Isabel dos Santos estará a ser investigada por fuga ao Fisco em Angola

Manuel Araújo / Lusa

Manuel Araújo / Lusa

A empresária estará a ser investigada pela justiça angolana por alegada fuga ao Fisco. Em causa estão suspeitas de que importou viaturas e material informático em nome da Cruz Vermelha de Angola, mas para utilização na sua empresa de telecomunicações.

A notícia é avançada pela agência de rádio internacional Angola Voz da América (VOA) que avança que Isabel dos Santos é suspeita de ter lesado o Estado angolano em mais de 30 milhões de dólares, cerca de 25,3 milhões de euros.

“O processo é assente em suspeitas de que a antiga administradora da Sonangol terá usado a Cruz Vermelha, que beneficia de isenção fiscal, para adquirir meios como viaturas, material informático e geradores para a sua empresa”, aponta a VOA.

Está em causa a empresa de telecomunicações de Isabel dos Santos, a Unitel. A empresária é também presidente da Cruz Vermelha de Angola (CVA), havendo suspeitas de que pode ter usado essa condição para proceder às referidas importações sem pagar impostos, aproveitando a isenção fiscal da organização.

A filha do ex-Presidente angolano já veio negar estas informações, usando o seu perfil no Twitter para falar num “artigo falso” e anunciar uma queixa-crime por “difamação” contra a VOA.

A rádio internacional refere que as alegadas compras suspeitas foram feitas entre 2009 e 2016, notando que o caso está a ser investigado pela Direcção Nacional da Polícia Económica de Angola.

A VOA aponta ainda que o jornalista e activista Rafael Marques está a seguir o caso e que considera que o mandato da empresária à frente da CVA já expirou.

“A sua saída permitiria relançar a Cruz Vermelha, com um plano de acção, tendo em conta a sua importância no apoio humanitário em várias zonas do país”, frisa o jornalista na VOA, acusando Isabel dos Santos de ter usado “o nome da CVA em benefício próprio” e de ter contribuído, assim, para “destruir a organização”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Ai só agora é que estão a dar conta que ela chegou aos “mil milhões” à custa de uma terra sagrada chamada Angola, sagrada para angolanos e portugueses, estes porque lhe deram o nome e ela porque nunca o enjeitou. Todos aqueles que roubam Angola roubam Portugal e todos quantos roubam Portugal roubam Angola também. Essa senhora só cresceu à custa de um regime autocrático, onde não tinha de prestar contas nem de pagar impostos. E não será despiciente a investigação a todos os negócios que a dita fez e faz em Portugal, sobretudo naquele aspecto de saber de onde lhe veio e vem tanto poder aquisitivo. Agora, já não são só países mas é todo planeta que exige equidade e não concentração de poder, económico ou outro. O tempo do posso, quero e mando já acabou e chegou um novo tempo que é o de distribuir recursos cada vez mais escassos por um número cada vez maior de pessoas. E isto é uma equação que não se resolve com “Isabeis Santinhas” que são, de resto, um obstáculo aos novos tempos. É preciso reeducá-la!

RESPONDER

Bolsonaro vai criar um partido "pobre, sem dinheiro, sem televisão". Quem for para lá, vai por amor

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou na quinta-feira que os parlamentares que o acompanharem na mudança para o Aliança pelo Brasil, o seu novo partido, apenas o farão por amor, já que terá poucos recursos …

"Solução razoável". Marcelo promulga já aumento do salário mínimo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai promulgar já esta sexta-feira o diploma que estabelece um aumento do salário mínimo nacional para 635 euros em 2020, que considera "uma solução razoável, a pensar …

Filósofo francês diz aos homens para violarem mulheres. "Eu violo a minha todas as noites"

O filósofo e escritor francês Alain Finkielkraut afimrou na quarta-feira, durante um programa da TF1 sobre casos de violação divulgados pelos media, que diz aos homens para violarem as suas mulheres. "Eu violo a minha …

Ex-administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da SATA

O antigo administrador da TAP Luís Rodrigues é o novo presidente da transportadora aérea açoriana SATA, informou hoje o executivo regional. "O presidente do Governo [Regional], Vasco Cordeiro, comunicou à Assembleia Legislativa o nome de Luís …

Mãe que deixou recém-nascido no caixote do lixo não quis abortar

A jovem cabo-verdiana, em prisão preventiva por suspeitas de ter abandonado o seu filho recém-nascido no lixo, teve a oportunidade de abortar, mas não quis. O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, esta quinta-feira, o pedido de …

Face Oculta. MP pede 12 anos e 10 meses para Manuel Godinho

O Ministério Público (MP) defendeu esta sexta-feira a aplicação de uma pena única de 12 anos e 10 meses de prisão para o sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, durante a audiência …

Maioria acredita que Governo vai durar quatro anos

Uma sondagem da Aximage revela que a maioria das pessoas entrevistadas acredita que António Costa vai concluir a sua legislatura, mesmo com um Governo que consideram de "estrutura exagerada". Uma sondagem da Aximage para o Jornal …

Tecnologia usada em Marte ajuda a detectar fugas de água em Gaia

Um sistema "pioneiro em Portugal" que recorre a tecnologia usada em Marte, para detectar água, está a ser utilizada pela empresa municipal Águas de Gaia, em Vila Nova de Gaia, para detectar fugas no sistema …

É segredo de Estado e custou mais de 100 milhões. "Máquina do Fisco" analisa 600 mil facturas por hora

O sistema informático que sustenta a "máquina do Fisco" já custou ao Estado mais de 100 milhões de euros e é tão secreto que nem a localização física dos servidores que o sustentam é conhecida. …

Empresário alemão investigado por suspeitas de orgias com menores em Cascais

O empresário alemão Matthias Schmelz, representante em Portugal dos aspiradores da marca Rainbow, está a ser investigado por suspeitas de lenocínio e pagar por orgias com menores na sua casa na zona de Cascais, avançou …