O homem que “quebrou” o Banco de Inglaterra, quer “quebrar” o Brexit

FMI / Flickr

O investidor George Soros

É conhecido por ter feito fortuna a especular contra a libra na “Quarta-feira negra” e por ser um dos 30 homens mais ricos do mundo. Agora, George Soros confirma ter feito um donativo para uma campanha contra o Brexit.

George Soros já confirmou ter feito um donativo para a campanha “Best for Britain”, que visa impedir que o Brexit aconteça.

O donativo já tinha sido avançado pelo The Telegraph na semana passada, mas agora, para se defender de críticas e insinuações, o multimilionário de 87 anos escreveu um carta aberta para o Daily Mail.

Na carta, Soros confirma ter entregue 400 mil libras à organização (mais de 450 mil euros), por considerar o Brexit “um erro de proporções trágicas”.

Segundo o próprio, tudo foi feito por amor ao Reino Unido e pela importância de viver numa “sociedade aberta” e não numa “sociedade fechada, onde os donos do poder exploram as pessoas”. E isto, George Soros sabe melhor que ninguém, tendo em conta que viveu a infância na Hungria comunista.

É por isso que soros criou a “Open Society“, através da qual doa enormes somas de dinheiro a entidades políticas e ativistas, apoiando causa progressistas e liberais.

George Soros lamenta o Brexit, um processo que vai “transformar o Reino Unido de amigos em inimigos, pelo menos durante o período transitório”. “Antes do referendo, o Reino Unido estava a ter maiores sucesso económico do que o resto da Europa. Mas agora isso inverteu-se, com as economias continentais a crescerem de forma robusta, enquanto que o Reino Unido fica para trás”.

Numa reflexão sobre o referendo que levou ao momento europeu atual, George Soros classifica-o como um “um erro fatal”: “A experiência mostra que os referendos levam, muitas vezes, a decisões erradas. Incentivadas por agitadores sem escrúpulos, as pessoas usam os referendos para expressar insatisfação em relação ao atual estado de coisas, em vez de pensarem sobre as consequências. Só porque a situação atual não é satisfatória não quer dizer que não pode piorar. E isto está a acontecer no Reino Unido”.

E George Soros antecipa ainda que “à medida que o divórcio entrar na fase de maior confronto”, a economia britânica vai sofrer cada vez mais, num sofrimento que classifica como “cada vez mais dolorosamente óbvio”.

Além disso, o multimilionário avisa ainda que as verdadeiras preocupações da Europa deveriam ser os inimigos externos, como a Rússia de Putin.

Segundo o Observador, no que diz respeito à sociedade britânica, Soros pensa muito nos “jovens que vão viver num futuro que nunca verei”.

Isto porque “as pessoas com menos de 35 anos votaram de forma esmagadora para ficar na União Europeia, e só nas pessoas com mais de 55 anos é que houve uma maioria de votantes pelo Brexit”.

Na leitura de Soros, “os velhos sobrepuseram-se aos jovens, que terão de viver com as consequências do Brexit nas próximas décadas”. Este é um fator que “alimenta a deceção dos jovens em relação à democracia”, não obstante, acredita o filantropo, um dia o Reino Unido voltar a candidatar-se para regressar à União Europeia.

Ainda assim, na opinião de Soros, a opinião pública está cada vez mais a mover-se no sentido da permanência, pelo que é preciso “acelerar” o processo e chegar a um “ponto de inversão” nos próximos seis a nove meses.

“O eleitorado precisa de obrigar os seus deputados a dar-lhes a coragem de revoltar-se contra a liderança dos partidos, e o eleitorado precisa de estar motivado não apenas para votar mas, também, para tomar um papel ativo na política“, pede Soros.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Errado, George Soros, nao viveu na Hungria Comunista. Ele é Judeu, viveu a Hungria durante a tomada desta pelas forcas alemães durante a Segunda Guerra Mundial. E salvou-se do Holocausto, por ter passado por Cristão e foi protegido por um oficial Alemão Nazi. A suas interferências na economia Mundial e políticas, são por dinheiro e só por este. Homem demagogo e perigoso, que julga dominar o mundo conforme os seus interesses.

  2. O Brexit foi uma decisão da gerontocracia britânica. Deixar a decisão em pessoas que têm saudades do colonialismo e do Império é o que dá!

RESPONDER

O detetive a bordo do rover da NASA Perseverance

Marte está muito longe da famosa 221 Baker Street, mas um dos detetives mais conhecidos da ficção estará representado no Planeta Vermelho quando o rover Perseverance da NASA pousar no dia 18 de fevereiro de …

Nem o mar profundo se safa das alterações climáticas

Um novo estudo mostra que as alterações climáticas já estão a bater à porta do mar profundo, e os seus habitantes poderão em breve estar em perigo. De acordo com o site IFLScience, a equipa de …

Príncipe belga pede desculpa por violar confinamento em festa ilegal em Espanha

O príncipe Joachim da Bélgica disse “lamentar profundamente” não ter respeitado “todas as medidas” do confinamento durante uma viagem a Espanha, onde participou numa festa ilegal em Córdoba que está a ser investigada pela polícia. Depois …

Politólogo que previu que Trump seria Presidente vaticina a sua reeleição

O politólogo que previu que Donald Trump seria Presidente dos Estados Unidos vaticina agora a sua reeleição em novembro de 2020. Helmut Norpoth, professor de ciências políticas da Universidade Stony Brook, nos Estados Unidos, previu …

Índia regista mais de oito mil novos casos. Tem "uma longa batalha" pela frente

A Índia registou mais de oito mil novos casos de covid-19 num único dia, um novo recorde desde o início da pandemia no país, foi este domingo anunciado. O número de casos confirmados de covid-19 na …

Jovens bolivianos forçaram picada de viúva-negra. Queriam ser como o Homem-Aranha

Três irmãos bolivianos de 8, 10 e 12 anos acabaram hospitalizados depois de fazerem com que uma viúva negra os picasse para que ficassem com super-poderes como o Homem Aranha. "Pensando que a [picada] lhes …

Bloco exige retirada de norma "insultuosa" no apoio a recibos verdes

O Bloco de Esquerda (BE) exigiu este domingo ao Governo que retire do formulário de apoio para os trabalhadores independentes uma norma "insultuosa" que lhes exige o compromisso de retomarem a atividade no prazo de …

Espetada de porco 2.0. Novameat propõe carne impressa em 3D para o jantar

A Novameat, uma empresa espanhola de tecnologia alimentar, apresentou um novo produto: carne de porco à base de plantas impressa em 3D, a que batizaram de espetada de porco 2.0. A Novameat quer apoiar um sistema …

Uber acusada de exploração de trabalhadores em Itália

Um tribunal de Milão ordenou a nomeação de um administrador judicial para a Uber Itália durante um ano, após ter determinado que o serviço de entrega de refeições da empresa explorava os trabalhadores. De acordo com …

Pinto de Costa: "Se Rui Moreira tivesse avançado, não me candidatava"

Pinto da Costa revelou que não teria avançado para a recandidatura à presidência do FC Porto se o presidente da Câmara do Porto tivesse entrado na corrida. "Se o Rui Moreira se tivesse candidatado, embora …