Hospitais de Lisboa à beira da rutura. Há doentes transferidos para o Algarve e cirurgias oncológicas em risco

Alejandro Garcia / EPA

Pela primeira vez desde o início da pandemia, a zona de Lisboa e Vale do Tejo esgotou no último fim de semana a capacidade de resposta aos doentes com covid-19. 

De acordo com o semanário Expresso, no domingo passado, nenhum dos hospitais da região de Lisboa e Vale do Tejo tinha meios para receber mais infetados. O Centro Hospitalar de Lisboa Central (CHLC) ajuda à Administração Regional de Saúde e a única solução encontrada foi a transferência de doentes para o Algarve e Covilhã.

No sábado, as urgências do Hospital de São José, que integra o CHLC, também já tinham sido encerradas para os doentes trazidos por ambulâncias.

Na segunda-feira, o Hospital de Santa Maria registou 426 atendimentos de urgência, muitos dos quais resultado de transferências de outras unidades que já tinham esgotado a capacidade de atendimento.

O Centro Hospitalar Lisboa Norte registou na segunda-feira o terceiro pior dia desde o início da pandemia.

Com 98% de ocupação, a situação do Centro Hospitalar Lisboa Ocidental é considerada crítica, com dificuldade para acomodar os doentes que chegam às urgências.

A situação está a fazer com que a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) pondere transferir doentes em cuidados intensivos em Lisboa para zonas menos pressionadas do país – o que nunca antes aconteceu.

“Sabemos que taxas de ocupação superiores a 80% em cuidados intensivos não nos permitem dar resposta a todos os doentes e neste momento a média de ocupação é igual ou superior a 94%”, alertou João Gouveia, presidente da Sociedade Portuguesa de Cuidados Intensivos, em declarações ao Expresso.

A taxa média de ocupação e a falta de capacidade para continuar a expandir o atendimento está a levar à possibilidade de mobilização de profissionais de saúde de especialidades não envolvidas na linha da frente e de médicos e enfermeiros de outras regiões do país.

Segundo o responsável, está ainda a ser ponderado o condicionamento das cirurgias aos doentes oncológicos para libertar blocos operatórios, salas de recobro e anestesistas para permitir a expansão das camas destinadas a doentes críticos. As cirurgias oncológicas devem ser temporariamente concentradas apenas nos institutos de oncologia e nos hospitais privados.

A ministra da Saúde, Marta Temido, determinou a suspensão imediata da atividade não urgente em Lisboa e a elevação de todos os planos de contingência para o nível máximo.

Marta Temido especificou também o que tem de ser feito em várias unidades. O Santa Maria deve converter imediatamente 12 camas não-covid em covid; o São Francisco Xavier tem de criar 53 camas que “ainda não estão totalmente consideradas”; no Hospital de Vila Franca de Xira, “todas as camas críticas poderão ser afetas à covid, utilizando o recobro para não-covid” e no Hospital de Cascais “mais camas poderão ser abertas com reafetação de recursos humanos”.

O Expresso avança ainda que o Curry Cabral pode ser transformado num hospital exclusivamente dedicado à pandemia, fazendo do Santa Marta uma unidade não-covid.

Hospitais de Coimbra suspendem atividade cirúrgica

Esta quinta-feira, o Centro Hospital e Universitário de Coimbra (CHUC) suspendeu a atividade cirúrgica programada, convencional e ambulatória que ocorra no bloco operatório central, com exceção de doentes oncológicos, urgentes e muito prioritários e prioritários.

O objetivo, segundo um comunicado do CHUC, é “mobilizar recursos humanos necessários ao reforço do dispositivo do plano de contingência da covid-19, de reduzir a pressão sobre os serviços de internamento e a circulação de pessoas no polo Hospitais da Universidade de Coimbra”.

“As consultas externas subsequentes, sempre que o doente reúna critérios para o efeito, deverão ser preferencialmente substituídas por teleconsultas ou consultas não presenciais”, adianta a nota enviada à agência Lusa.

De acordo com o CHUC, no polo dos Hospitais da Universidade de Coimbra ficam também suspensas as atividades presenciais dos alunos da Universidade de Coimbra e das Escolas Superiores de Enfermagem e de Tecnologias da Saúde.

No entanto, fora desta medida ficam os alunos do 6.º ano de mestrado integrado de medicina, alunos dos cursos de especialidade em enfermagem e alunos cuja suspensão do ensino clínico comprometa a conclusão do curso.

  Maria Campos, ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Homem budista a meditar

O tukdam - um estado mental "meio-morto" dos monges budistas - é o novo fascínio da ciência

Os monges budistas conseguem chegar a um estado de meditação tão profunda que não é detectada qualquer actividade cerebral. No Budismo no Tibete, há um conceito mítico conhecido como "thukdam" ou "tukdam". Acredita-se que este é …

Trofense 1-2 Benfica | Águias passam a rasar

O Benfica, da I Liga, venceu hoje o Trofense, da II Liga, por 2-1, no prolongamento, depois do 1-1 no tempo regulamentar, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue …

Como nasceu o mito dos vampiros? Mais doenças e menos Drácula

Os vampiros são um mito com séculos de história e que podem estar associados a doenças como a raiva e a pelagra — e não ao Drácula. O vampiro é uma imagem comum na cultura pop …

Edifícios impressos em 3D pelo exército norte-americano

Exército dos EUA pode agora imprimir edifícios de cimento em 3D em zonas de desastre

O objectivo da tecnologia é facilitar a construção de casas e pontes quando são precisas com urgência em zonas afectadas por catástrofes. O Corpo de Engenheiros do exército norte-americano pode agora imprimir quartéis, bunkers e outras …

Monumento Pillar of Shame, na Universidade de Hong Kong

Pillar of Shame foi, em tempos, um testemunho da liberdade de Hong Kong. Agora, dizem-lhe adeus

Em tempos, a escultura Pillar of Shame, plantada na Universidade de Hong Kong, foi um testemunho das liberdades da cidade. Agora, está a ser removida. Exposta há mais de 20 anos na Universidade de Hong Kong, …

Arquitetura em nome do amor. Homem constrói casa giratória para que a esposa possa escolher a vista

Na Bósnia, um autodidata de 72 anos construiu uma casa invulgar: a habitação gira 360 graus para mudar de vista. Algumas das mais bonitas obras arquitetónicas do mundo nasceram em nome do amor. É o …

Novo SEF deverá chamar-se Agência para as Migrações e Asilo

Afinal, já não vai haver um Serviço de Estrangeiros e Asilo (SEA) para substituir o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), mas sim uma Agência Portuguesa para as Migrações e Asilo (APMA). De acordo com o …

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, com o guarda-redes Diogo Costa

Diogo Costa renova com o FC Porto até 2026

O guarda-redes Diogo Costa renovou contrato com o FC Porto até 2026, anunciaram os dragões, na tarde deste sábado. Diogo Costa, de 22 anos, aproveitou a lesão de Marchesín no início da temporada e assumiu a …

O algoritmo das plataformas de streaming afeta o que vemos (e quem somos)

As plataformas de streaming usam um algoritmo que afeta aquilo que vemos e o que queremos ver, moldando a nossa personalidade. Squid Game, o drama coreano distópico da Netflix, tornou-se a série mais vista lançada pela …

BPN e Banif custam mais do que alívio de IRS e subida de pensões

A despesa prevista no OE2022 para os veículos financeiros dos antigos Banif e BPN supera o valor previsto para medidas como o alívio no IRS e o aumento extra das pensões. Tal como destaca o Dinheiro …