Investigação revela que Rússia interferiu nos referendos do Brexit e da independência da Escócia

Uma investigação da comissão de inteligência e segurança (ISC) do Parlamento britânico – completada em março de 2019 e que agora vai ser publicada – mostra que a Rússia influenciou o resultado dos referendos sobre a independência escocesa, em 2014, e sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, em 2016.

De acordo com o jornal britânico The Sunday Times, o relatório da comissão de inteligência e segurança (ISC) do Parlamento britânico mostra que a Rússia tentou interferir no referendo da indepêndencia da Escócia em 2014 e tentou influenciar a política no país nos anos seguintes, estabelecendo um escritório para a agência de notícias Sputnik, em Edimburgo, com apoio estatal.

“Não há dúvida de que existem maus atores ativos no debate escocês, especialmente online“, disse Alyn Smith, porta-voz das Relações Exteriores do Partido Nacionalista Escocês, em declarações ao Sunday Times.

O mesmo relatório mostra que Kremlin interferiu no referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia. No entanto, a investigação não é conclusiva sobre se a interferência russa teve influência no resultado do referendo, na medida em que é “impossível de quantificar” o impacto no desfecho.

Por outro lado, a proximidade de atores russos ao Partido Conservador e a Boris Johnson permitem aferir que a alegada interferência russa nos dois referendos seria em favor do desfecho que se veio a ter: a manutenção da Escócia no Reino Unido e saída da UE.

A investigação de 18 meses levanta preocupações sobre o relacionamento dos tories e de Boris Johnson com atores russos próximos do Kremlin. O empresário russo Alexander Temerko, que trabalhou para o Ministério da Defesa russo e que várias vezes falou do “amigo” Boris Johnson, doou mais de 1,4 milhões de euros aos conservadores. Já o deputado conservador Mark Pritchard recebeu uma doação de 5.500 euros de uma empresa, Aquind, com ligações a Temerko.

O relatório estava pronto para publicação em março de 2019, mas a queda do Governo de Theresa May, as eleições antecipadas e o reforço da maioria conservadora em Westminster, permitiu ao novo Executivo travar o conhecimento público do documento.

Por seu lado, Andrey Kelin, embaixador da Rússia no Reino Unido, disse, em declarações à emissora britânica BBC, que a Rússia não interfere na política doméstica de outros países. “Não interferimos em nada”, disse. “Não vemos nenhum ponto de interferência, porque, para nós, seja o Partido Conservador ou o Partido Trabalhista a liderar o país, tentaremos estabelecer melhores relações do que agora”.

O relatório surge numa altura em que o secretário de Relações Exteriores Dominic Raab revelou que “atores russos” tentaram influenciar a eleição de 2019. Além disso, o Centro Nacional de Segurança Cibernética (NCSC) do Reino Unido tem 95% de certeza que hackers apoiados pelo Kremlin estão a tentar roubar segredos dos testes de vacinas covid-19 de todo o mundo.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Um pais que não respeita a regras democraticas, que tenta influênciar resultados de eleições, referendos, pratica espionagem sobre laboratórios, sem contar com o resto, mata opositores politicos, seja em solo russo ou no estrangeiro, deveria ser excluido das principais decisões da comunidade internacional e as suas empresas afastadas de todos e quaisquer negócios internacionais, talvez assim respeitassem as regras. E ja agora o mesmo para China .

  2. Sim, estávamos melhor com a USSR. Eles não podiam andar livremente por aí e eram pobres.
    Bom, foram os espertos americanos a ganhar a guerra fria . . . uma vitoria pírrica.
    Mas estes já não fazem nada de útil há muito

RESPONDER

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …