Imposto sobre Veículos. Fisco perde batalha no Constitucional

Os juízes não dão razão à Autoridade Tributária e Aduaneira. O contribuinte que viu em tribunal ser-lhe reconhecido o direito à devolução de parte do Imposto sobre Veículos (ISV) vai mesmo receber o dinheiro.

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) recorreu da decisão para o Tribunal Constitucional (TC), mas os representantes do Fisco não foram capazes de sustentar o recurso quando foram chamados a explicar por que alegam que a condenação viola a Constituição.

Dada esta ausência de explicações, não consideraram que a sentença arbitral viole o normativo constitucional. Segundo o Público, a AT acabou por não recorrer dentro do prazo para a conferência do TC, o que significa que a condenação transitou agora em julgado.

“A AT podia ainda ter requerido a intervenção da conferência do TC, por forma a que o processo fosse apreciado por mais juízes, na medida em que a primeira foi uma decisão singular, mas todos os prazos já passaram sem que o tenha feito”, explicou ao Negócios o advogado Paulo Carido, que representou em tribunal o contribuinte contra o Fisco.

Em causa está a forma como o Fisco faz o cálculo do Imposto sobre Veículos (ISV) a aplicar aos automóveis usados importados. O imposto tem duas componentes: uma de cilindrada e outra componente ambiental. Pela lei portuguesa, a redução em função da idade só tem reflexos na componente de cilindrada, ficando de fora na parte da componente ambiental.

Ora, esta diferença reflete-se no preço final, que dispara muito para cima do efetivo valor do mercado, desincentivando a importação. Os importadores reclamaram, tendo um deles ido para tribunal, ganhando na arbitragem pela primeira vez um processo sobre esta questão. Depois disso, outros três processos tiveram o mesmo desfecho.

A AT não se conformou e recorreu ao Constitucional, com o Fisco a pedir aos juízes que avaliassem se o tribunal arbitral podia ou não considerar ilegal a lei portuguesa por violação dos tratados comunitários.

Nem a Autoridade Tributária nem o contribuinte invocaram qualquer inconstitucionalidade nas peças (alegando-se apenas uma violação dos tratados europeus), pelo que já era espectável que o recurso fosse recusado. Tal acabou mesmo por acontecer.

Segundo o diário económico, as decisões arbitrais conhecidas até agora foram sempre idênticas. O tribunal arbitral considerou que a lei portuguesa era discriminatória ao dar um tratamento diferente aos carros importados de outros estados-membros e que, como tal, violava os tratados europeus, devendo então o Fisco devolver o imposto cobrado a mais.

Esta interpretação é semelhante à da Comissão Europeia, que em janeiro do ano passado abriu um procedimento de infração a Portugal e que, este mês de fevereiro, anunciou que, perante a opção do Governo de não alterar a lei, vai levar o caso ao Tribunal de Justiça.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Novas restrições serão circunscritas a territórios. Rui Moreira vai aguardar pelo Conselho de Ministros

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde defendeu esta quinta-feira que as novas restrições para combater a pandemia no país serão a nível territorial e mais circunscritas, num modelo que ainda terá que ser …

Portugal sai da "lista negra" da Suíça de países com chegadas condicionadas

As autoridades federais suíças decidiram esta quarta-feira levantar as restrições à entrada de pessoas provenientes da maior parte de países e regiões que estavam na sua lista negra, incluindo Portugal. Os nacionais ou viajantes provenientes desses …

Estudo sugere que os macacos podem ter-se domesticado como os humanos

Um novo estudo sugere que os macacos, tal como os humanos, podem envolver-se no processo de auto-domesticação, alterando o curso da sua própria evolução e fisiologia através da forma como se comportam uns com os …

A estrela morta que emitiu ondas de rádio no interior da Via Láctea voltou a fazê-lo

O magnetar SGR 1935+2154, que em abril emitiu a primeira explosão de rádio conhecida de dentro da Via Láctea, explodiu mais uma vez. A pequena estrela morta responsável pela primeira deteção de explosões rápidas de rádio …

"Asteróide do caos". Novos dados confirmam que Apophis pode impactar com a Terra em 2068

Um astrónomo do Instituto de Astronomia da Universidade do Havai revelou novas descobertas críticas relacionadas com um grande asteróide que deverá passar muito perto da Terra. Dave Tholen e os seus colaboradores anunciaram a deteção da …

Luís Filipe Vieira reeleito com 62,59% dos votos

Luís Filipe Vieira foi reeleito para um sexto mandato como presidente do SL Benfica, com 62,59% dos votos dos sócios. Vieira está à frente do emblema da Luz desde 2003. Nem a pandemia travou os sócios …

Sporting 3-1 Gil Vicente | “Pote” de ouro na recta final

Sofrimento e alívio. O Sporting esteve a perder em casa por 1-0 com o Gil Vicente até aos 82 minutos, mas deu a volta ao marcador num curto espaço de tempo, acabando por fixar o …

Descoberto na Austrália recife de coral mais alto do que o Empire State Building

Um novo recife "maciço" de 500 metros foi descoberto na Grande Barreira de Corais da Austrália, tornando-o mais alto do que alguns dos arranha-céus mais altos do mundo. Os cientistas encontraram o recife separado - o …

Encontrados restos de ossos e madeira em pregos que terão sido usados na crucificação de Jesus

Um geólogo israelita analisou pregos supostamente associados à crucificação de Jesus Cristo e descobriu que os objetos contêm traços de osso e madeira. Em 1990, durante a escavação em Jerusalém do túmulo de Caifás, o sumo …

Oreo construiu um "Cofre do Apocalipse" para proteger as suas famosas bolachas

Depois do Svalbard Global Seed Vault, que guarda mais de um milhão de amostras de sementes num bunker, e o Arctic World Archive, que preserva os dados do mundo de hoje, a Oreo criou um "Cofre do …