Diplomacia da vacina. Israel doa doses à República Checa, que prometeu abrir representação diplomática em Jerusalém

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu

A República Checa, que prometeu abrir representação diplomática em Jerusalém, já recebeu as vacinas de Israel.

De acordo com o Público, Israel doou vacinas à República Checa, que prometeu abrir uma representação diplomática em Jerusalém; à Guatemala, o primeiro país a seguir aos Estados Unidos e a mudar a sua embaixada de Telavive para Jerusalém; e às Honduras, que planeiam mudar também a sua embaixada.

O diário avança que cada país irá receber 5.000 doses.

Tomás Petricek, ministro dos Negócios Estrangeiros da República Checa, confirmou a chegada das vacinas ao país,e argumentou que não se trata de uma mudança de embaixada, que se manterá em Telavive, mas sim de juntar “representação diplomática” ao seu gabinete em Jerusalém.

Para o Governo israelita, a presença embaixadas em Jerusalém é um ganho político. A 23 de março, Benjamin Netanyahu, enfrenta eleições, pelo que este é um fator a favor da sua vitória.

Recolher obrigatório durante o Purim

O Governo israelita anunciou, esta quarta-feira, um recolher obrigatório de 3 dias durante as festividades do Purim, apesar de cerca de metade da população do país estar já vacinada com, pelo menos, uma dose.

Em comunicado conjunto, o gabinete do primeiro-ministro e o Ministério da Saúde israelitas informam quarta-feira que o recolher obrigatório entre as 18h30 e 5h00 estará em vigor de quinta-feira até este sábado.

Isto é para evitar o que aconteceu no último Purim, que não queremos que se repita” disse o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, durante uma visita a um centro de vacinação no norte do país, em referência às grandes festividades de 2020, consideradas por cientistas como tendo contribuído para a primeira vaga de Covid-19 no país.

O Purim envolve celebrações não apenas nas sinagogas, mas também nas ruas.

Durante o recolher obrigatório a partir de quinta-feira, ficarão proibidas visitas a residências de pessoas terceiras e os transportes públicos funcionarão de forma reduzida. De acordo com o Governo, as deslocações ficarão também limitadas a um quilómetro da residência.

Liliana Malainho, ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Á Palestina eles não dão vacinas. Andam a massacrar aquele povo, a roubar-lhes o território, a espezinhá-los e a humilhá-los até os conseguirem aniquilar de vez. Querem fazer o mesmo que Hitler quis fazer aos judeus – extingui-los. Mas o mundo dá voltas…

  2. Vale tudo para o corrupto continuar à frente do governo israelita!…
    Comprar publicidade política com vacinas são mesmo táticas típicas da Máfia…

RESPONDER

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro. No entanto, isto não quer dizer que o nosso planeta esteja a ficar inclinado. Mais de 5.000 quilómetros abaixo de …

Incêndios devastam sul da Europa e obrigam a retirar moradores e turistas

Dezenas de aldeias e hotéis foram este domingo evacuados nas zonas turísticas do sul da Turquia devido a incêndios que começaram há cinco dias e já mataram oito pessoas no país, devastando também regiões da …

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …

Birmânia. Líder da junta volta a prometer eleições até 2023, seis meses depois do golpe militar

O líder da junta militar birmanesa, no poder desde o golpe de 1 de fevereiro, comprometeu-se novamente a realizar eleições "até agosto de 2023". “Estamos a trabalhar para estabelecer um sistema multipartidário democrático”, disse, este domingo, …

Tóquio2020. Patrícia Mamona conquista medalha de prata no triplo salto (e melhora recorde nacional)

Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata no triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao conseguir 15,01 metros, novo recorde nacional, arrebatando a segunda medalha por atletas portugueses depois do bronze do judoca …