novos …

"Integral confiança". Chega segura militantes acusados de agredir homossexual

O Chega anunciou, esta sexta-feira, que mantém "integral confiança" nos candidatos e estruturas local e distrital de Viseu, referindo que só se pronunciará sobre alegadas agressões de motivação homofóbica naquela cidade depois de apurados os …

Há dezenas de autarcas envolvidos em processos sem fim à vista

Dezenas de autarcas foram neste mandato acusados por corrupção, negócios imobiliários duvidosos e abuso de poder, entre outros, em processos judiciais que se arrastam, na maioria, sem desfecho à vista a dois meses de novas …

Milhares de pessoas manifestam-se na Austrália contra o confinamento

Milhares de australianos manifestaram-se, este sábado, em várias cidades do país contra as restrições impostas pelo Governo para controlar o aumento de casos de covid-19. Em Sidney, cerca de mil manifestantes protestaram contra o confinamento decretado …

Há 406 farmácias com testes comparticipados pelo Estado

Há 406 farmácias de 104 laboratórios em Portugal continental com testes comparticipados pelo Estado. Saiba quais. O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) atualizou recentemente a lista das farmácias e laboratórios que disponibilizam testes …

Há 33 cursos com emprego garantido. Abandono no Ensino Superior aumentou

Este ano, há 30 licenciaturas e três mestrados integrados sem recém-diplomados inscritos no Instituto de Emprego e Formação Profissional. Segundo o Observador, o número total (33) é inferior ao de 2020 e de 2019, quando foram …

Chegada de emigrantes obriga autarcas do Interior a apertar as regras

Os autarcas do Interior do país, sobretudo de regiões onde a variante Delta ainda não se impôs e o número de novos casos de covid-19 não limita o quotidiano das populações, estão preocupados com o …

Jovens com menos de 20 anos vacinados numa "happy hour" em Lisboa

Alguns jovens com menos de 20 anos foram vacinados no centro de vacinação do Altice Arena, em Lisboa, depois de terem sido informados que havia "sobras". Task force já negou essa explicação. A situação foi denunciada, …

John Textor diz que reação da SAD do Benfica é "cómica"

O empresário norte-americano que chegou a acordo com o "rei dos frangos" para comprar 25% da Benfica SAD considera que a reação à sua aproximação é "cómica". Este mês, a Benfica SAD comunicou à Comissão de …