Hoteleiros algarvios desiludidos com decisão britânica. “É mais do que um ano perdido”

cingularite / Wikimedia

Praia de Sagres, Algarve

A decisão do Reino Unido de manter Portugal fora do corredor aéreo que dispensa quarentena no regresso ao país devido à pandemia foi recebida com “desilusão” pelo presidente da principal associação hoteleira algarvia.

“É uma enorme desilusão. Estávamos à espera — pelas notícias que vinham sendo divulgadas ultimamente — que o Reino Unido pudesse reverter a situação”, afirmou o presidente da Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), Elidérico Viegas, em declarações à agência Lusa.

O presidente da AHETA frisou que uma mudança de parecer do Reino Unido, a ter acontecido, não iria permitir já uma recuperação dos “prejuízos maiores causados pela primeira decisão”, no início de julho, mas produziria efeitos na procura a partir de setembro, quando o golfe entra na época alta no Algarve.

“Esperávamos que, com a reversão dessa situação, a partir de setembro, pudéssemos ter já aqui uma operação normal quando começasse a época turística alta do golfe, mas esta decisão veio comprometer tudo isto”, lamentou.

O dirigente da associação empresarial algarvia criticou o Reino Unido por ter “dois pesos e duas medidas” e disse “não compreender” por que razão Portugal fica fora do corredor aéreo, enquanto “destinos concorrentes apresentam contágios e óbitos em número bastante superior, não apenas a Portugal, mas sobretudo ao Algarve”.

“Podemos indagar se os critérios utilizados são sérios e responsáveis”, questionou Elidérico Viegas, dando os exemplos de “Espanha, Itália e outros destinos que não fazem testes e aparecem na estatística como bons da fita”, enquanto Portugal continua obrigado a quarentena com uma situação epidemiológica menos gravosa.

E voltou a pedir ao Governo para “desenvolverem os esforços que lhes compete no sentido de reverter uma situação”, que considera como “injusta e penalizadora, não apenas para o Algarve e as empresas algarvias, mas também para o país”.

“Esperava que o Reino Unido fosse sensível e mostrasse sensibilidade às opiniões que têm sido publicamente manifestadas, quer aqui, quer na imprensa britânica, porque esta decisão não é só lesiva dos nossos interesses, mas também dos interesses dos britânicos que querem vir ao Algarve e a Portugal”, acrescentou.

Ao Expresso, o mesmo responsável frisa que este “é mais do que um ano perdido”, enfatizando que “o certo é que o Algarve ficou praticamente fora da pandemia, e foi fortemente prejudicado por critérios que não levam em consideração outras realidades”.

Retoma do turismo na primavera de 2021

A retoma do turismo a nível internacional deverá acontecer durante a primavera e o verão de 2021, segundo o Barómetro do Turismo do IPDT – Instituto do Turismo.

O nível de confiança médio no desempenho do turismo atingiu em julho 47,3 pontos, “um decréscimo abrupto face ao último registo de fevereiro de 2020” quando atingiu 79,5 pontos, pode ler-se na 62.ª edição do Barómetro do Turismo.

“Como esperado, os resultados globais do turismo nacional para o verão de 2020 vão ser fortemente penalizados devido ao impacto causado pela pandemia de covid-19”.

 

De acordo com o barómetro, “em termos internacionais, a retoma deverá acontecer durante a primavera e o verão de 2021” segundo cerca de 80% dos inquiridos. Os dados apontam, no entanto e segundo o mesmo documento, para que a retoma das atividades do setor seja mais rápida a nível interno.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

CDS critica PS por obrigar portugueses a pagar "buraco" da TAP para servir apenas Lisboa

O CDS está "chocado" por a TAP ir abandonar as quatro rotas que opera no Aeroporto Francisco Sá Carneiro e critica o PS por obrigar portugueses a pagar "buraco" da TAP para servir apenas Lisboa. O …

Contratos de associação dos colégios privados. Ministério da Educação vence todos os 55 processos judiciais

Em todos os 55 processos judiciais que os colégios privados moveram contra o Ministério da Educação em 2016, na sequência da polémica dos contratos de associação, todas as 55 decisões foram favoráveis ao Governo. O jornal …

Famílias numerosas podem pedir desconto no IVA da luz a partir de março

As famílias com cinco ou mais elementos só poderão usufruir da redução do IVA da eletricidade a partir de 1 de março e terão de o requerer junto do seu fornecedor, segundo uma portaria esta …

Vacina da gripe disponível para mais grupos. Farmácias temem não ter stock suficiente

A vacina da gripe está, a partir desta segunda-feira, disponível para mais grupos populacionais com o início da segunda fase da campanha, que estende a vacinação a pessoas com 65 ou mais anos e pessoas …

Franceses em protesto para homenagear professor decapitado. Autoridades procuram radicais islâmicos

Milhares de pessoas reuniram-se no domingo no centro de Paris numa demonstração de repúdio pela decapitação do professor que mostrou aos seus alunos desenhos do Profeta Maomé. Os manifestantes da Praça da República ergueram cartazes onde …

Proud Boys acreditam na vitória de Trump: "Vamos Ganhar". Voto antecipado começa hoje na Florida

O líder do grupo Proud Boys disse à Lusa, durante uma manifestação em Miami, que Donald Trump vai vencer as eleições presidenciais norte-americanas, e rejeitou a acusação de que é dirigente de uma organização extremista. …

Projeto desenvolve testes rápidos de baixo custo para detetar imunidade

Um consórcio de universidades e uma empresa querem desenvolver "testes rápidos e de baixo custo" para detetar a resposta imunitária ao vírus SARS-CoV-2. O projecto TecniCov, que "obteve um financiamento de 450 mil euros da Agência …

"Medo constante". Human Rights Watch denuncia tortura na Coreia do Norte

Uma organização não-governamental denunciou esta segunda-feira que o sistema norte-coreano de detenção pré-julgamento e de investigação é cruel e arbitrário, com ex-detidos a descreverem tortura sistemática, corrupção e trabalhos forçados não-remunerado. No relatório de 88 páginas, …

"Cibermáfia". Rede de criminosos "lavou" milhões de euros em Bancos portugueses

Uma rede de criminosos com origem na Europa de Leste montou um esquema de lavagem de dinheiro roubado em ataques informáticos através de Bancos de países como Portugal. Esta "cibermáfia", como é apelidada pelo Jornal de …

Diplomatas chineses e taiwaneses entram em confronto físico nas ilhas Fiji

Diplomatas da China e funcionários do Governo de Taiwan entraram em confronto físico durante uma receção nas ilhas Fiji, que marcou o dia nacional de Taiwan, ilustrando a crescente tensão entre Pequim e Taipé. A luta …