Impeachment. Trump absolvido da acusação de “incitamento à insurreição”

O antigo Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi absolvido este sábado da acusação de “incitamento à insurreição” no julgamento de impeachment de que foi alvo após o ataque ao Capitólio no passado dia 6 de janeiro.

De acordo com o Financial Times, Donald Trump foi absolvido de incitar uma insurreição no ataque ao Capitólio dos Estados Unidos.

Depois de um julgamento de seis dias, o Senado votou 57 a favor e 43 contra este sábado sobre se Trump era culpado de incitar uma insurreição. Sete republicanos juntaram-se a todos os democratas na votação para condenar o presidente.

Porém, Trump só seria condenado se dois terços dos senadores — 67 dos 100 — votasseem nesse sentido – o que não aconteceu.

Os democratas esperavam condenar o ex-presidente e realizar uma votação por maioria simples para impedi-lo de ocupar um futuro cargo público. Trump não descartou a candidatura à presidência novamente em 2024.

No entanto, com a absolvição de Donald Trump, o Senado não pôde prosseguir para a votação subsequente que, com uma maioria simples, poderia impedi-lo de se voltar a candidatar à Presidência.

A absolvição de Trump era esperada, uma vez que apenas seis dos 50 senadores republicanos votaram a favor de uma moção que afirmava que Trump ainda poderia ser julgado, embora já não estivesse no cargo.

Os republicanos que votaram a favor da condenação de Trump foram Richard Burr, Bill Cassidy, Susan Collins, Lisa Murkowski, Ben Sasse, Mitt Romney e Pat Toomey.

“O movimento histórico, patriótico e belo só começou”

O antigo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, banido do Twitter, já fez sair um comunicado com a sua reação à absolvição. “Esta foi mais uma fase da maior caça às bruxas da história do nosso País. Nenhum presidente jamais passou por algo semelhante”, escreveu Trump. “O nosso movimento histórico, patriótico e belo ainda só começou”.

O Senado norte-americano aprovou com os votos dos senadores democratas e de alguns republicanos, a continuação do processo judicial de destituição do ex-Presidente.

Trump é o primeiro Presidente dos Estados Unidos a ser sujeito duas vezes a um processo de destituição no mesmo mandato e o único a ser julgado politicamente depois de já ter abandonado o cargo.

O primeiro impeachment foi aprovado pela Câmara dos Representantes, em dezembro de 2019, por abuso de poder e obstrução do Congresso, ao ter pressionado a Ucrânia a lançar uma investigação contra Joe Biden, agora Presidente, e o seu filho Hunter. O Senado acabou por absolver Trump em fevereiro do ano passado.

Maria Campos Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

    • O quê?! Infundadas? Não viu e ouviu as declarações que deram o “mote” para aquilo que aconteceu? Infundadas? Em que mundo vive?

      O que aconteceu foi que muitos senadores disseram que sim á descupabilização da morte de cinco pessoas, destruição de bens, invasão a uma propriedade “sagrada” e uma mancha na democracia. Esses senadores são tão criminosos como o Trump. Nos EUA o crime compensa.

    • Hahahaaaaa… infundada é a tua inteligência!…
      Acusações completamente fundadas e que levaram a maioria a condenar Trump!!
      Até o líder dos republicanos confirmou que o Trump é, sem qualquer duvida, o culpado moral pelo que aconteceu no Capitólio!!
      Não fosse a politiquice e a necessidade dos 2/3…

  1. Mais uma vez está comprovado, que quem dirige a Politica Mundial são um punhado de “poderosos” que com as astronómicas fortunas, podem tudo comprar. Não haverá Democracias que resistam a corrupção, vigarices de alta escala, impunidades e chantagens !

RESPONDER

Ninguém sabe do paradeiro dos Evangelhos Garima, um dos maiores tesouros do mundo cristão

Depois de terem sobrevivido a 1.500 anos de história num mosteiro remoto, os Evangelhos Garima enfrentam agora a sua ameaça mais grave. Um dos maiores tesouros do mundo cristão, guardado durante mais de 1.500 anos no …

"Estou preocupado". Ex-piloto da Marinha dos EUA diz que via OVNIs "todos os dias"

Um antigo piloto da Marinha dos Estados Unidos diz que, durante anos, viu Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) "todos os dias". Depois de anos a ignorar a questão, uma task force do Pentágono prepara-se para revelar …

Peru está a investigar se a lixívia pode curar a covid-19

O congresso do Peru votou para investigar se beber ou injetar uma lixívia industrial poderia curar a covid-19. A moção foi aprovada com 49 votos a favor e 39 votos contra. Está a ser criado um …

Há vestígios de ouro nesta imagem de satélite

As operações de mineração num dos maiores depósitos de ouro da Rússia, em Aldan, incluem um método que deixa rastos na paisagem. E são visíveis do Espaço. A imagem de satélite, tirada em setembro de 2019, …

Dezenas de corpos de vítimas de covid-19 encontrados nas margens do rio Ganges

Ciclone Tauktae faz pelo menos 33 mortos na Índia (e paralisa vacinação contra covid-19)

Pelo menos 33 pessoas morreram e quase cem estão desaparecidas na Índia, devido ao impacto do ciclone Tauktae, esta terça-feira. O país também registou o maior número de mortes diárias provocadas pela covid-19. Centenas de milhares …

Cientistas criam dispositivos de testagem que produzem resultados em tempo recorde

Cientistas criaram dispositivos que permitem detetar infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 num segundo ou em menos de 30 minutos, conforme a técnica usada, revelam dois estudos distintos divulgados esta terça-feira na imprensa da especialidade. Investigadores das …

CP está a vender bilhetes com 80% de desconto

A CP tem uma nova campanha, que entra em vigor esta terça-feira, através da qual disponibiliza cerca de 17.920 viagens com descontos até 80% nos comboios intercidades. De acordo com o jornal Público, os bilhetes abrangidos …

Mais de 40 pessoas, quase todas crianças, no hospital de Beja com vómitos

Um total de 35 crianças e seis adultos oriundos de diversas escolas do concelho de Beja deram esta terça-feira entrada no Hospital José Joaquim Fernandes, naquela cidade alentejana. A notícia foi avançada por fonte hospitalar, que …

Novo Banco. "Não era um banco bom, foi preciso fazer dele um bom banco", diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, afirmou esta terça-feira que o Novo Banco “não era um banco bom” e “foi preciso fazer dele um bom banco”, recordando o “legado do BES” que marca …

Ensino superior com vagas especiais para lusodescendentes

O Governo alargou o contingente especial de acesso ao ensino superior dirigido a emigrantes e seus familiares permitindo que, no próximo ano letivo, se possam candidatar todos os lusodescendentes, de nacionalidade portuguesa e residentes no …