Hacker português nega esquema de chantagem e criação do Football Leaks

Peter De Voecht and Vincent Kalut / Photo News / rscanderlecht / Flickr

-

O suposto autor do blogue Football Leaks, que tem divulgado documentos confidenciais sobre as transferências de vários jogadores da Liga Portuguesa, foi divulgado como sendo um hacker português – que nega a acusação e se diz vítima de difamação.

Foi o blogue Football Leaks Revealed que avançou com o nome de Rui Pinto, um português de 27 anos, residente em Budapeste, na Hungria, que terá histórico como hacker, como o pretenso autor da divulgação dos contratos de transferência de jogadores de Benfica, FC Porto e Sporting no site Football Leaks.

O caso acabou por ter eco em Espanha, onde o jornal Marca avança que o português terá recorrido a hacking para conseguir acesso aos documentos confidenciais que terá divulgado.

O diário salienta que Rui Pinto terá tido a colaboração do advogado Aníbal Pinto e que ambos terão montado um suposto esquema em que chantageariam os clubes portugueses com a divulgação dos documentos para obterem dinheiro.

Segundo o diário espanhol, os dois terão “extorquido e chantageado diversos clubes e, quando estes não pagavam, tornavam públicos os documentos”.

Em 2013, o mesmo Rui Pinto terá feito um ataque informático ao Banco Caledónia, das Ilhas Caimão, transferindo 300 mil dólares para o Deutsche Bank. O alegado hacker terá sido detido, mas o seu advogado conseguiu que pagasse apenas uma multa de 100 mil dólares como “castigo”, frisa o desportivo espanhol.

Em declarações ao CM, Rui Pinto garante que não tem nada a ver com o Football Leaks e que isto não passa de uma campanha de difamação contra si.

Entretanto, o Football Leaks Revealed retirou parte do conteúdo alusivo a Rui Pinto. Segundo o site, estes conteúdos foram removidos “depois da recepção de uma queixa válida a propósito da publicação de informação privada”.

Há dias, o jornal alemão Der Spiegel publicou uma entrevista com o pretenso autor do Football Leaks, a quem chamava apenas “John”, notando que seria um português residente em Budapeste.

Nesta entrevista, “John” assegurava que Jorge Mendes, o super-agente de futebol que representa Cristiano Ronaldo, entre outros futebolistas de topo, teria contratado detectives para o localizarem e que um empresário de futebol lhe ofereceu 650 mil euros pelos documentos a que teve acesso.

Uma proposta que terá recusado, alegando que se vendesse “não estaria a ser melhor” do que aqueles que denuncia.

Por revelar fica agora apenas o nome do criador do Futebol Leaks Revealed.

ZAP //

ACTUALIZAÇÃO – 12 SETEMBRO 2018:

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

Urgência pediátrica do Garcia de Orta encerra à noite a partir de segunda-feira

O serviço de urgência pediátrica do Hospital Garcia de Orta, em Almada, vai fechar à noite a partir de segunda-feira, disse a ministra da Saúde, que prolongou o horário de duas unidades de saúde para …

Hipercarro elétrico da Aspark pulveriza recorde de aceleração

O novo hipercarro elétrico Aspark Owl vai começar a sua produção já no próximo ano e conta já com o recorde de aceleração. O carro vai dos 0 aos 100 km/h em 1,69 segundos. Depois de …

Pelé desafia Ronaldo a bater o seu recorde de 1.283 golos

O ex-futebolista internacional brasileiro Pelé desafiou esta quinta-feira o avançado português Cristiano Ronaldo a superar o seu recorde de 1.283 golos. “Espero que, com a quantidade de golos que já marcou, e foram muitos, tenha saúde …

A automatização pode acabar com 800 milhões de empregos em cerca de 15 anos

Uma análise do Bank of America Merrill Lynch revelou que cerca de 800 milhões de empregos podem desaparecer em todo o mundo até 2035. Esse resultado deve-se à diminuição do custo de automatização. Segundo noticiou o …

Portugueses que ganham até 660 euros mensais podem ficar isentos de IRS em 2020

Os portugueses que auferem até 660 euros mensais, num total de 14 meses, alcançando um máximo anual de 9.224,2 euros podem ficar isentos de IRS em 2020, avança o Jornal de Negócios. De acordo com o …

Milhares de aves encontradas mortas junto a lago na Índia. Desconhecem-se ainda as razões

No passado domingo, 2.400 pássaros - incluindo 20 espécies migratórias - foram encontrados mortos perto do Sambhar Salt Lake, na Índia. Os locais alertaram as autoridades florestais, que esperam os resultados das análises para determinar …

João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana

O internacional português João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana e pode mesmo vir a ser opção do Atlético de Madrid para o jogo frente ao Granada, marcado para o próximo dia 23 …

Vítimas do franquismo pedem investigação à origem das jóias que a família Franco vai leiloar

A Associação para a Recuperação da Memória Histórica (ARMH), que inclui familiares das vítimas do franquismo, pediu ao Governo espanhol que investigue a origem das jóias que a família Franco vai leiloar. De acordo com …

"Sem dúvida". Montenegro diz que era capaz de derrotar Costa

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro, que é agora candidato à liderança do partido, afirmou, em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, que era capaz de derrotar António Costa.  "Acho que era …

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …