Implante cerebral devolve movimentos (e sensação de tato) a um tetraplégico

Descontente com o seu progresso de reabilitação após um acidente que o deixou com uma lesão medular grave, Ian Burkhart decidiu, em 2014, participar num estudo que poderia mudar a sua vida.

Um passo de cada vez, os investigadores envolvidos no NeuroLife têm ajudado Burkhart a recuperar lentamente o controlo da mão direita. Ao vincular diretamente a área do córtex motor do cérebro de Burkhart aos músculos do membro paralisado, a tecnologia permitiu-lhe usar um cartão de crédito, pegar numa caneca e até jogar Guitar Hero.

No entanto, ainda faltava algo: a sensação de tato. Agora, graças ao trabalho de investigadores da Battelle e da Wexner Medical Center da Universidade de Ohio, Burkhart, agora com 28 anos, conseguiu sentir a sensação de tato mais uma vez.

“Até agora, às vezes, Ian sentia que a sua mão era estrangeira devido à falta de feedback sensorial”, disse Patrick Ganzer, principal cientista da Battelle, em comunicado. “Ele também tem problemas em controlar a mão, a menos que esteja a observar os seus movimentos de perto. Isso requer muita concentração e torna tarefas simples como beber um refrigerante enquanto se vê televisão quase impossível”.

Quando a mão de Burkhart é estimulada, pequenos sinais ainda atingem o seu cérebro, apesar de serem essencialmente bloqueados pela sua medula espinhal severamente danificada. No entanto, esses sinais são demasiado pequenos para o seu cérebro responder.

Os sinais podem ser detetados por um computador ligado ao cérebro, treinado para reconhecê-los. Por sua vez, o computador aciona o feedback háptico através de uma faixa vestível de motores vibracionais colocados na pele que Burkhart consegue sentir.

“Estamos a pegar em eventos de toque subpercetivos e a levá-los à perceção consciente”, explicou Ganzer. “Quando fizemos isso, vimos várias melhorias funcionais. Foi um grande momento quando restauramos a sensação de tato do participante”.

De acordo com o estudo publicado na revista científica Cell, o procedimento restaurou simultaneamente algum movimento na mão de Burkhart. Isso significa que, no futuro, Burkhart poderá pegar um objeto sem vê-lo, controlar vários dispositivos ao mesmo tempo e até sentir que pressão usar ao manipular um objeto.

“A sensação de tato é fundamental para o controlo apropriado dos movimentos”, disse Ganzer, em declarações ao IFLScience. “Mesmo pequenas interrupções na capacidade de toque podem ter um imenso impacto na capacidade de movimento.”

Enquanto a equipa continua a trabalhar num dispositivo mais portátil, Burkhart está satisfeito com este avanço, que lhe permitiu sentir o toque com quase 100% de precisão.

“Essa restauração do toque melhorou as minhas capacidades quando estou a usar o sistema”, disse Burkhart ao IFLScience. “No entanto, ainda está num laboratório apenas e estou ansioso pelo dia em que possamos mudar de um projeto de pesquisa para um produto de consumo que possa beneficiar a vida de muitas mais pessoas com paralisia.”

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …

A Alemanha quer tornar o teletrabalho um direito legal

O Governo alemão prepara-se para publicar um projeto de lei que dará aos trabalhadores do país o direito legar de trabalhar a partir de casa. A medida aplicar-se-á a todos as atividades laborais que possam …

Novo surto em lar de Beja e 90 alunos em isolamento em Famalicão

Um surto de covid-19 identificado no Lar de Idosos do Centro Paroquial e Social do Salvador, em Beja, já infetou 31 pessoas, sendo 24 utentes e sete funcionários, divulgou a Unidade Local de Saúde do …