Jerónimo acusa Marcelo de contribuir para” novo bloco central” (e “branquear” o PSD)

José Sena Goulão / Lusa

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa

O secretário-geral do PCP acusou no sábado o Presidente da República de estar a “contribuir” para colocar em marcha uma nova vida para um “novo bloco central de interesses políticos e económicos”, e para “branquear o PSD”.

“Estão a pensar dar uma nova vida ao chamado Bloco Central, que pode ser formal ou informal, mas que será sempre como o foi no passado, o bloco central de interesses políticos e económicos. É isso que está em marcha com o contributo do Presidente da República que se tem empenhado para branquear o PSD, a política de direita e as suas responsabilidades, visando promover a sua reabilitação política e reconduzi-lo para um papel de cooperação intensa com o PS”, declarou Jerónimo de Sousa.

O secretário-geral do PCP falava no comício “Nem um direito a menos. Confiança e luta por uma vida melhor”, evento que decorreu na tarde do passado sábado na Praça D. João I, na Baixa do Porto, e onde leu um discurso de sete páginas. Jerónimo de Sousa afirmou ainda que a “conjuntura é propícia para dar uma nova vida ao “bloco central”.

“Um tempo que cheira a dinheiro fresco à boleia da epidemia. Anunciam-se milhões vindos da União Europeia que o povo português há-de pagar mais tarde e com juros e a sua distribuição pelo grande capital exige concertação e reposição mais estreita da velha cooperação”, continuou o líder comunista.

Sobre os “joguinhos políticos” que o secretário-geral do PS, António Costa, abordou no sábado passado, referindo que Portugal precisa de estabilidade e criticando “joguinhos políticos” à esquerda e à direita dos socialistas, Jerónimo de Sousa classificou-a como uma “expressão infeliz” e lamenta a rejeição de “larga maioria de propostas que o PCP apresentou para o Orçamento Suplementar.

“O Orçamento Suplementar recebeu o voto contra do PCP. Não, não foi por taticismo. Não foi por essa expressão infeliz que ouvimos ontem [sábado] de joguinhos de poder. É que este partido nunca poderia votar numa proposta que propõe cortes nos salários, despedimentos, menos proteção àqueles que mais precisam, menos apoios às pequenas e médias empresas. Este partido tem a consciência que não são joguinhos de poder. O que são, isso sim, é saber que neste momento centenas de milhares de portugueses têm em jogo a sua própria vida e que, nesse momento, tendo em conta este orçamento, podem continuar a contar com o PCP para impedir essa destruição de empregos, de direitos que estão refletidos neste Orçamento Suplementar aprovado”, explicou Jerónimo de Sousa.

Críticas após aprovação do Suplementar

A Assembleia da República aprovou, na sexta-feira passada, em votação final global, a proposta de Orçamento Suplementar do Governo, que se destina a responder às consequências económicas e sociais provocadas pela pandemia da covid-19.

A proposta foi aprovada apenas com os votos favoráveis do PS, a abstenção do PSD, BE e PAN, e os votos contra do PCP, CDS-PP, PEV, Iniciativa Liberal e Chega.

Para o secretário-geral do PCP, este Orçamento Suplementar vem “acentuar” ainda mais a desigualdade e injustiça na repartição de rendimento nacional entre o capital e o trabalho.

“Trata-se de um orçamento que consagra o prolongamento do corte dos salários a centenas de milhares de trabalhadores, ao mesmo tempo que se canalizam milhões para o grande capital. Um orçamento onde faltam soluções para garantir o emprego, para dinamizar o investimento público e garantir apoios que viabilizem as pequeno e micro empresas (…)”, observou Jerónimo de Sousa.

Apesar da abstenção do PSD no Suplementar, Costa garantiu também neste sábadoque vai manter o rumo político e não haverá “Bloco Central” PS/PSD, frisando que recusa aceitar que a esquerda seja incapaz de se entender sobre uma visão comum para o país.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Estes Comunistas são engraçados, quando são eles a aliar-se ao PPD e ao CDS nas votações não é Bloco Central é bom mas se for o PPD a aliar-se ao PS e ao CDS é a ameaça do Bloco Central, pigmenta no rabiosque dos outros é refresco.

RESPONDER

Encontrado tesouro de artefactos nazis no "Covil do Lobo", o quartel-general ultrassecreto de Hitler

Quando os nazis se prepararam para invadir a União Soviética, em 1941, construíram um quartel-general militar secreto na floresta Masúria, na Polónia, ao qual chamaram "Wolfsschanze" ou "Covil do Lobo". Desde a sua descoberta após a …

Itália vai construir um túnel submarino para unir Sicília ao continente

Itália está a planear construir um túnel para ligar a região insular da Sicília ao continente italiano. O projeto de cinco mil milhões de euros vai ser pago com a parte do Fundo de Recuperação …

Point Roberts tinha um pé nos EUA e outro no Canadá (mas agora não "pertence" a nenhum)

Point Roberts, em Washington, está numa posição única. Localizada na ponta da Península de Tsawwassen, a cidade fica totalmente abaixo do paralelo 49, a linha que separa o Canadá dos Estados Unidos. Agora, a cidade …

Milhares de processadores quebraram um trilião de chaves para resgatar um Zip com bitcoins

Um misterioso homem perdeu o acesso a um ficheiro Zip onde estavam encriptadas as suas chaves privadas de bitcoins. Os 300 mil dólares foram resgatados por dois especialistas em criptografia — e por muitos milhares …

Reino Unido com mais de mil novas infeções pelo quarto dia consecutivo

O Reino Unido registou mais 11 mortos e 1.441 infeções de covid-19 nas últimas 24 horas, anunciou o Ministério da Saúde britânico, que manteve restrições sobre a área metropolitana de Manchester e parte do norte …

Governo não pondera (para já) proibição de fumar ao ar livre

O Governo não está a ponderar, neste momento, proibir fumar ao ar livre como foi decretado em Espanha, mas há “muitos aspetos em aberto” que serão acompanhados, disse esta sexta-feira a ministra da Saúde, Marta …

Lotação do Avante reduzida a um terço. Visitantes terão uma "área superior à que está estabelecida para as praias"

O PCP anunciou que vai limitar a entrada na sua anual Festa do "Avante!" a um terço da capacidade total, em virtude do contexto de pandemia de covid-19. O espaço de 30 hectares das Quinta da …

Governo da Guiné Equatorial demitiu-se em bloco

O Governo da Guiné Equatorial, liderado pelo primeiro-ministro Francisco Pascual Obama Asue, apresentou a sua demissão em bloco. Em declarações aos jornalistas, o ministro da Comunicação e porta-voz do Governo em funções, Eugenio Nze Obiang, explicou …

PSP apresenta queixa contra jornal Público por causa de cartoon no "Inimigo Público"

A PSP anunciou esta sexta-feira que vai apresentar queixa contra o jornal Público pela publicação, no suplemento Inimigo Público, de um cartoon com uma figura vestida de uniforme, “aparentemente relacionado com uma ação com conotação …

Tensão no Mediterrâneo. Macron envia ajuda militar à Grécia em conflito com a Turquia

O presidente Emmanuel Macron anunciou, quarta-feira, o envio de forças francesas para o Mediterrâneo Oriental. A intenção turca de procurar petróleo e gás no fundo do mar, tem criado tensão política entre a Grécia e …