Inspeção da Educação investiga turmas-fantasma nos colégios

Paulo Vaz Henriques / Portugal.gov.pt

A Secretária de Estado Adjunta da Educação, Alexandra Leitão, e o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues

A Secretária de Estado Adjunta da Educação, Alexandra Leitão, e o Ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues

A secretária de Estado Adjunta e da Educação, Alexandra Leitão, denunciou que a mudança no método de validação de turmas este ano letivo, que faz associar ao número de alunos o nome de cada um deles, permitiu eliminar duplas matrículas e “turmas fantasma”.

“Ainda agora, a propósito dos contratos de associação, fizemos o cruzamento de duas plataformas e verificámos que havia vários colégios com turmas validadas e que não têm lá efetivamente os alunos“, revelou a governante esta semana durante a audição regular da equipa do Ministério da Educação (ME), na comissão parlamentar de Educação, na Assembleia da República.

“Pela primeira vez, a validação de turmas não se faz carregando numa plataforma o número de turmas que as escolas querem aprovar, mas sim fazendo acompanhar as listas nominais dos alunos”, assegurou Alexandra Leitão. “Acabam-se assim as situações de turmas fantasma”, garantiu.

Tendo em conta que os colégios com contratos de associação recebem do Estado, anualmente, 80.500 euros por cada turma, a eventual formação de “turmas fantasma” pode constituir crime de burla qualificada.

Questionado pelo Correio da Manhã sobre as irregularidades detectadas pelo Ministério da Educação, o gabinete da secretária de Estado respondeu que “os casos irregulares de que o ME tem conhecimento são reportados à Inspeção-Geral de Educação e Ciência”.

Governo não tem prevista redução de turmas

A questão da redução das turmas tinha sido levantada pelo deputado social-democrata Duarte Marques, quando perguntou ao ministro Tiago Brandão Rodrigues se confirmava que o próximo ano letivo iria arrancar com menos mil turmas validadas.

Em resposta, Alexandra Leitão frisou que a validação de turmas para o próximo ano letivo é um processo em curso, que só ficará concluído no final de julho, considerando que “é abusivo” falar em redução, como fez o deputado Duarte Marques.

“Desejavelmente, até espero que haja aumento, por via dos alunos que vêm dos colégios privados”, disse a secretária de Estado.

Alexandra Leitão disse ainda que a redução apontada por Duarte Marques é “uma projeção aproximada para a redução demográfica” e que, a concretizar-se, será apenas por motivos demográficos.

“Não estamos a impor esse número na abertura de turmas”, declarou a secretária de Estado.

A secretária de Estado Adjunta e da Educação disse ainda que “é curioso” ser o PSD a falar em menos turmas nas escolas públicas, afirmando que, se “fossem para encher os colégios com contrato de associação, aí já não havia problema”.

Manuais grátis

Sobre a gratuitidade dos manuais escolares para o 1º ano do 1º ciclo, o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, confirmou o arranque da medida que vai abranger, para já, “cerca de 70 a 80 mil alunos”, incluindo os do ensino particular e cooperativo.

Tiago Brandão Rodrigues acrescentou que será competência das escolas a compra dos livros que serão entregues aos alunos abrangidos pela medida, havendo depois lugar a um ressarcimento pelas verbas gastas.

Está em estudo também o modelo de reutilização destes manuais, já a partir de 2017-2018, de forma a dar continuidade à gratuitidade dos manuais para toda a escolaridade obrigatória, uma medida que será progressivamente alargada aos restantes anos.

Sobre a universalização do pré-escolar até aos três anos de idade, em resposta a uma questão do deputado social-democrata Amadeu Albergaria, Tiago Brandão Rodrigues garantiu a aplicação da medida, até 2019, “em articulação com a rede solidária”, uma vez que a rede pública não é suficiente para dar resposta.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

"A minha militância é já longa, nunca tive padrinhos" na política, diz Miguel Pinto Luz

O candidato à liderança do Partido Social Democrata (PSD), Miguel Pinto Luz, disse que o financiamento para a campanha vem de si próprio e de outros militantes. Afirmou que não recusa apoios de quem quer …

Nu num cavalo branco e de saltos altos. Retrato de Emiliano Zapata gera indignação no México

Centenas de manifestantes invadiram o Palácio de Belas Artes do México, na passada terça-feira, por causa de um retrato do general Emiliano Zapata (1879-1919), considerado um herói revolucionário no país. A obra, pintada pelo artista …

Felipe VI designa Sánchez como candidato a formar o próximo Governo

O Rei de Espanha designou, esta quarta-feira, em Madrid, o secretário-geral do PSOE e primeiro-ministro em funções como candidato a chefe do próximo Governo, anunciou a presidente do Parlamento. "Sua majestade o Rei [...] comunicou-me a …

No Porto, há um painel publicitário que recicla tanto ar como 230 árvores

O painel publicitário da Volvo, instalado na fachada de um prédio entre a Avenida da Boavista e a Rua 5 de Outubro, no Porto, é mais do que publicidade. A tela ajuda a reciclar o …

Governo recua e deixa cair proposta sobre perda de férias em caso de baixa prolongada

O Governo recuou e deixou cair a proposta apresentada aos sindicatos que previa que os funcionários públicos mais antigos que estivessem de baixa prolongada perdessem dias de férias, disse esta quarta-feira o líder da Fesap, …

Marta Temido recusa ser "refém" de Centeno e anuncia maior concentração de Urgências até ao verão de 2020

"Eu nunca me senti refém [de Mário Centeno]. Tenho alguma dificuldade nessa leitura. Este reforço de meios também permitirá injetar mais confiança no sistema e criar respostas. Mas não considero que tenho estado refém do …

IVA da luz. Proposta do Governo foi afastada há um ano porque "não tinha enquadramento legal"

Em 2018, o Bloco de Esquerda apresentou a proposta da taxa reduzida do IVA da luz para um primeiro escalão de consumo. O Governo não fez o pedido a Bruxelas - como fez agora -, …

Nenhum dos treinadores do FC Porto ou Belenenses relatou agressões à PSP

Nem Sérgio Conceição nem Pedro Ribeiro mencionaram uma eventual agressão nas suas declarações à polícia. O treinador portista deverá ser ilibado de qualquer acusação. No domingo, os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e …

Estado não cumpre os requisitos mínimos que criou para os cuidados paliativos

A maioria das equipas de cuidados paliativos do SNS não tem cumprido os requisitos mínimos definidos pelo próprio Estado. Há uma grave falta de profissionais nesta área. Os cuidados paliativos em Portugal têm vindo a regredir …

Rússia diz que pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos

Na sequência da exclusão por quatro anos, anunciada na segunda-feira, a presidente do Parlamento russo sugeriu que o país pode organizar os seus próprios Jogos Olímpicos. A presidente do Parlamento russo, Valentina Matviyenko, afirmou que o …