Jornal russo avança nome do espião que Estados Unidos terão extraído da Rússia

Heikki Saukkomaa / Lehtikuva Handout / EPA

O Presidente dos EUA, Donald Trump, e o seu homólogo russo, Vladimir Putin

O espião terá sido “resgatado” pelos norte-americanos, em 2017, quando temiam que a sua vida estivesse em perigo. Rússia diz que é tudo ficção.

O espião ao serviço dos Estados Unidos que poderá ter sido “resgatado” da Rússia pela CIA, por receios de que fosse descoberto pelos serviços secretos russos, chama-se Oleg Smolenkov.

Segundo o jornal russo Kommersant, Oleg Smolenkov trabalhou no Governo de Vladimir Putin ao serviço de Yury Ushakov, quando este era embaixador russo nos Estados Unidos.

O Diário de Notícias avança que o Kremlin já reagiu, através do porta-voz Dmitry Peskov, dizendo que é tudo ficção. Ainda assim, confirmou que Smolenkov já trabalhou para o Governo russo, mas acabou por ser despedido.

Depois de a CNN ter avançado que os Estados Unidos resgataram Smolenkov quando temiam que a sua segurança estivesse em risco, a imprensa russa adicionou novos dados a esta história: o Kommersant conta que o espião desapareceu, juntamente com a mulher e os três filhos, quando passava férias em Montenegro. Os russos investigaram e acabaram por descobrir que a família vivia nos Estados Unidos, perto de Washington.

Tanto Dmitry Peskov como Serguey Lavrov, ministro dos Negócios Estrangeiros russo, negam ter conhecimento de qualquer situação relacionada com espionagem. Aliás, Lavrov disse mesmo nunca ter ouvido falar no nome de Smolenkov enquanto o porta-voz do Kremlin reforçava que o russo trabalhou no Governo e que foi dispensado “há vários anos”.

A CIA também já desmentiu a informação, negando ter retirado qualquer espião da Rússia. O The New York Times avança que Smolenkov terá trabalhado para os norte-americanos durante muitos anos e que foi uma figura importante para que as autoridades de Washington concluíssem que a Rússia tinha, de facto, interferido nas últimas eleições presidenciais dos EUA.

Aliás, terá sido mesmo nessa a altura que a CIA temeu pela vida do espião. Smolenkov terá recusado ajuda e houve mesmo receio de que fosse um agente duplo. No entanto, em 2017, a recolocação do russo e da sua família nos Estados terá desfeito as dúvidas.

De acordo com o Diário de Notícias, a identidade do espião ou o novo local onde vive não foram confirmados por nenhuma autoridade nem foram revelados pela CNN.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Polaris Slingshot chega ao mercado com um sistema de transmissão inovador

A nova versão do Polaris Slingshot vem equipado com um sistema de transmissão que mescla a condução do manual com o conforto do automático. Para quem não conhece o Polaris Slingshot, apresentado pela primeira vez em …

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …

Paulo Gomes é o novo presidente do Vitória de Setúbal

O ex-vice-presidente, líder da lista D, foi eleito presidente do Vitória de Setúbal para o mandato 2020-2023, com um total de 875 votos. Paulo Gomes, de 50 anos, foi o mais votado das cinco listas candidatas, …

O mercado online de leite materno está a crescer (mas pode ser mau para os bebés)

https://vimeo.com/385229063 Para os pais que querem que o seu filho beba leite materno, mas que não conseguem produzi-lo, a possibilidade de o poder comprar na Internet pode parecer uma boa solução. No entanto, este mercado não …

Regina Duarte convidada para suceder a secretário da Cultura demitido

A atriz brasileira confirmou, na sexta-feira, ter sido convidada pelo Presidente do país para liderar a Secretaria da Cultura do Governo, após a exoneração de Roberto Alvim por ter parafraseado um discurso nazi. "É isso, recebi …

Universidade de Harvard quer criar 127 novos estados nos EUA

A Harvard Law Journal, da Universidade de Harvard, publicou um plano ousado - mas, segundo os autores, completamente constitucional - para salvar a democracia: criar 127 novos e minúsculos estados. Atualmente, todos os estados dos Estados …