Idade é o maior factor de risco para se ser internado ou morrer de covid-19

Alejandro Garcia / EPA

As pessoas com idades entre os 70 e os 79 anos infetadas pelo novo coronavírus têm uma probabilidade de ser internadas em cuidados intensivos 10,4 vezes superior à de uma pessoa até aos 50 anos.

Os resultados são do Barómetro covid-19, um projeto da Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), e foram recentemente publicados na Medrxiv.

A idade é o maior fator de risco para que uma pessoa infetada com o vírus covid-19 venha a ter doença grave, necessite de internamento, de cuidados intensivos ou venha a morrer, quando separamos o efeito da idade e das comorbilidades”, afirmam.

Segundo o estudo esta segunda-feira divulgado, o risco sobe de forma mais acentuada para as pessoas com mais de 60 anos e especialmente após os 70.

“As pessoas com 70 a 79 anos que são infetadas por covid-19 têm uma probabilidade de ser internadas numa unidade de cuidados intensivos que é 10,4 vezes superior à de uma pessoa com 0 a 50 anos”, sublinham os investigadores.

No caso de o doente ter 80/89 anos a probabilidade de necessitar de internamento num hospital é 5,7 vezes maior do que se tiver menos de 50 anos. “Entre os 0 e os 50 anos, 5,1% dos casos foram internados, 0,26% foram admitidos em cuidado intensivos e 0,04% morreram”, refere o estudo intitulado “Qual é o risco de ter doença grave, de ser internado, de precisar de cuidados intensivos ou de vir a morrer por covid-19?”.

Após isolar o impacto da idade, o risco de morte pelo coronavírus, que provoca a doença covid-19, é 112 vezes maior entre os 70 e os 79 anos do que o risco daqueles que têm até 50 anos. Até aos 50 anos morreram quatro pessoas em 9.675 casos reportados (0,04%), entre os 70-79 morreram 6,4% e nos com mais de 80 morreram 12,85%.

Casos ligeiros e assintomáticos de fora do estudo

A ENSP ressalva que “estes valores não têm em consideração o número de casos ligeiros e assintomáticos que não terão sido detetados, pelo que os riscos apresentados podem estar sobrestimados, especialmente em faixas etárias em que possa existir maior percentagem de casos ligeiros e assintomáticos”.

O facto de a pessoa infetada ter outras doenças aumenta o risco de necessitar de internamento, cuidados intensivos ou vir a morrer da infeção, mas as comorbilidades isoladamente têm riscos bastante inferiores ao da idade avançada.

Segundo os investigadores, as deficiências imunitárias, as doenças cardíacas, renais e pulmonares, e as neurológicas são fatores de risco, independentemente da idade do doente.  “As pessoas com imunodeficiência têm probabilidade 1,8 maior de precisarem de internamento, os doentes cardíacos têm uma probabilidade 4 vezes maior de necessitar de cuidados intensivos e os doentes renais têm uma probabilidade de morrer que é 3 vezes superior à dos outros doentes com covid-19 e que não têm qualquer comorbilidade”.

“A asma não se apresentou como fator de risco relevante para nenhum desfecho nos dados analisados e, em outros estudos, poderá ser fator de risco apenas se grave ou descompensada”, acrescentam

Isoladamente e em idades menos avançadas, a diabetes, doença hepática e hematológica parecem ser fatores de risco menos importantes para a morte, após ajustamento para a idade. O cancro, a doenças hepáticas, hematológicas e neurológicas têm associações mais fracas ao internamento em cuidados intensivos, refere o estudo, acrescentando que os homens têm formas mais graves de covid-19 do que as mulheres.

Os resultados sugerem que a estratégia de controle da covid-19 deve assentar na tentativa de reduzir os casos graves e os óbitos. “Será importante reforçar medidas que evitem que o vírus infete as pessoas com mais de 70 anos”, como “a vigilância epidemiológica apertada de centros de dia, lares e outras unidades de cuidados continuados” como tem sido promovida nas últimas semanas.

Este estudo analisou dados da DGS referentes a cerca de 20.000 casos confirmados até 28 de abril.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pintura de Van Gogh de Paris nunca antes vista exibida pela primeira vez

Uma pintura de Vincent Van Gogh de uma rua de Paris foi exposta pela primeira vez depois de passar mais de 100 anos "escondida" pelos seus proprietários. Uma cena de rua em Montmartre, em Paris, pertenceu …

Imagens mostram construção de instalação nuclear secreta em Israel

Está a ser construída uma instalação nuclear secreta em Israel, diz a Associated Press depois de analisar imagens de satélite. Os trabalhos estão a decorrer a poucos metros do antigo reator do Centro de Pesquisa …

Supremo confirma prisão efetiva de cinco anos e oito meses de João Rendeiro

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou a nulidade do acórdão que proferiu em janeiro e confirmou, assim, a condenação do antigo presidente do BPP. Num acórdão datado da passada quarta-feira, e a que a agência …

Portugal regista mais 33 mortes e 1071 novos casos de covid-19

Portugal registou, este sábado, mais 33 mortes e 1071 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 1071 novos …

Ana Gomes revela que Europol está pronta para investigar o Chega

A Europol está disponível para "ajudar as autoridades portuguesas" a investigar eventuais ligações do Chega de André Ventura a "actividades criminais internacionais". É Ana Gomes quem o revela depois de ter enviado uma participação ao …

João Almeida termina Volta aos Emirados no pódio, o seu primeiro numa prova do World Tour

O ciclista português, da equipa Deceuninck-QuickStep, assegurou, este sábado, o primeiro pódio numa prova do World Tour, ao ser terceiro na Volta aos Emirados Árabes Unidos, após a sétima e última etapa. João Almeida concluiu a prova …

Alemanha vai autorizar vacina da AstraZeneca a maiores de 65 anos

A Comissão Permanente para a Vacinação na Alemanha vai alterar a recomendação que limitava o uso da vacina da farmacêutica AstraZeneca para maiores de 65 anos. O anúncio foi feito, este sábado, por Thomas Mertens, chefe da …

Éter, Teia e Tutti-Frutti. PS e PSD decidem "os bons e os maus" entre uma centena de autarcas suspeitos

PS e PSD estão na recta final da escolha dos candidatos às próximas eleições autárquicas e os dois partidos coincidem na forma como estão a avaliar os potenciais candidatos que estão envolvidos em processos judiciais. …

"Lei Khashoggi". Estados Unidos restringem vistos a 76 cidadãos sauditas

Os Estados Unidos anunciaram a restrição à atribuição de vistos a 76 cidadãos da Arábia Saudita acusados de "ameaçar dissidentes no estrangeiro", nomeadamente o jornalista saudita assassinado, em outubro de 2018, na Turquia. Segundo o secretário …

OMS quer isenção de direitos de propriedade intelectual para vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) reclamou, esta sexta-feira, o uso de "todas as ferramentas" para aumentar a produção de vacinas contra a covid-19, incluindo a transferência de tecnologia e a isenção de direitos de …