Infanta Cristina absolvida, marido condenado a 6 anos de prisão

Cati Cladera / EPA

A infanta Cristina e o marido Inaki Urdangarin

A Justiça espanhola absolveu esta sexta-feira a infanta Cristina, irmã do rei espanhol, da suspeita de evasão fiscal no caso Nóos, mas condenou o seu marido a seis anos e três meses de prisão por fraude e desvio de dinheiros públicos.

Desde o início do caso, o Ministério Público espanhol recusou-se a apresentar queixa contra a infanta Cristina de Borbón, mas uma organização chamada “Mãos Limpas” avançou com o processo em que a acusava de evasão fiscal.

A infanta Cristina foi, agora, absolvida dos delitos fiscais de que era acusada pela organização mas terá de pagar uma multa de 265 mil euros. No entanto, como já tinha pago 587 mil euros em 2014, irá receber cerca de 321 mil euros.

O marido da infanta, Iñaki Urdangarin, foi condenado a seis anos e três meses de prisão por negócios fraudulentos feitos pelo Instituto Nóos que fundou e dirigiu entre 2004 e 2006. Inicialmente, o Ministério Público tinha pedido 19,5 anos de prisão para o cunhado do Rei de Espanha.

Além dos crimes fiscais, Iñaki Urdangarin foi também considerado culpado de prevaricação, tráfico de influência e crimes contra o Estado e terá de pagar uma multa de 512 mil euros.

Urdangarin é acusado de ter utilizado as suas ligações à família real para ganhar concursos públicos para organizar, entre outros, eventos desportivos, tendo em seguida desviado fundos para a Aizoon, uma empresa que ele geria em conjunto com a princesa Cristina e utilizava para financiar o seu estilo de vida luxuoso.

Devido ao escândalo do “caso Nóos”, o rei Filipe VI retirou o título de duques de Palma à infanta Cristina e ao marido em junho de 2015.

Infanta Cristina vai mudar-se para Portugal

Diz o jornal El País que a infanta Cristina vai-se mudar já esta sexta-feira para Portugal. Depois de três anos a viver em Genebra, na Suíça, e após ter estado esta semana em Barcelona, a filha mais nova dos reis eméritos Juan Carlos e Sofia, vem aí uma nova morada.

De acordo com aquela publicação, há muito que estava decidido que, caso a sentença fosse desfavorável para Urdangarin mas não para a infanta, e mal termine o ano letivo, esta e os quatros filhos deixarão Genebra e rumarão ao nosso país.

Uma hipótese que já havia sido avançada no ano passado estava relacionada com o facto de a Fundação Aga Khan, para a qual a infanta Cristina poderá trabalhar, ter comprado o Palácio Henrique Mendonça, no Bairro da Lapa, Lisboa. Com esta mudança, a infanta fica também mais perto do marido, que irá para a cadeia.

ZAP // Move / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A Infanta vem para cá tirar a especialização.
    Posso recomendar uma boa instituição em São Bento, embora republicana tem tido excelentes resultados !

RESPONDER

Passos Coelho ataca falhas de Costa (e revela que segurou Maria Luís)

O antigo primeiro-ministro Passos Coelho esteve na apresentação do livro de Carlos Moedas no El Corte Inglés, onde aproveitou para criticar António Costa. Passos preferiu falar do passado, lembrando o momento em que esteve perto …

Derrocada em Borba. MP acusa oito arguidos de homicídio e violação de regras de segurança

A acusação contra oito arguidos envolvidos na derrocada da pedreira de Borba, em novembro de 2018, já foi deduzida pelo Ministério Público (MP). A informação foi divulgada, esta quarta-feira, pelo Departamento de Investigação e Ação …

Salários mais baixos da Função Pública sobem 10 euros. Férias não aumentam

Esta quarta-feira, o Governo revelou à Frente Comum que os salários mais baixos da Função Pública vão subir 10 euros, em vez de sete. Em relação aos dias de férias, não há abertura. O Jornal de …

Costa não é Alice no País das Maravilhas, mas levou os "óculos cor-de-rosa" ao debate quinzenal

No primeiro debate quinzenal do ano, António Costa lembrou, um a um, os números da economia do último ano. O episódio que tem manchado as primeiras páginas dos jornais desta semana também marcou presença, ainda …

Os dinossauros tinham sangue quente ou frio? A resposta está escondida nas cascas dos seus ovos

Um dos grandes e antigos mistérios do estudo dos dinossauros é a questão sobre se o seu sangue era quente ou frio. A resposta for encontrada escondida nas cascas dos seus ovos. Tradicionalmente, acreditava-se que os …

Eureka. Trabalhadores foram despedidos e fábrica fechou, mas estão a apresentar nova marca em Milão

A empresa responsável pela marca Eureka Shoes, que fechou as lojas e a fábrica, e despediu 150 trabalhadores em Portugal, está agora a apresentar uma nova marca em Milão. No mês passado, a empresa de calçado …

Tribunal de Contas critica modelo de financiamento do Ensino Superior (e diz que Governo não cumpriu lei de bases)

No seguimento de uma auditoria ao método de financiamento do ensino superior, para o Tribunal de Contas (TdC), entre 2016 e 2018, o modelo de financiamento concretizado pelo governo não cumpriu o estipulado na Lei …

Cientistas encontram no Ébola um aliado inesperado contra os tumores cerebrais

Cientistas encontraram um gene do vírus do Ébola que mostrou ser útil no combate contra os glioblastomas, que são tumores cerebrais que reaparecem após serem eliminados. O gliobastoma é um tumor que cresce e espalha-se depressa …

Estivadores do Porto de Lisboa iniciam greve de três semanas

Os estivadores do Porto de Lisboa iniciam, esta quarta-feira, uma greve de três semanas em protesto contra os salários em atraso e incumprimento dos acordos celebrados por parte da Associação de Empresas de Trabalho Portuário …

Michael Vang. Passou despercebido por Portugal, mas carrega os sonhos de toda uma etnia

Michael Vang é dos pouquíssimos jogadores de origem Hmong a jogar futebol profissionalmente. Agora nos Estados Unidos, o jovem teve uma passagem apagada por Portugal. Os Hmong são um grupo étnico asiático originário das regiões montanhosas …