Jan Kuciak foi o primeiro jornalista assassinado na história da Eslováquia (que grita agora justiça)

Jan Kuciak foi assassinado em fevereiro de 2018. A Eslováquia indignou-se, fez cair um primeiro-ministro e exige justiça.

Jan Kuciak foi o primeiro jornalista assassinado na história da Eslováquia. Foi alvejado com dois tiros no peito por um profissional no sotão da sua casa, assim como a sua noiva, morta na cozinha com um tiro na cabeça.

O jornalista tinha apenas 27 anos e passou os últimos da sua vida a investigar um alegado desvio de fundos da União Europeia destinados ao leste do país, assim como a chegada de empresários italianos à mesma zona, ligados à máfia.

O duplo crime, ocorrido a 21 de fevereiro de 2018 em Velká Maca, nos arredores de Bratislava, chocou a Eslováquia, que se sentiu motivada a fazer justiça. Milhares de pessoas saíram à rua para exigir a demissão do Governo – o primeiro-ministro, Robert Fico, renunciou e, pouco depois, o ministro do Interior também anunciou a sua saída.

Neste processo, foram formalmente acusadas quatro pessoas pelo Ministério Público. O empresário Marian Kocner, alegado mandante do crime, um ex-polícia, Tomas Szabo, e um primo, Miroslav Marcek, que as autoridades acreditam terem sido os autores materiais, e a amante do empresário, Alena Zsuzsova, que terá desempenhado o papel de intermediária entre Kocner e os alegados assassinos.

De acordo com o Expresso, foram pagos 70 mil euros pelos homicídios. As notícias sobre o processo adiantam ainda que um quinto suspeito detido preventivamente, identificado como Zoltan Andrusko, escapou à acusação por ter decidido colaborar, a troco de uma redução da pena.

Até terem sido acusados, o caminho não foi fácil e foi marcado por demissões, entre elas a de Tibor Gaspar, chefe da polícia eslovaca, que acabou por se afastar devido à pressão popular.

A investigação de Kuciak sobre as ligações entre políticos, a máfia italiana e o crime organizado tornaram-no num alvo a abater, sem ter tido tempo para escrever sobre tudo o que descobriu. No entanto, o jornalista deixou material suficiente para serem feitas manchetes, nomeadamente sobre a máfia italiana lavar dinheiro através dos subsídios europeus.

O caso ameaça ter ainda mais repercussões políticas. Depois de o primeiro-ministro ter renunciado, a coligação que suportava o seu Governo sobreviveu, liderada por Peter Pellegrini. No entanto, tal pode não voltar a acontecer nas eleições gerais de fevereiro, já que as sondagens mostram um deslize no apoio ao SMER, a força no poder.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …

Na última noite no Porto, Óliver foi sozinho à Ponte D. Luís (e vieram-lhe as lágrimas aos olhos)

O médio espanhol Óliver Torres confessa que a sua saída do Porto foi "emotiva" e que se despediu do clube e da cidade na Ponte D. Luís, de noite e sozinho, com "as lágrimas nos …

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …