Hospital da Cruz Vermelha excluído da rede de combate à pandemia

O Hospital da Cruz Vermelha não vai integrar a “rede covid”, criada em resposta à pandemia do novo coronavírus, anunciou esta quinta-feira o executivo, realçando que esta decisão é tomada porque, face à situação atual, tal não é necessário.

“Consideramos não se justificar atualmente a integração do Hospital da Cruz Vermelha na rede covid, sem prejuízo do contributo vital que, nesta fase, já é desenvolvido por essa instituição no apoio ao Estado num cenário ímpar e de especial exigência”, lê-se numa nota conjunta dos ministérios da Saúde e da Defesa Nacional.

O Governo destacou “o papel da Cruz Vermelha Portuguesa como parte integrante da proteção civil, numa resposta articulada com as entidades competentes”.

Segundo a nota do executivo, “a Cruz Vermelha Portuguesa tem demonstrado ser um parceiro absolutamente imprescindível ao serviço do país, expresso num vasto número de iniciativas e ações levadas a cabo no combate a esta epidemia, desde a realização de testes laboratoriais de triagem ‘smart’ junto dos lares de idosos, ao transporte de doentes suspeitos de covid-19, à cedência de equipamentos e ao apoio aos serviços de proteção civil e demais instituições, até à instalação da unidade modular no Hospital de Santa Maria para contenção de doentes suspeitos”.

Isto, numa altura em Portugal, e quase todo o mundo enfrenta o surto do novo coronavírus, pelo que a colaboração intersectorial tem-se revelado “fundamental na preparação e resposta” a uma pandemia que exige um esforço coordenado dos diferentes setores da sociedade e dos parceiros do sistema de saúde pública, assinalou.

“Foi também no contexto deste espírito colaborativo que foi recebida a informação de que o Hospital da Cruz Vermelha poderia passar a funcionar ao serviço de Estado, no combate ao surto do novo coronavírus integrado na rede covid”, vincou o executivo.

Porém, de acordo com o Governo, a dinâmica da situação epidemiológica e a incerteza científica quanto às características deste vírus exige, de modo a flexibilizar uma resposta que garanta o envolvimento coordenado de todos os intervenientes do sistema, uma avaliação regular do nível de preparação e resposta à pandemia. E, sublinhou, foi no “âmbito desta avaliação permanente” que foi excluída, neste momento, a integração na “rede covid” do Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa.

Na terça-feira, mais de uma centena de profissionais do Hospital da Cruz Vermelha acusou o presidente da instituição, Francisco George, de “estar a pôr em risco a sobrevivência clínica e económica do hospital”.

O alerta foi feito numa “carta denúncia” endereçada ao Presidente da República, presidente da Assembleia da República, primeiro-ministro e ministros das Finanças, Defesa e Saúde, e assinado por médicos, enfermeiros, técnicos, administrativos e auxiliares de ação médica e colaboradores.

No documento, a que a Lusa teve acesso, os profissionais manifestaram a “enorme preocupação” com a forma como Francisco George, presidente da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) e presidente do Conselho de Administração não-executivo do Hospital da Cruz Vermelha (HCVP), “está a pôr em risco a sobrevivência clínica e económica” do hospital.

Francisco George, ouvido pela Lusa, estranhou a iniciativa, explicando: “Estou há pouco tempo na CVP, estou na administração de manhã à noite, vejo o diretor clínico todos os dias, e até hoje nada me disse“.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Depois de Latifa e Haya, mais uma princesa pediu ajuda para fugir do Dubai (e está desaparecida)

Depois da fuga da princesa Latifa e da princesa Haya do Dubai, outra jovem gravou um vídeo a pedir ajuda para escapar dos seus pais. Agora, está deparecida. De acordo com o jornal espanhol Maitha al …

Caso Maddie. Suspeito alemão alvo de nova investigação por crime semelhante na Alemanha

Christian B., de 43 anos, poderá estar associado ao desaparecimento de uma menina de cinco anos, em 2015, na Alemanha. De acordo com a agência DPA, o Ministério Público alemão abriu uma nova investigação sobre o …

À espera de propostas concretas, Jerónimo quer salário pago a 100%

Jerónimo de Sousa admite que só tomará uma posição quanto ao Orçamento Suplementar quando souber as "propostas concretas". Esta sexta-feira, o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa, disse que só tomará uma posição quanto ao Orçamento …

Do ruído à reciclagem. No Dia Mundial do Ambiente, associação Zero divulga dados preocupantes

As principais preocupações da associação ambientalista Zero em Portugal são ao nível do desperdício de água, do ruído e da reciclagem. Do excesso de lixo produzido por cada habitante ao ruído em excesso provocado pelo …

Esferográfica pessoal e máscara obrigatórios nas eleições do FC Porto

As eleições do FC Porto estão agendadas para este fim de semana e os sócios que quiserem exercer o seu direito de voto terão de levar uma máscara de proteção individual e uma esferográfica. No comunicado …

Açores sem infetados por covid-19. Último paciente internado recuperou

Os Açores estão oficialmente livres de covid-19. Dois meses e meio depois do primeiro caso na região, os Açores não têm qualquer registo de infetados por covid-19. Vasco Cordeiro, presidente do Governo Regional, anunciou no Facebook …

Miguel Albuquerque ainda pondera candidatura a Belém

O Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, ainda está a ponderar uma eventual candidatura à Presidência da República. O presidente do Governo Regional da Madeira e da estrutura regional do PSD, Miguel Albuquerque, disse …

Governo reforça oferta de creches e lares com mais espaços e funcionários

O primeiro-ministro, António Costa, considera que "é necessário reforçar em equipamentos como creches, lares ou no apoio domiciliário". Os programas sociais de apoio a idosos vão criar três mil postos de trabalho, anunciou o primeiro-ministro esta …

Marcelo e Rio almoçaram a sós em frente ao Tejo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou o líder do PSD, Rui Rio, pela apresentação do programa de recuperação económica. Marcelo Rebelo de Sousa e Rui Rio almoçaram, esta sexta-feira, num restaurante em frente …

75% dos hotéis em Portugal reabre em junho, mas com menos quartos

A maioria dos hotéis em território nacional vai abrir portas a partir de junho, sendo a expectativa dos feriados da próxima semana muito importante para esta reabertura. Segundo um inquérito da Associação da Hotelaria de Portugal …