Covid-19. Hospitais da região de Lisboa pedem camas uns aos outros

Giuseppe Lami / EPA

Os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo continuam a bater à porta uns dos outros a pedir camas para internar doentes com covid-19.

Segundo a edição desta quinta-feira do jornal Público, os hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) continuam a bater à porta uns dos outros para conseguirem camas para internar doentes com covid-19, numa altura em que as suas taxas de ocupação atingem o limite.

Dois responsáveis hospitalares, que não se quiseram identificar, revelaram ao matutino que são feitos pedidos à Administração Regional de Saúde (ARSLVT) para que tente obter vagas em enfermarias e em unidades de cuidados intensivos noutras unidades de saúde, perdendo-se tempo neste processo.

Há meses que os responsáveis dizem estar a reclamar que a gestão de camas para doentes com covid-19 funcione de forma centralizada e em rede e lamentam que cada unidade de saúde continue a “ver-se obrigada a resolver o problema por si só”.

“Desde o início da pandemia que ando a dizer que é necessária uma coordenação operacional de meios e uma gestão em rede [das camas]. Os hospitais estão a dar o máximo, mas estão a funcionar cada um por si”, disse Alexandre Lourenço, presidente da Associação Portuguesa dos Administradores Hospitalares.

De acordo com o responsável, o problema não se circunscreve a Lisboa e Vale do Tejo, ainda que nesta região a pressão seja maior.

Ainda assim, adianta o Público, o problema nesta região deverá ficar solucionado no próximo dia 14 de outubro, numa reunião marcada para discutir um “novo modelo de gestão de recursos”. O matutino perguntou à ARSLVT e ao Ministério da Saúde por que motivo ainda não foi possível operacionalizar uma gestão em rede, mas não obteve respostas.

Esta quarta-feira, a ministra da Saúde, Marta Temido, adiantou que a taxa de ocupação de doentes covid-19 nos cuidados intensivos de hospitais em LVT era de 74% (66 pacientes para 89 camas disponíveis) e nas enfermarias ultrapassava os 65% (351 pacientes internados para uma lotação de 539 camas).

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E por aqui há uns tolos como o Eu! e outros patetas idênticos que acham que estamos a realizar futurologia quando referimos que na ausência de medidas mais apertadas a coisa poderá evoluir para o entupimento do SNS. Neste momento já há pelo menos um hospital na região de Lisboa próximo da ocupação máxima. E o Inverno ainda nem começou. Cuidem-se e tenham juízo.

  2. Lisboa em perigo com o COVID-19?…
    É fácil resolver o problema.
    SUGESTÕES:
    – façam mais jogos no Galinheiro da Luz e na WC Sporting para provas europeias.
    – deixem o tal Galinheiro encher todos os jogos com 60 mil pessoas.
    – o mesmo com o WC de Alvalade.
    – continuem a não obrigar a capital e arredores a usar OBRIGATORIAMENTE máscaras na rua!

    E as autoridades verão a pandemia diminuir, quando a mortandade atingir os 95 por cento!

RESPONDER

Portugal vai estar no Mundial sub-20 (sem jogar o apuramento)

Todas as fases do Europeu sub-19 foram canceladas e a seleção portuguesa foi uma das eleitas para participar no Mundial do próximo ano. Portugal já sabe que vai estar na fase final do Mundial sub-20 (se …

Novos implantes cardíacos podem salvar 10 mil vidas por ano

O chamado envelope antibiótico envolve o implante cardíaco e previne infeções no paciente. Por ano, morrem cerca de 10 mil pessoas devido a infeções geradas pelo implante. O pacemaker é um pequeno aparelho que é colocado …

Banda dá concerto com músicos e público envoltos em bolhas de plástico para evitar contágio

A banda norte-americana Flaming Lips utilizou bolhas insufláveis ​​de tamanho humano num concerto em Oklahoma, uma solução para proteger os músicos e o público do novo coronavírus, enquanto tenta encontrar uma forma segura para atuar …

EUA. Especialista diz que as próximas semanas "vão ser as mais negras de toda a pandemia"

Um especialista em doenças infecciosas disse que no caso dos Estados Unidos, as próximas seis a 12 semanas vão ser as mais negras de toda a pandemia de covid-19. Michael Osterholm, diretor do Centro de Investigação …

Chelsea inscreve... Petr Cech

Antigo guarda-redes poderá voltar aos relvados nesta época, embora seja pouco provável, para já. Petr Čech entrou em campo pela última vez em maio de 2019, há quase um ano e meio. Já tinha anunciado a …

Disparos de satélites e naves do Star Trek? Relatório revela como seria uma guerra no Espaço

A criação da Força Espacial dos Estados Unidos evocou todos os tipos de noções fantasiosas sobre o combate no Espaço. Assim, um novo relatório explica o que é física e praticamente possível quando se trata …

Japão prepara-se para lançar água tratada de Fukushima no mar

O Japão vai libertar mais de um milhão de toneladas de água tratada da usina nuclear de Fukushima no mar, numa operação que levará cerca de 30 anos para ficar concluída. Ambientalistas e pescadores locais …

Turismo de mergulho? Submarino da "frota perdida" de Hitler aguarda o seu destino no fundo do Mar Negro

Coberto por “redes fantasmas” deixadas por pescadores, os destroços de um submarino U-20 enviado para o Mar Negro pela Alemanha nazi tornou-se recentemente tema de um documentário produzido na Turquia. Localizado a uma profundidade de 20 …

Novo estudo diz que Remdesivir não tem "impacto significativo" nos doentes com covid-19

Ao contrário do que se pensava, o medicamento antiviral remdesivir não reduz as mortes entre os pacientes com covid-19, sobretudo quando comparado com o tratamento padrão, de acordo com os resultados de um estudo internacional. Em …

Bebés alimentados por biberões ingerem milhões de micro plásticos por dia, sugere estudo

Um novo estudo vem agora alertar para os perigos da puericultura moderna. De acordo com a pesquisa, os bebés que são alimentados com biberões engolem milhões de partículas de micro plástico por dia. Normalmente os biberões …