Afinal, Israel autoriza entrada de uma congressista dos EUA (mas só para visitar a avó)

Jim Lo Scalzo / EPA

Israel anunciou na quinta-feira ter proibido a visita de Tlaib e de uma outra congressista democrata, Ilhan Omar, devido ao seu apoio ao movimento de boicote internacional ao Estado hebreu e após um pedido do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Mas o ministro Arié Dery decidiu esta sexta-feira autorizar a entrada de Tlaib “para uma visita humanitária à sua avó”. Tlaib também “prometeu não promover a causa do boicote contra Israel durante a sua estadia”, segundo um comunicado do ministro.

Rashida Tlaib é a primeira eleita para o Congresso norte-americano de origem palestiniana. O território israelita é a porta de entrada para os territórios palestinianos.

O movimento BDS (Boicote, Desinvestimento e Sanções), promovido por palestinianos, apela para um boicote económico, cultural e científico de Israel em protesto contra a ocupação dos territórios palestinianos. Em 2017, Israel aprovou uma lei para proibir a entrada no seu território de militantes do BDS, que denuncia como antissemita, acusação refutada pelos defensores do movimento de boicote.

Na noite de quinta-feira para esta sexta-feira, Rashida Tlaib escreveu às autoridades israelitas pedindo autorização para visitar a sua família e mais concretamente a sua avó, que vive na aldeia de Beit Ur al-Fauqa, perto de Ramallah, na Cisjordânia ocupada.

“Poderá ser a minha última oportunidade de a visitar”, assinalou a congressista norte-americana na carta divulgada na internet. “Comprometo-me a respeitar todas as restrições e a não promover o boicote de Israel durante a minha visita”, adianta.

Ilham Omar e Rashida Tlaib são as duas primeiras muçulmanas eleitas para a Câmara dos Representantes, a câmara baixa do Congresso dos Estados Unidos, e pertencem à ala esquerda do Partido Democrata. As visitas de delegações de representantes e senadores dos Estados Unidos a Israel são frequentes e a decisão de proibir a sua visita não tem precedente, segundo a agência Associated Press.

Donald Trump tinha afirmado pouco antes da primeira proibição que “Israel daria mostras de grande fraqueza se permitisse a visita” de Omar e Tlaib. “[As congressistas] odeiam Israel e todos os judeus e não há nada que se possa dizer ou fazer para mudarem de ideias”, escreveu Trump no Twitter.

O jornal Público frisa que esta decisão surge depois de o Presidente dos Estados Unidos fazer a publicação no Twitter, pressionando assim o Governo de Israel.

No mês passado, recorda a agência Reuters citada pelo mesmo diário, o embaixador norte-americano em Israel, Ron Dermer, tinha dito que Omar e Tlaib poderiam entrar no país como demonstração de respeito pelo seu estatuto como congressistas.

Nos últimos meses, Tlaib e Omar têm sido alvo de repetidos ataques de Donald Trump, incluindo uma série de tweets em que disse que as congressistas deviam “voltar para o lugar de onde vieram”, comentários que foram condenados como racistas numa resolução aprovada pela Câmara dos Representantes.

Ilham Omar nasceu na Somália e emigrou com a família para os Estados Unidos aos 10 anos e Rashida Tlaib nasceu nos Estados Unidos, filha de imigrantes palestinianos.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O verdadeiro problema desta menina é ser uma vítima do ódio, aquele com que os árabes atacaram Israel na intenção de os eliminar de vez, o tiro saiu-lhes pela culatra e hoje estão a ser vítimas disso mesmo.

RESPONDER

Preço da luz no mercado regulado deverá subir 0,2% em 2022

O preço da eletricidade para os consumidores do mercado regulado deverá subir 0,2% no próximo ano face à média do ano em curso, segundo a proposta da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) hoje anunciada. “Para …

Governo recua e anuncia redução de imposto sobre combustíveis. Gasolina desce dois cêntimos e gasóleo um

Com a subida abrupta do preço dos combustíveis, o Governo anunciou esta sexta-feira à tarde que irá reduzir o ISP. Na prática, ao consumidor isto significa que o preço da gasolina vai baixar dois cêntimos …

Bolsonaro admite que chora sozinho na casa de banho

Num encontro organizado pela igreja evangélica Comunidade das Nações, em Brasília, na quinta-feira, o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, admitiu que costuma chorar na casa de banho. “Quantas vezes eu choro na casa de banho, em …

Jogadores em greve no Brasil, presidente no Estádio da Luz

Crise financeira grave no Cruzeiro, jogadores não apareceram para treinar e o presidente estava em Portugal. O plantel do Cruzeiro não apareceu no treino marcado para a tarde desta quinta-feira. Na véspera, os jogadores já tinham …

"É devastador": os millenials que querem ter filhos, mas não têm condições financeiras

Têm três empregos, querem mudar de carreira ou estão a mudar-se para zonas distantes para ter alojamento mais acessível. Assim é a vida dos millenials, que fazem tudo para juntar dinheiro suficiente para sustentar uma …

Milionário Robert Durst condenado a prisão perpétua por matar melhor amiga

O tribunal de Los Angeles condenou o excêntrico milionário de 78 anos a pena perpétua, sem possibilidade de liberdade condicional, pelo homicídio em primeiro grau de Susan Berman (o equivalente a homicídio qualificado), segundo a …

Cientistas tentam desvendar por que comemos demais

Em 2019, cientistas descobriram que certas células em ratos obesos impediam os sinais que indicam a sensação de saciedade. Agora, uma nova investigação fez uma abordagem ainda mais profunda sobre o papel destas células. O estudo, …

"Tenho todas as condições para vencer as eleições legislativas de 2023", diz Rangel

Paulo Rangel apresentou esta tarde formalmente a sua candidatura à liderança do PSD e afirma que tem todas as condições para unir o PSD e vencer as eleições legislativas em 2023. Em conferência de imprensa, o …

Putin admite aceitar pagamentos com criptomoedas num futuro próximo

Vladimir Putin admitiu que as criptomoedas têm valor, adiantando que esta forma de pagamento poderá tornar-se viável no país. Contudo, para já "ainda é muito cedo" para fazer previsões devido à sua natureza "incerta". A notícia …

Subida dos combustíveis. Estado arrecada mais 5 cêntimos de IVA por litro

Com a subida do preço dos combustíveis, o Estado está a arrecadar mais imposto por cada litro vendido por via do IVA. A subida dos combustíveis em Portugal tem sido uma realidade que não é de …