Índia regista o dia mais mortal de sempre: 4.529 mortes por covid-19

Divyakant Solanki / EPA

A Índia ultrapassou pela primeira vez as 4.500 mortes por covid-19 num só dia, com 4.529 óbitos registados nas últimas 24 horas, além de 267.334 novos casos, segundo dados do Ministério da Saúde indiano.

Apesar do declínio gradual do número de infeções nos últimos dias, depois de atingir mais de 400 mil contágios diários, há duas semanas, as mortes provocadas pelo novo coronavírus continuam a aumentar, registando recordes diários pelo segundo dia consecutivo.

Com 283.248 óbitos desde o início da pandemia, a Índia é o terceiro país com mais mortes provocadas pelo novo coronavírus, a seguir aos Estados Unidos e Brasil.

O país é o segundo no mundo com mais casos, depois dos Estados Unidos, com mais de 25,4 milhões de infeções acumuladas, de acordo com dados da Universidade norte-americana Johns Hopkins.

Especialistas alertaram, no entanto, que os números oficiais poderão estar subavaliados, devido à falta de testes e à crescente propagação do novo coronavírus nas zonas rurais, onde a cobertura sanitária é menor.

A braços com uma segunda vaga com um impacto sem precedentes no sistema de saúde, com falta de oxigénio e de camas, a Índia tem atualmente mais de 3,2 milhões de casos ativos.

A campanha de vacinação está a decorrer de forma lenta, com vários estados a criticarem as limitações no fornecimento das vacinas, apesar de o governo ter aberto a 1 de maio o programa a todos os cidadãos com mais de 18 anos de idade.

O total de vacinas administradas ronda os 185,8 milhões, de acordo com os dados atualizados diariamente pelo Ministério da Saúde indiano, aquém do objetivo anunciado de vacinar 300 milhões de pessoas até julho.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.391.849 mortos no mundo, resultantes de mais de 163,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Hospitalizações em França continuam a diminuir

Por sua vez, o número de infetados com Covid-19 hospitalizados em França continua a diminuir, fixando-se esta terça-feira nos 22.058 pacientes, menos 691 do que na véspera, o mesmo sucedendo nos internamentos em unidades de cuidados intensivos, que baixou para 4.015 (menos 171).

Segundo as autoridades sanitárias francesas, esta terça-feira, na véspera do dia previsto para a reabertura dos bares, restaurantes, estabelecimentos comerciais e museus no país, foram contabilizados 17.210 novos casos do novo coronavírus, número que também tem mantido uma tendência de baixa nos últimos dias.

Também nas últimas 24 horas foram contabilizados 228 mortes, com o total de óbitos provocados pela pandemia no país a chegar a 108.040.

Em França, referem as autoridades sanitárias locais, cerca de 21 milhões e pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19, enquanto 9,1 milhões foram inoculadas com a segunda dose.

Depois de mais de sete meses de encerramentos prolongados, em especial os bares, restaurantes, museus, salas de cinema e outros locais públicos, os franceses poderão regressar quarta-feira às esplanadas e a centros culturais.

O Governo francês indicou que a reabertura será progressiva e definitiva, confiando numa aceleração da campanha de vacinação que permita deixar para trás a pandemia.

  ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Domingo invulgar: 17 grandes jogos para ver, em poucas horas

A ementa começa em França, ao meio-dia, e acaba no Chile, já depois das oito da noite. Não estamos perto do Carnaval mas vem aí um "domingo gordo" no futebol. Vários jogos grandes, uns mais mediáticos …

Sporting 1-0 Moreirense | Capitão Coates embala leão

O Sporting igualou hoje o FC Porto na liderança provisória da I Liga portuguesa de futebol, ao vencer em casa o Moreirense, por 1-0, em jogo da nona jornada. O capitão Sebastián Coates marcou, aos …

Relatório médico indica que jovem chinês morreu após beber uma garrafa de Coca-Cola em dez minutos

Um homem chinês morreu depois de beber uma garrafa de 1,5 litros de Coca-Cola em dez minutos, informaram os médicos num relatório. O jovem de 22 anos, que não tinha doenças subjacentes, dirigiu às urgências do …

Universidade no Reino Unido tem arquivo de "casas assombradas"

A Universidade de Sheffield, no Reino Unido, tem um arquivo aberto ao público com quase 80 mil fotografias de "casas assombradas" de várias feiras populares. Para muitos, o medo é parte integrante da experiência de uma …

J&J acusada de usar manobra para impedir processos judiciais relativos à venda de pó de talco com propriedades cancerígenas

A Johnson & Johnson está a ser criticada por usar uma manobra para impedir cerca de 38 mil processos judiciais que alegam que o famoso baby powder da marca causa cancro. De acordo com a NPR, …

Tondela 1-3 FC Porto | Hat-trick de Taremi castiga insolência beirã

O iraniano Mehdi Taremi foi a grande figura da vitória do FC Porto em casa do Tondela, por 3-1. Os homens da casa marcaram primeiro, mas cedo se viram reduzidos a dez elementos e tiveram …

Chamam-lhe "Lady Trump". A candidata a governadora do Nevada que está a gerar polémica

Conhecida como "Lady Trump", Michele Fiore anunciou a sua candidatura a governadora do estado do Nevada em estilo, gerando polémica nos Estados Unidos. Michele Fiore, vereadora de Las Vegas, anunciou esta terça-feira a sua candidatura a …

Benfica abre inquérito a envolvimento de colaboradores em negócio de ações da SAD

O Benfica abriu um inquérito interno para averiguar o possível envolvimento de dois colaboradores num eventual negócio de transação de ações da SAD ‘encarnada’, informou hoje o clube, em comunicado. “Tendo em conta as recentes notícias …

Um hipopótamo na água

Tribunal norte-americano reconhece hipopótamos de Pablo Escobar como pessoas jurídicas

O grupo de hipopótamos, mais uma parte do legado deixado na Colômbia por Pablo Escobar, recebeu o estatuto de "pessoas jurídicas". Um tribunal federal dos Estados Unidos defendeu que os descendentes dos hipopótamos do barão da …

Mais rapidez e menos ruído. E-bikes permitem que militares em ação passem despercebidos

Os soldados do Regimento de Cavalaria da Infantaria Montada de Queensland, na Austrália, estão a testar e-bikes para perceber se o veículo poderá ser uma opção válida para operações no terreno. Passar despercebido no terreno é …