Isabel dos Santos notificada pela PGR angolana

Manuel Araújo / Lusa

A acionista maioritária, Isabel dos Santos, durante a inauguração da Unidade Mobilidade Elétrica EFACEC

A imprensa pública de Angola noticiou esta segunda-feira que a Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana notificou já a empresária Isabel dos Santos para prestar declarações no âmbito do inquérito em curso sobre a sua gestão à frente da empresa Sonangol.

Tanto a Televisão Pública de Angola como a Rádio Nacional de Angola noticiaram que a empresária Isabel dos Santos, filha do ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos foi notificada a 17 deste mês.

Fonte da PGR, citada pela RNA, confirmou a notificação, adiantando, porém, que Isabel dos Santos não respondeu, salientando que a empresária será novamente notificada “a qualquer momento”.

A 15 de novembro de 2017, o então novo chefe de Estado angolano, João Lourenço, exonerou Isabel dos Santos da presidência do Conselho de Administração da Sonangol, nomeando para idênticas funções Carlos Saturnino, que, até dezembro de 2016, fora presidente da Comissão Executiva da Sonangol Pesquisa & Produção.

Nomeada em junho de 2016 pelo então presidente angolano José Eduardo dos Santos, de quem é a filha mais velha, Isabel dos Santos acabaria por demitir Carlos Saturnino, acusando-o de má gestão e de graves desvios financeiros.

A 02 de março deste ano, a PGR abriu um inquérito para apurar as denúncias feitas dois dias antes pelo atual presidente do Conselho de Administração da Sonangol, que acusou a empresária de, pouco depois de exonerada, ter feito transferências no valor superior a 38 milhões de dólares para uma empresa no Dubai.

Num comunicado, a PGR indicou então que o inquérito visa “investigar os factos ocorridos, bem como o eventual enquadramento jurídico-criminal dos mesmos“. As conclusões do inquérito, ainda segundo o comunicado, “serão oportunamente levadas a conhecimento público, sem prejuízo do segredo de Justiça”, mas até hoje não foram revelados.

A decisão da PGR ocorreu dois dias depois de o presidente do Conselho de Administração da Sonangol ter denunciado a saída de montantes avultados em nome da empresa Matter Business Solutions DMCC, com sede no Dubai.

Dias depois, Isabel dos Santos negou as acusações e considerou-as “infundadas”, afirmando-se “confortável” com o inquérito aberto pela PGR, desafiando o presidente da Sonangol a apresentar a demissão.

Isabel dos Santos acusou Carlos Saturnino de “procurar buscar um bode expiatório para esconder o passado negro” da empresa, realçando o facto de ter encontrado em 2016 a Sonangol em “falência”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. o Isabelinha, agora vais ter que emigrar para Portugal traz alguns Diamantes, assim aqui terás futuro, se te filiares em algum Partido tanto melhor, de preferencia os que estão habituados a roubar descaradamente ao Zé Povinho, caso contrario vais ter que limpar escadas, E MAIS NADA.,

RESPONDER

"Estava em segredo". Comissão de inquérito abre investigação à divulgação do relatório secreto de Costa Pinto

A Comissão Parlamentar de Inquérito ao Novo Banco abriu esta terça-feira uma investigação sumária à divulgação do chamado “Relatório Costa Pinto”. A notícia é avançada esta terça-feira pelo jornal online Observador, o mesmo órgão de comunicação …

Cheias em Luanda fazem 14 mortos e mais de 8 mil desalojados

As chuvas torrenciais que esta segunda-feira provocaram o caos em Luanda, deixaram 14 mortos e mais de oito mil pessoas desalojadas, segundo dados transmitidos esta noite pelo porta-voz do serviço de protecção civil e bombeiros. Faustino …

De Ronaldo a Félix. Seleção pode perder oito jogadores com a Superliga

Se a Superliga Europeia avançar, assim como as ameaças da UEFA, a seleção das quinas poderia ficar sem oito jogadores, tendo em conta a última convocatória para os jogos de qualificação para o ​​​​​​​Mundial 2022. A …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Franceses com passe para poder viajar. Grécia já recebe estrangeiros vacinados ou testados

Numa altura em que vários países já fazem planos de abertura ao turismo, como é o caso de França e Grécia, há outros que ainda se mostram com receio de avançar. Em Itália o número …

"Um pouco de compaixão". Júri delibera sentença da morte de George Floyd

As autoridades norte-americanas estão a preparar-se para vários dias de eventuais manifestações por todo o país quando for conhecida a sentença do antigo polícia que está a ser julgado pelo homicídio de George Floyd, em …

Casimiro está a tentar vender a sua participação na Groundforce. CGD não avança com empréstimo

A Groundforce deverá ter um novo acionista em breve. Está em curso um processo para encontrar um investidor que compre a participação de Alfredo Casimiro na empresa. O empresário já está em negociações exclusivas. Para já, …

Governo suspende pagamento do IVA nas moratórias bancárias

As famílias e empresas com empréstimos abrangidos pelas moratórias bancárias vão ficar desobrigadas do pagamento do IVA que incidiria sobre as prestações mensais. Nos contratos continuados, em que há uma prestação de bens ou serviços que …

Superliga dos ricos quer evitar ruína dos clubes. FC Porto rejeitou convite, mas Benfica estará a tentar entrar

"Fazemos a Superliga para salvar o futebol, a situação é dramática". As palavras são de Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, um dos 12 clubes que anunciaram a criação de uma Superliga Europeia com os …

”As pessoas estão cansadas desta governação”. Moedas desvaloriza sondagem que o coloca atrás de Medina

Carlos Moedas, que se encontra na corrida autárquica em Lisboa, acusa Medina - seu principal adversário - de não ter uma estratégia clara para o Parque Mayer e defende projeto que una a educação a …