Harvard expulsa 10 alunos por “memes” xenófobos, racistas e sexistas

A Universidade de Harvard cancelou o processo de candidatura a dez alunos por terem partilhado conteúdos de teor sexista e racista nas redes sociais. Piadas de mau gosto sobre o Holocausto e o abuso de crianças são alguns dos exemplos.

Harvard está entre as mais prestigiadas instituições de ensino de todo o mundo. Do organismo norte-americano são reconhecidas as práticas de seleção rigorosas e, por causa disso, a universidade expulsou dez alunos por terem publicado nas suas contas das redes sociais ‘memes’ com conteúdos ofensivos.

Os alunos foram apanhados a publicar vários conteúdos com teor sexista e racista, segundo aponta o Harvard Crimson. Os alunos publicaram as imagens num grupo privado do Facebook denominado “Harvard memes for horny bourgeois teens” (“Memes de Harvard para adolescentes burgueses excitados” na tradução para português).

Segundo a mesma fonte, no grupo do Facebook abundavam as imagens com piadas relativas ao Holocausto, assim como piadas à morte de crianças, material racista e um post que se referia ao hipotético enforcamento de uma criança mexicana como “Hora da Piñata”.

O grupo era alimentado por participações de um alegado ritual de iniciação à universidade, o “Harvard College Class of 2021”. Quem cumprisse esta praxe, ganhava acesso ao grupo do Facebook usado para estas piadas de mau gosto.

Os dez alunos receberam então uma convocatória para explicar a sua conduta perante a instituição de ensino que, apesar das muitas e diversificadas justificações, cancelou o processo de candidatura.

A frequência da Universidade de Harvard, uma das mais caras dos EUA, pode chegar a ter um custo final de quase 260 mil dólares, mas, segundo a Investopedia, as oportunidades de carreira que proporciona mais do que compensam o elevado investimento inicial.

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. “Para aceder a Harvard, é necessário o pagamento de cerca de 2,5 milhões de dólares.”
    Corrijam la isto por favor… 2,5 milhões?!??!?

  2. Se por um lado as pessoas devem ser livres de dizer (não de fazer) as parvoices que entenderem. Por outro, as instituições também têm o direito de não querer admitir pessoas com certo tipo de ideologias de preconceito e intolerância. Parece-me bem. Certos valores universais devem ser promovidos no meio académico.

Responder a ZAP Cancelar resposta

Detetadas "partículas fantasmagóricas" que o Modelo Padrão não pode explicar

O observatório IceCube, localizado no Pólo Sul, revelou que a Antena Antena Antártida de Impulso Transitivo (ANITA) detetou alguns "sinais muito estranhos" que "não pode ser explicados" pelo Modelo Padrão da Física. O projeto ANITA, …

Descoberto primeiro asteróide que se move apenas dentro da órbita de Vénus

Uma rede de telescópios robóticos operados à distância observou um asteróide que, além de ser o asteróide mais próximo do Sol, é também o primeiro asteróide descoberto que se move completamente dentro da órbita de …

Mark Zuckerberg tem medo do TikTok (e já se sabe porquê)

Mark Zuckerberg já deixou claro, mais do que uma vez, que não gosta do TikTok. No entanto, agora sabemos o que está por trás desta hostilidade pelo rival: a aplicação está a crescer muito, mesmo …

A empresa mãe da Google já vale um bilião de dólares

Esta quinta-feira, a Alphabet, empresa mãe da Google, conseguiu uma cotação na bolsa de 1 bilião de dólares, cerca de 900 mil milhões de euros. A Alphabet tornou-se, esta quinta-feira, a quarta empresa norte-americana a conseguir …

Cientistas criam "cimento vivo" capaz de se "curar"

Uma equipa de cientistas dos Estados Unidos criou um "cimento vivo" juntando areia e bactérias num material de construção capaz de se auto-reproduzir, de absorver dióxido de carbono e manter a resistência. "Já usamos materiais biológicos …

Sporting 0-2 Benfica | Águia vence dérbi e foge na frente

O Benfica foi o grande vencedor do dérbi lisboeta. Na visita ao Sporting, os “encarnados” marcaram dois golos sem resposta, ambos na segunda parte, por Rafa Silva, entrado no decorrer da segunda parte, após ter …

Um em cada seis homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos

Um em cada seis homens é vítima de abuso sexual antes dos 18 anos e podem levam décadas até pedir ajuda, por nem sempre aceitarem e entenderem que sofreram violência sexual. Na maior parte dos …

"Messiah", da Netflix, reacende controvérsia sobre os limites da liberdade de expressão

A série Messiah, disponível na plataforma de streaming Netflix, acende a controvérsia em torno dos limites da liberdade de expressão e da criatividade no mundo das artes e do entretenimento. Messiah, uma série produzida por Michael …

Quadro encontrado por jardineiro era mesmo a obra desaparecida de Klimt

Em 1997, Retrato de uma Senhora desapareceu da Galeria de Arte Moderna Ricci Oddi, em Piacenza. Em dezembro, o quadro foi descoberto. Estava escondido numa parede da instituição. O quadro encontrado em dezembro, escondido na reentrância …

Terramotos modificaram a geografia de Porto Rico (e a NASA mostra como)

Os terramotos que Porto Rico tem sentido desde dezembro passado, que causaram pelo menos um morto e milhões de dólares em prejuízos, estão também a mudar a geografia desta ilha das Caraíbas. A agência espacial …