Jan Kuciak foi o primeiro jornalista assassinado na história da Eslováquia (que grita agora justiça)

Jan Kuciak foi assassinado em fevereiro de 2018. A Eslováquia indignou-se, fez cair um primeiro-ministro e exige justiça.

Jan Kuciak foi o primeiro jornalista assassinado na história da Eslováquia. Foi alvejado com dois tiros no peito por um profissional no sotão da sua casa, assim como a sua noiva, morta na cozinha com um tiro na cabeça.

O jornalista tinha apenas 27 anos e passou os últimos da sua vida a investigar um alegado desvio de fundos da União Europeia destinados ao leste do país, assim como a chegada de empresários italianos à mesma zona, ligados à máfia.

O duplo crime, ocorrido a 21 de fevereiro de 2018 em Velká Maca, nos arredores de Bratislava, chocou a Eslováquia, que se sentiu motivada a fazer justiça. Milhares de pessoas saíram à rua para exigir a demissão do Governo – o primeiro-ministro, Robert Fico, renunciou e, pouco depois, o ministro do Interior também anunciou a sua saída.

Neste processo, foram formalmente acusadas quatro pessoas pelo Ministério Público. O empresário Marian Kocner, alegado mandante do crime, um ex-polícia, Tomas Szabo, e um primo, Miroslav Marcek, que as autoridades acreditam terem sido os autores materiais, e a amante do empresário, Alena Zsuzsova, que terá desempenhado o papel de intermediária entre Kocner e os alegados assassinos.

De acordo com o Expresso, foram pagos 70 mil euros pelos homicídios. As notícias sobre o processo adiantam ainda que um quinto suspeito detido preventivamente, identificado como Zoltan Andrusko, escapou à acusação por ter decidido colaborar, a troco de uma redução da pena.

Até terem sido acusados, o caminho não foi fácil e foi marcado por demissões, entre elas a de Tibor Gaspar, chefe da polícia eslovaca, que acabou por se afastar devido à pressão popular.

A investigação de Kuciak sobre as ligações entre políticos, a máfia italiana e o crime organizado tornaram-no num alvo a abater, sem ter tido tempo para escrever sobre tudo o que descobriu. No entanto, o jornalista deixou material suficiente para serem feitas manchetes, nomeadamente sobre a máfia italiana lavar dinheiro através dos subsídios europeus.

O caso ameaça ter ainda mais repercussões políticas. Depois de o primeiro-ministro ter renunciado, a coligação que suportava o seu Governo sobreviveu, liderada por Peter Pellegrini. No entanto, tal pode não voltar a acontecer nas eleições gerais de fevereiro, já que as sondagens mostram um deslize no apoio ao SMER, a força no poder.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …

Poluição do ar em Sydney entre as 20 piores do mundo devido aos incêndios

A poluição do ar em Sydney, a maior cidade da Austrália com mais de cinco milhões de habitantes, está hoje entre as 20 piores do mundo devido ao fumo dos incêndios no leste do país. "Sydney, …

Audições da RTP sobre "Sexta às 9" aprovadas pelos deputados

Os deputados da comissão parlamentar de Cultura e Comunicação aprovaram "por unanimidade", esta terça-feira, as audições da diretora de informação e do presidente da RTP sobre o programa "Sexta às 9". O grupo parlamentar do PSD …