Falha acordo para reduzir listas no SNS. Hospital das Forças Armadas não operou “nenhum doente”

António Pedro Santos / Lusa

Mais de um ano depois do acordo entre os ministérios da Saúde e da Defesa para reduzir as listas de espera no Serviço Nacional de Saúde, o Hospital das Forças Armadas ainda não operou um único doente do sistema de saúde público.

No ano passado, os ministérios da Defesa e da Saúde assinaram um acordo para que o Hospital das Forças Armadas operasse doentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS), para que, desta forma, fosse possível reduzir as listas de espera para cirurgia.

Segundo a edição desta quarta-feira do Jornal de Notícias, a colaboração foi vertida em letra de lei e está em vigor desde julho de 2018. No entanto, ainda não teve qualquer efeito, uma vez que nenhum doente do SNS foi, até agora, enviado para cirurgia no Hospital das Forças Armadas (HFAR).

A informação foi enviada ao diário pelo gabinete do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas. “Não foi operado nenhum doente” enviado pelos hospitais do SNS, “nem no pólo do Porto nem no pólo de Lisboa”.

Questionado pelo JN, o Ministério da Saúde não esclareceu o porquê de não ter usufruído da parceria estabelecida no ano passado, sobretudo tendo em conta que no final de 2018 e início de 2019 houve greves cirúrgicas, o que fez disparar as listas de espera.

Fonte da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo refere que “o HFAR ainda não apresentou qualquer candidatura para poder ser um convencionado do SNS”.

A portaria publicada em Diário da República no ano passado determina que “o HFAR colabora com o SNS realizando a prestação de cuidados de saúde como hospital de destino, nos termos da regulação aplicável”, frisando que “recebe notas de transferência, vales-cirurgia e transferências de responsabilidade nos mesmos termos e prazos que os demais hospitais integrados no SNS”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mais uma grande ministra deste grande governo. Os resultados estão à vista. Felizmente tenho dinheiro e vou ao privado mas quem depender do público…

  2. Se foi assinado um protocolo, não há nenhuma “candidatura” a apresentar.
    Mais uma vez, andam a atirar as culpas uns aos outros, em particular aos militares.
    Até dá a impressão que está em acção um ataque às instituições militares.
    Vão pedir ajuda aos espanhóis, quando não tivermos forças armadas?????

RESPONDER

Marques Mendes antecipa "princípio do fim do ciclo de António Costa"

No seu habitual espaço de comentário televisivo na SIC, Luís Marques Mendes disse que os recentes erros de António Costa nas últimas semanas revelam "sinais de que estamos no princípio do fim de um ciclo …

Para o Bloco, só há uma saída para vencer a crise: proteger o emprego

Para vencer a crise provocada pela pandemia de covid-19, as soluções apresentadas pelo Governo devem "responder às pessoas", considera Catarina Martins. A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, considerou este domingo que “proteger o emprego …

Nélson Semedo está a caminho do Wolverhampton

Há mais um português a caminho do Wolverhampton. Nélson Semedo deverá ser oficializado esta semana, voltando a aumentar o contingente português na equipa de Nuno Espírito Santo. Nélson Semedo está muito perto de ser anunciado como …

Plano Costa e Silva. Costa procura consensos, partidos apresentam lista de preocupações

António Costa vai receber hoje e amanhã os partidos para falar sobre o programa de recuperação da economia, com o plano de Costa Silva como ponto de partida do encontro. Os partidos já deixaram algumas pistas …

Pirlo tem plano para gerir cansaço de Cristiano Ronaldo

O novo treinador da Juventus, Andrea Pirlo, tem um plano para gerir a forma física de Cristiano Ronaldo ao longo da temporada. O internacional português tem 35 anos e cumpre a sua 19.ª temporada como …

Entre lágrimas e após três tentativas, lista dirigente de Ventura foi aprovada

O presidente do Chega conseguiu, este domingo, à terceira tentativa, a maioria de dois terços dos votos exigida para eleger a sua direção na II Convenção Nacional, em Évora. Apenas às 20h02 foram proclamados os resultados …

Marcelo é o único que resiste ao desgaste da pandemia. Governo e oposição em queda

O único que está a conseguir resistir ao desgaste político provocado pela pandemia de covid-19 é o Presidente da República, numa altura em que o PS e o PSD surgem em queda nas intenções de …

Três camisolas e uma vitória histórica. Tadej Pogacar é o vencedor do Tour

O ciclista esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates) venceu a 107.ª Volta a França, ao cortar a meta, nos Campos Elísios, integrado no pelotão, no final da 21.ª e última etapa conquistada pelo irlandês Sam Bennett …

Afinal, os vikings não eram loiros nem tinham olhos azuis (e também não eram da Escandinávia)

Um estudo revelou que os Vikings afinal não eram loiros nem provenientes da Escandinávia. O estudo, realizado através da análise de ADN, conclui ainda que indivíduos que não eram vikings foram enterrados como tal. Normalmente, a …

Emmys 2020: "Succession" é a série do ano, "Schitt’s Creek" e "Watchmen" em destaque

A segunda temporada de “Succession”, da HBO, venceu esta madrugada o prémio de Melhor Série Dramática na 72.ª cerimónia dos prémios Emmy, que decorreu em Los Angeles, EUA, sem público por causa da pandemia. Centrada em …