Isabel dos Santos estará a ser investigada por fuga ao Fisco em Angola

Manuel Araújo / Lusa

Manuel Araújo / Lusa

A empresária estará a ser investigada pela justiça angolana por alegada fuga ao Fisco. Em causa estão suspeitas de que importou viaturas e material informático em nome da Cruz Vermelha de Angola, mas para utilização na sua empresa de telecomunicações.

A notícia é avançada pela agência de rádio internacional Angola Voz da América (VOA) que avança que Isabel dos Santos é suspeita de ter lesado o Estado angolano em mais de 30 milhões de dólares, cerca de 25,3 milhões de euros.

“O processo é assente em suspeitas de que a antiga administradora da Sonangol terá usado a Cruz Vermelha, que beneficia de isenção fiscal, para adquirir meios como viaturas, material informático e geradores para a sua empresa”, aponta a VOA.

Está em causa a empresa de telecomunicações de Isabel dos Santos, a Unitel. A empresária é também presidente da Cruz Vermelha de Angola (CVA), havendo suspeitas de que pode ter usado essa condição para proceder às referidas importações sem pagar impostos, aproveitando a isenção fiscal da organização.

A filha do ex-Presidente angolano já veio negar estas informações, usando o seu perfil no Twitter para falar num “artigo falso” e anunciar uma queixa-crime por “difamação” contra a VOA.

A rádio internacional refere que as alegadas compras suspeitas foram feitas entre 2009 e 2016, notando que o caso está a ser investigado pela Direcção Nacional da Polícia Económica de Angola.

A VOA aponta ainda que o jornalista e activista Rafael Marques está a seguir o caso e que considera que o mandato da empresária à frente da CVA já expirou.

“A sua saída permitiria relançar a Cruz Vermelha, com um plano de acção, tendo em conta a sua importância no apoio humanitário em várias zonas do país”, frisa o jornalista na VOA, acusando Isabel dos Santos de ter usado “o nome da CVA em benefício próprio” e de ter contribuído, assim, para “destruir a organização”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ai só agora é que estão a dar conta que ela chegou aos “mil milhões” à custa de uma terra sagrada chamada Angola, sagrada para angolanos e portugueses, estes porque lhe deram o nome e ela porque nunca o enjeitou. Todos aqueles que roubam Angola roubam Portugal e todos quantos roubam Portugal roubam Angola também. Essa senhora só cresceu à custa de um regime autocrático, onde não tinha de prestar contas nem de pagar impostos. E não será despiciente a investigação a todos os negócios que a dita fez e faz em Portugal, sobretudo naquele aspecto de saber de onde lhe veio e vem tanto poder aquisitivo. Agora, já não são só países mas é todo planeta que exige equidade e não concentração de poder, económico ou outro. O tempo do posso, quero e mando já acabou e chegou um novo tempo que é o de distribuir recursos cada vez mais escassos por um número cada vez maior de pessoas. E isto é uma equação que não se resolve com “Isabeis Santinhas” que são, de resto, um obstáculo aos novos tempos. É preciso reeducá-la!

RESPONDER

Aeronave autónoma é uma alternativa acessível aos satélites (e já fez o seu primeiro voo)

A empresa Swift Engineering, em parceria com o Ames Research Center, da NASA, desenvolveu uma alternativa acessível aos satélites: uma aeronave autónoma de alta altitude e longa resistência. Já nasceu a alternativa acessível aos satélites: chama-se …

Reservas naturais chinesas salvaram os pandas da extinção (mas "esqueceram-se" dos leopardos)

Uma nova investigação revela que os esforços da China para salvar os pandas gigantes foram bem sucedidos, mas os mesmos falharam na proteção de outros animais que partilham o mesmo habitat, como é o caso …

Comunidade científica critica Trump por dizer que NASA estava "morta"

Na quarta-feira, o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, afirmou no Twitter que "a NASA estava fechada e morta" até que o próprio fez com que voltasse a funcionar, afirmação que gerou consternação na …

É "bastante provável" que chegue à Europa uma Cybertruck de menores dimensões

É "bastante provável" que uma Cybertruck de menores dimensões venha a ser produzida e chegue depois ao mercado europeu, revelou Elon Musk, CEO da Tesla, empresa que produz estas pickups elétricas. Questionado na rede social …

Mais seis mortos e 131 novos casos em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal regista hoje mais seis mortos e 131 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sábado, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. O número de pessoas internadas é de 366, mais nove …

"Erro" do Instagram favoreceu conteúdo de Trump face ao de Biden

Um "erro" da rede social Instagram favoreceu durante dois meses o conteúdo gerado pela campanha de reeleição do atual Presidente norte-americano, Donald Trump, quando comparado com as publicações de Joe Biden, candidato democrata que está …

Fotografia partilhada nas redes sociais levou à suspensão de alunos nos Estados Unidos

Pelo menos dois alunos da North Paulding High School, no estado da Georgia, dizem ter sido suspensos depois de terem partilhado nas redes sociais uma fotografia na qual é possível ver um corredor da escola repleto …

Estado de Nova Iorque com mais mortes por Covid-19 do que França ou Espanha

Os Estados Unidos registaram 1.252 mortos e 63.913 infetados com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo uma contagem independente da Universidade Johns Hopkins. Os últimos números de casos e óbitos registados devido a Covid-19 …

Turistas voltam a viajar, mas optam pelo low-cost

Mesmo num contexto de pandemia mundial o desejo de ir de férias continua vivo. Os turistas voltaram a procurar voos, contudo as opções recaem em percursos de curta distância e mais económicos. Ao longo dos últimos …

Ventura anuncia recandidatura ao Chega e só sai do parlamento quando “metade daquela esquerda" sair

André Ventura anunciou esta noite a recandidatura à liderança do Chega, numa cerimónia em Leiria em que disse que só vai sair do parlamento “quando metade daquela esquerda sair”. “Estamos a fazer uma revolução democrática e …