Jerónimo garante condições para assumir responsabilidade que partido lhe atribuir

António Cotrim / Lusa

O secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, assegurou estar “em condições de assumir todas as responsabilidades” que o partido lhe atribuir, dias depois de ter admitido que podia não se recandidatar ao cargo em 2020.

“Eu queria dizer que aquilo que disse já tinha dito muitas vezes. Aliás, em cada congresso, a questão estava colocada. Desta vez, há a originalidade de ainda não estarmos à beira de congresso”, disse Jerónimo de Sousa, em declarações aos jornalistas no final de um encontro com o Movimento Democrático das Mulheres, na sede do PCP, em Lisboa.

Numa entrevista à agência Lusa divulgada no sábado, o secretário-geral comunista admitiu não ser recandidato à liderança do partido no congresso de 2020 porque “é da lei da vida”, mas garantiu que não vai “calçar as pantufas” e continuará militante comunista, sendo a sua continuação no cargo uma decisão do coletivo partidário.

“Em primeiro lugar, para desiludir com certeza os mais apressados, queria dizer que estou em condições de assumir todas as responsabilidades que o meu partido me entenda atribuir”, afirmou.

Jerónimo de Sousa, que vai comemorar o seu 72.º aniversário em 13 de abril, completará década e meia como secretário-geral do PCP em novembro.

“Inevitavelmente – é da lei da vida -, acabarei por ter responsabilidades no partido diferentes, alteradas, embora com um sentimento: não vou calçar as pantufas, vou continuar como militante, como a pessoa que sou, a ajudar o meu partido, continuarei a ser comunista”, declarou, na entrevista à Lusa, escusando-se a “fazer previsões”, pois trata-se de “uma decisão que passa, em primeiro lugar”, pelos seus “camaradas”.

O histórico secretário-geral do PCP durante 31 anos (1961-1992), Álvaro Cunhal, foi sucedido pelo antecessor de Jerónimo de Sousa, Carlos Carvalhas, aos 79 anos.

“Eu vim para a política, como jovem sindicalista, com o ardor da juventude, para ser capaz de dar a minha contribuição, o melhor que sabia e podia. Procurando, com os meus camaradas mais velhos, apreender aquela grande lição de que a política é uma coisa nobre desde que seja para servir os interesses dos trabalhadores e do povo e não a nós próprios”, continuou.

O atual líder comunista prevê que, “em relação a 2020, a vida o dirá, mas” vinca ter a “consciência” de que esteve “sempre do lado certo”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …