João Ferreira atira em Marcelo: “faltaram afetos” para os professores

theleft_eu / Flickr

O candidato presidencial apoiado pelo Partido Comunista Português (PCP), João Ferreira.

João Ferreira considera que “os conhecidos afetos” de Marcelo Rebelo de Sousa “foram muito mal distribuídos” e que faltaram especialmente aos professores.

Esta quarta-feira, o candidato presidencial do PCP, João Ferreira, atirou em Marcelo Rebelo de Sousa, afirmando que o atual chefe de Estado distribuiu “muito mal” os “conhecidos afetos” e que os professores são uma classe profissional “para a qual claramente faltaram afetos” nos últimos cinco anos.

“Acho que este é um belíssimo exemplo de que os conhecidos afetos daquele que atualmente ocupa o cargo de Presidente da República foram muito mal distribuídos. É o exemplo de uma classe profissional para a qual, claramente, faltaram afetos ao longo destes anos”, disse à Lusa o candidato apoiado pelo PCP e pelo PEV, depois de uma reunião com a Federação Nacional dos Professores, em Lisboa.

O também eurodeputado comunista e elemento do Comité Central do partido considerou que esta falta de “afetos numa dimensão simbólica” imputada a Marcelo Rebelo de Sousa foi acompanhada pela carência na “valorização da profissão de professor”, assim como no “combate à enorme precariedade que ainda prevalece” nesta profissão.

“Há situações muito complicadas, conheço bem, até fruto das funções que tenho em Lisboa como vereador. Conheço bem a situação de Lisboa e das escolas de Lisboa”, acrescentou João Ferreira, considerando que “é inaceitável” que ainda houvesse alunos sem professores a várias disciplinas no final do primeiro período.

Por isso, o candidato presidencial garantiu que “no exercício alternativo dos poderes de Presidente da República” proposto pela sua candidatura, haverá “um lugar central” para a “valorização do trabalho, dos trabalhadores”, nos quais estão incluídos os professores.

Reconhecendo que ao Presidente da República não compete “diretamente encontrar as soluções” para as reivindicações dos professores, o comunista advogou que “a sua intervenção pública” e o “modo como influencia” outros órgãos de soberania, nomeadamente o Governo, liderado pelo socialista António Costa, tem de ser utilizado para “defender essa necessária” valorização dos professores.

Questionado também sobre a renovação do estado de emergência decorrente da pandemia, proposta por Marcelo Rebelo de Sousa e que vai ser debatido e votado esta quarta-feira à tarde na Assembleia da República, João Ferreira não descartou utilizar este mecanismo se for eleito Presidente da República, porque o atual contexto pandémico “é preocupante” e é “difícil prever a evolução nas próximas semanas”.

Contudo, para o candidato a utilização deste mecanismo tem de ser acompanhada por “medidas de emergência”, nomeadamente “no plano do reforço do Serviço Nacional de Saúde (SNS)”.

“Neste momento o que se impõe é a adoção dessas medidas de emergência, para as quais, sublinho, o estado de emergência em nada tem contribuído”, completou.

No final desta reunião, o secretário-geral da Federação Nacional dos Professores, Mário Nogueira, reconheceu que “algo ficou para fazer” durante o último mandato presidencial, e apesar de reconhecer que o chefe de Estado não prejudicou as reivindicações dos professores, estes profissionais sentiram-se “pouco acompanhada, não só da parte do Governo, para não dizer abandonados, mas também de outros órgãos de soberania, incluindo a própria Presidência da República”.

As eleições presidenciais, que se realizam em plena epidemia de Covid-19 em Portugal, estão marcadas para 24 de janeiro e esta é a 10.ª vez que os portugueses são chamados a escolher o Presidente da República em democracia, desde 1976.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Não é afetos que falta aos professores, é respeito!
    Respeito esse que há muitos anos anda a desaparecer e a ficar esquecido!

RESPONDER

Cientistas criam material de "auto-reparação" mais resistente do mundo (e é perfeito para ecrãs de telemóveis)

Investigadores do Instituto Indiano de Educação e Investigação Científica (IISER, na sigla em inglês) podem ter encontrado o material perfeito para fazer os ecrãs de smartphones: transparente, resistente e que a capacidade de se "auto-curar" …

"A bitcoin vai criar a paz mundial"

A rainha das moedas digitais, se não construir a paz no planeta, vai ajudar na pacificação entre os seres humanos. É a opinião de Jack Dorsey. É o centro de atenções de muitos investidores, é o …

"Burrolandia". Parque temático de burros no México está a tentar salvar estes animais

Um parque temático de burros no México serve de santuário a estes animais que estão aos poucos a desaparecer no país. "O burro ajudou o homem por muito tempo. É hora de retribuirmos o favor", …

Uma mão robótica que joga Super Mario Bros na Nintendo? Sim, existe

Uma equipa de investigadores da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, imprimiu em 3D peças para criar uma mão robótica capaz de jogar Super Mario Bros na Nintendo.  A mão robótica é totalmente montada com circuitos …

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …