Isabel dos Santos notificada pela PGR angolana

Manuel Araújo / Lusa

A acionista maioritária, Isabel dos Santos, durante a inauguração da Unidade Mobilidade Elétrica EFACEC

A imprensa pública de Angola noticiou esta segunda-feira que a Procuradoria-Geral da República (PGR) angolana notificou já a empresária Isabel dos Santos para prestar declarações no âmbito do inquérito em curso sobre a sua gestão à frente da empresa Sonangol.

Tanto a Televisão Pública de Angola como a Rádio Nacional de Angola noticiaram que a empresária Isabel dos Santos, filha do ex-Presidente angolano José Eduardo dos Santos foi notificada a 17 deste mês.

Fonte da PGR, citada pela RNA, confirmou a notificação, adiantando, porém, que Isabel dos Santos não respondeu, salientando que a empresária será novamente notificada “a qualquer momento”.

A 15 de novembro de 2017, o então novo chefe de Estado angolano, João Lourenço, exonerou Isabel dos Santos da presidência do Conselho de Administração da Sonangol, nomeando para idênticas funções Carlos Saturnino, que, até dezembro de 2016, fora presidente da Comissão Executiva da Sonangol Pesquisa & Produção.

Nomeada em junho de 2016 pelo então presidente angolano José Eduardo dos Santos, de quem é a filha mais velha, Isabel dos Santos acabaria por demitir Carlos Saturnino, acusando-o de má gestão e de graves desvios financeiros.

A 02 de março deste ano, a PGR abriu um inquérito para apurar as denúncias feitas dois dias antes pelo atual presidente do Conselho de Administração da Sonangol, que acusou a empresária de, pouco depois de exonerada, ter feito transferências no valor superior a 38 milhões de dólares para uma empresa no Dubai.

Num comunicado, a PGR indicou então que o inquérito visa “investigar os factos ocorridos, bem como o eventual enquadramento jurídico-criminal dos mesmos“. As conclusões do inquérito, ainda segundo o comunicado, “serão oportunamente levadas a conhecimento público, sem prejuízo do segredo de Justiça”, mas até hoje não foram revelados.

A decisão da PGR ocorreu dois dias depois de o presidente do Conselho de Administração da Sonangol ter denunciado a saída de montantes avultados em nome da empresa Matter Business Solutions DMCC, com sede no Dubai.

Dias depois, Isabel dos Santos negou as acusações e considerou-as “infundadas”, afirmando-se “confortável” com o inquérito aberto pela PGR, desafiando o presidente da Sonangol a apresentar a demissão.

Isabel dos Santos acusou Carlos Saturnino de “procurar buscar um bode expiatório para esconder o passado negro” da empresa, realçando o facto de ter encontrado em 2016 a Sonangol em “falência”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. o Isabelinha, agora vais ter que emigrar para Portugal traz alguns Diamantes, assim aqui terás futuro, se te filiares em algum Partido tanto melhor, de preferencia os que estão habituados a roubar descaradamente ao Zé Povinho, caso contrario vais ter que limpar escadas, E MAIS NADA.,

RESPONDER

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …

"Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem "muito estáveis" e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve …

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre bullying na escola, diz relatório

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre 'bullying' na escola, alertou esta segunda-feira a UNESCO, por ocasião do Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. A Organização Internacional de Jovens e Estudantes LGBTQI (IGLYO) e …

Telescópio vai "caçar" a luz de 30 milhões de galáxias para mapear Universo e "revelar" energia escura

Um instrumento de um telescópio nos Estados Unidos vai capturar nos próximos cinco anos a luz de quase 30 milhões de galáxias e outros objetos cósmicos, permitindo aos cientistas mapearem o Universo e desvendarem os …

Portugal ficou acima da média europeia quanto ao teletrabalho

Dados do Eurostat sobre o teletrabalho durante a pandemia revelaram que Portugal registou uma média ligeiramente superior (13,9%) à da União Europeia (12,3%) entre as pessoas com idade dos 15 e os 64 anos. Em anos …

"Idiotas". Bolsonaro critica pessoas que mantêm isolamento social na pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticou os brasileiros que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantêm isolamento social na pandemia, a quem chamou de 'idiotas', em conversa com os seus …

SEF com 18 casos de exploração de imigrantes na agricultura na região Oeste

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) tem em investigação 18 casos associados a auxílio à imigração ilegal, angariação de mão-de-obra ilegal e tráfico de pessoas em explorações agrícolas da região Oeste desde 2017. Questionado pela …