Isabel dos Santos estará a ser investigada por fuga ao Fisco em Angola

Manuel Araújo / Lusa

Manuel Araújo / Lusa

A empresária estará a ser investigada pela justiça angolana por alegada fuga ao Fisco. Em causa estão suspeitas de que importou viaturas e material informático em nome da Cruz Vermelha de Angola, mas para utilização na sua empresa de telecomunicações.

A notícia é avançada pela agência de rádio internacional Angola Voz da América (VOA) que avança que Isabel dos Santos é suspeita de ter lesado o Estado angolano em mais de 30 milhões de dólares, cerca de 25,3 milhões de euros.

“O processo é assente em suspeitas de que a antiga administradora da Sonangol terá usado a Cruz Vermelha, que beneficia de isenção fiscal, para adquirir meios como viaturas, material informático e geradores para a sua empresa”, aponta a VOA.

Está em causa a empresa de telecomunicações de Isabel dos Santos, a Unitel. A empresária é também presidente da Cruz Vermelha de Angola (CVA), havendo suspeitas de que pode ter usado essa condição para proceder às referidas importações sem pagar impostos, aproveitando a isenção fiscal da organização.

A filha do ex-Presidente angolano já veio negar estas informações, usando o seu perfil no Twitter para falar num “artigo falso” e anunciar uma queixa-crime por “difamação” contra a VOA.

A rádio internacional refere que as alegadas compras suspeitas foram feitas entre 2009 e 2016, notando que o caso está a ser investigado pela Direcção Nacional da Polícia Económica de Angola.

A VOA aponta ainda que o jornalista e activista Rafael Marques está a seguir o caso e que considera que o mandato da empresária à frente da CVA já expirou.

“A sua saída permitiria relançar a Cruz Vermelha, com um plano de acção, tendo em conta a sua importância no apoio humanitário em várias zonas do país”, frisa o jornalista na VOA, acusando Isabel dos Santos de ter usado “o nome da CVA em benefício próprio” e de ter contribuído, assim, para “destruir a organização”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ai só agora é que estão a dar conta que ela chegou aos “mil milhões” à custa de uma terra sagrada chamada Angola, sagrada para angolanos e portugueses, estes porque lhe deram o nome e ela porque nunca o enjeitou. Todos aqueles que roubam Angola roubam Portugal e todos quantos roubam Portugal roubam Angola também. Essa senhora só cresceu à custa de um regime autocrático, onde não tinha de prestar contas nem de pagar impostos. E não será despiciente a investigação a todos os negócios que a dita fez e faz em Portugal, sobretudo naquele aspecto de saber de onde lhe veio e vem tanto poder aquisitivo. Agora, já não são só países mas é todo planeta que exige equidade e não concentração de poder, económico ou outro. O tempo do posso, quero e mando já acabou e chegou um novo tempo que é o de distribuir recursos cada vez mais escassos por um número cada vez maior de pessoas. E isto é uma equação que não se resolve com “Isabeis Santinhas” que são, de resto, um obstáculo aos novos tempos. É preciso reeducá-la!

RESPONDER

Pensamentos suicidas e a cor de pele do filho. Revelações de Meghan e Harry abalam família real britânica

A aguardada entrevista do duque e da duquesa de Sussex, conduzida por Oprah Winfrey, foi transmitida este domingo e pôs a família real em xeque. O casal, que deu a primeira entrevista desde que renunciou …

Portugal fecha Europeus de atletismo num inédito segundo lugar

Portugal, com três títulos nos Europeus de atletismo de pista coberta de Torun, na Polónia, fecha a edição com um inédito segundo lugar no quadro de medalhas, logo atrás de Holanda, que obteve quatro ouros. O …

Constança Bradell já reuniu quase 200 mil euros, mas Kaftrio é só de dispensa hospitalar

Constança Bradell, a jovem de 24 anos que sofre de Fibrose Quística, já reuniu quase 200 mil euros, mas associação lembra que o Kaftrio é só de dispensa hospitalar. Depois do apelo emocionado nas redes sociais, …

Peritos revelam critérios do desconfinamento. Escolas e restaurantes devem reabrir após a Páscoa

Presidente da Repúblicas e Governo ouviram, nesta segunda-feira, as explicações dos especialistas sobre a situação da covid-19 em Portugal. Na reunião no Infarmed, foram apresentados os critérios para o plano de desconfinamento. Os especialistas que têm …

Rúben Amorim arrisca suspensão de 1 a 6 anos após acusação de fraude

O Sporting está a ser acusado de fraude na inscrição de Rúben Amorim como treinador. Um caso que resulta de participação feita pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) e que pode valer ao …

MAI impõe mínimo de mulheres no recrutamento para a GNR e PSP

O Ministério da Administração Interna (MAI) vai incluir nas regras de recrutamento em 2021 indicadores mínimos de 15% de mulheres na incorporação para guardas da GNR e de 20% para agentes da PSP. No âmbito da …

Pedro Nuno Santos diz que PS não se pode comportar como se tivesse maioria absoluta

O ministro das Infraestruturas e da Habitação defendeu, este domingo, que o PS não se pode comportar como se tivesse maioria absoluta, mas sim colaborar com BE e PCP porque a geringonça "não pode ser …

Joan Laporta eleito presidente do Barcelona (e já falou sobre o futuro de Messi)

Joan Laporta foi eleito presidente do FC Barcelona, este domingo, sucedendo ao contestado Josep Maria Bartomeu, ao recolher 30.184 votos (54,28% do total), nas eleições para os órgãos sociais do clube espanhol. Joan Laporta, que já presidiu …

Há cargos de supervisão há anos por preencher. João Leão assume atrasos

O Ministério das Finanças assume atrasos na procura por supervisores. Não podem vir do setor bancário e é preciso encontrar mulheres. O gabinete do ministro das Finanças, João Leão, assume atrasos na procura por administradores para …

"Temos de nos preparar". Benfica vai pôr travão no investimento

Após ter gasto mais de 100 milhões de euros em transferências, Jorge Jesus antecipa que o SL Benfica, assim como as outras equipas, vai ter de pôr um travão no investimento. O Benfica foi um dos …