Idade é o maior factor de risco para se ser internado ou morrer de covid-19

Alejandro Garcia / EPA

As pessoas com idades entre os 70 e os 79 anos infetadas pelo novo coronavírus têm uma probabilidade de ser internadas em cuidados intensivos 10,4 vezes superior à de uma pessoa até aos 50 anos.

Os resultados são do Barómetro covid-19, um projeto da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), e foram recentemente publicados na Medrxiv.

A idade é o maior fator de risco para que uma pessoa infetada com o vírus covid-19 venha a ter doença grave, necessite de internamento, de cuidados intensivos ou venha a morrer, quando separamos o efeito da idade e das comorbilidades”, afirmam.

Segundo o estudo esta segunda-feira divulgado, o risco sobe de forma mais acentuada para as pessoas com mais de 60 anos e especialmente após os 70.

“As pessoas com 70 a 79 anos que são infetadas por covid-19 têm uma probabilidade de ser internadas numa unidade de cuidados intensivos que é 10,4 vezes superior à de uma pessoa com 0 a 50 anos”, sublinham os investigadores.

No caso de o doente ter 80/89 anos a probabilidade de necessitar de internamento num hospital é 5,7 vezes maior do que se tiver menos de 50 anos. “Entre os 0 e os 50 anos, 5,1% dos casos foram internados, 0,26% foram admitidos em cuidado intensivos e 0,04% morreram”, refere o estudo intitulado “Qual é o risco de ter doença grave, de ser internado, de precisar de cuidados intensivos ou de vir a morrer por covid-19?”.

Após isolar o impacto da idade, o risco de morte pelo coronavírus, que provoca a doença covid-19, é 112 vezes maior entre os 70 e os 79 anos do que o risco daqueles que têm até 50 anos. Até aos 50 anos morreram quatro pessoas em 9.675 casos reportados (0,04%), entre os 70-79 morreram 6,4% e nos com mais de 80 morreram 12,85%.

Casos ligeiros e assintomáticos de fora do estudo

A ENSP ressalva que “estes valores não têm em consideração o número de casos ligeiros e assintomáticos que não terão sido detetados, pelo que os riscos apresentados podem estar sobrestimados, especialmente em faixas etárias em que possa existir maior percentagem de casos ligeiros e assintomáticos”.

O facto de a pessoa infetada ter outras doenças aumenta o risco de necessitar de internamento, cuidados intensivos ou vir a morrer da infeção, mas as comorbilidades isoladamente têm riscos bastante inferiores ao da idade avançada.

Segundo os investigadores, as deficiências imunitárias, as doenças cardíacas, renais e pulmonares, e as neurológicas são fatores de risco, independentemente da idade do doente.  “As pessoas com imunodeficiência têm probabilidade 1,8 maior de precisarem de internamento, os doentes cardíacos têm uma probabilidade 4 vezes maior de necessitar de cuidados intensivos e os doentes renais têm uma probabilidade de morrer que é 3 vezes superior à dos outros doentes com covid-19 e que não têm qualquer comorbilidade”.

“A asma não se apresentou como fator de risco relevante para nenhum desfecho nos dados analisados e, em outros estudos, poderá ser fator de risco apenas se grave ou descompensada”, acrescentam

Isoladamente e em idades menos avançadas, a diabetes, doença hepática e hematológica parecem ser fatores de risco menos importantes para a morte, após ajustamento para a idade. O cancro, a doenças hepáticas, hematológicas e neurológicas têm associações mais fracas ao internamento em cuidados intensivos, refere o estudo, acrescentando que os homens têm formas mais graves de covid-19 do que as mulheres.

Os resultados sugerem que a estratégia de controle da covid-19 deve assentar na tentativa de reduzir os casos graves e os óbitos. “Será importante reforçar medidas que evitem que o vírus infete as pessoas com mais de 70 anos”, como “a vigilância epidemiológica apertada de centros de dia, lares e outras unidades de cuidados continuados” como tem sido promovida nas últimas semanas.

Este estudo analisou dados da DGS referentes a cerca de 20.000 casos confirmados até 28 de abril.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Paços 3-2 Porto | “Castor” épico tomba “dragão” com pés de pau

Surpresa na Capital do Móvel. O campeão nacional FC Porto foi a Paços de Ferreira averbar a segunda derrota nesta Liga NOS, saindo com um resultado desfavorável de 3-2. Num terreno tradicionalmente difícil – os “dragões” …

Teoria da Relatividade de Einstein observada em estrelas distantes

O que é que Albert Einstein, o GPS e um par de estrelas a 29.000 anos-luz da Terra têm em comum? A resposta é um efeito da Teoria Geral da Relatividade de Einstein chamado "desvio gravitacional …

Encontrada possível localização do gigante Snow Cruiser. Está perdido na Antártida há 60 anos

O Snow Cruiser era um veículo de exploração enorme enviado ao Pólo Sul em 1939 que ficou preso após desembarcar na Antártida e foi abandonado alguns anos depois. Redescoberto sob vários metros de neve e gelo …

Mbappé tem uma "mancha" na Liga dos Campeões

Números invulgares do avançado do PSG, que em 2020 ainda não marcou qualquer golo no torneio europeu. Pires e Rami falaram sobre o seu futuro. Kylian Mbappé. Visto por muita gente como o melhor avançado do …

Administração de Nixon recebeu um Nobel por um cessar-fogo que não existiu

O prémio Nobel da Paz foi atribuído em 1973 ao secretário de Estado da Administração de Richard Nixon, e seu assessor de segurança nacional, Henry Kissinger, e ao político vietnamita Le Duc Tho. As duas personalidades foram …

Cidade usa satélite para medir poluição luminosa (e os candeeiros de rua não são o maior problema)

As cidades do mundo desperdiçam uma grande quantidade de eletricidade - e dinheiro - ao deixar ligadas luzes brilhantes durante a noite toda. Porém, os candeeiros de rua não são os maiores culpados. Uma experiência de …

Prevenir uma futura pandemia pode estar dependente de apenas três medidas (e podem ser aplicadas já)

Até 70% das doenças infecciosas que surgiram nos humanos nos últimos 30 anos tiveram origem em animais e foram causadas por patogénicos originados em animais domésticos ou selvagens. Agora, um relatório lança aos princípios básicos …

"Não se torne um fantasma real". Coreia do Sul teme aumento de casos devido ao Halloween

A Coreia do Sul teme que as festividades do Halloween levem a um aumento de casos de covid-19 no país. Assim, para evitar que tal aconteça, investiram numa campanha de informação pública para apelar aos …

Trump Jr. diz que as mortes por covid-19 se reduziram a "quase nada". Têm morrido 1.000 pessoas por dia

Donald Trump Jr., o filho mais velho do Presidente norte-americano, afirmou esta quinta-feira que a taxa de mortalidade por covid-19 caiu para "quase nada nos Estados Unidos", num dia em que o país registou quase …

Agentes russos terão oferecido a ajuda de 10 mil soldados aos separatistas catalães

Alegados agentes russos terão oferecido à Catalunha a ajuda de 10 mil soldados durante a sua tentativa de independência da Espanha, em 2017, relataram na quarta-feira meios de comunicação espanhóis e europeus. As denúncias baseiam-se em …