Hacker português nega esquema de chantagem e criação do Football Leaks

Peter De Voecht and Vincent Kalut / Photo News / rscanderlecht / Flickr

-

O suposto autor do blogue Football Leaks, que tem divulgado documentos confidenciais sobre as transferências de vários jogadores da Liga Portuguesa, foi divulgado como sendo um hacker português – que nega a acusação e se diz vítima de difamação.

Foi o blogue Football Leaks Revealed que avançou com o nome de Rui Pinto, um português de 27 anos, residente em Budapeste, na Hungria, que terá histórico como hacker, como o pretenso autor da divulgação dos contratos de transferência de jogadores de Benfica, FC Porto e Sporting no site Football Leaks.

O caso acabou por ter eco em Espanha, onde o jornal Marca avança que o português terá recorrido a hacking para conseguir acesso aos documentos confidenciais que terá divulgado.

O diário salienta que Rui Pinto terá tido a colaboração do advogado Aníbal Pinto e que ambos terão montado um suposto esquema em que chantageariam os clubes portugueses com a divulgação dos documentos para obterem dinheiro.

Segundo o diário espanhol, os dois terão “extorquido e chantageado diversos clubes e, quando estes não pagavam, tornavam públicos os documentos”.

Em 2013, o mesmo Rui Pinto terá feito um ataque informático ao Banco Caledónia, das Ilhas Caimão, transferindo 300 mil dólares para o Deutsche Bank. O alegado hacker terá sido detido, mas o seu advogado conseguiu que pagasse apenas uma multa de 100 mil dólares como “castigo”, frisa o desportivo espanhol.

Em declarações ao CM, Rui Pinto garante que não tem nada a ver com o Football Leaks e que isto não passa de uma campanha de difamação contra si.

Entretanto, o Football Leaks Revealed retirou parte do conteúdo alusivo a Rui Pinto. Segundo o site, estes conteúdos foram removidos “depois da recepção de uma queixa válida a propósito da publicação de informação privada”.

Há dias, o jornal alemão Der Spiegel publicou uma entrevista com o pretenso autor do Football Leaks, a quem chamava apenas “John”, notando que seria um português residente em Budapeste.

Nesta entrevista, “John” assegurava que Jorge Mendes, o super-agente de futebol que representa Cristiano Ronaldo, entre outros futebolistas de topo, teria contratado detectives para o localizarem e que um empresário de futebol lhe ofereceu 650 mil euros pelos documentos a que teve acesso.

Uma proposta que terá recusado, alegando que se vendesse “não estaria a ser melhor” do que aqueles que denuncia.

Por revelar fica agora apenas o nome do criador do Futebol Leaks Revealed.

ZAP //

ACTUALIZAÇÃO – 12 SETEMBRO 2018:

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Novo relatório aponta possível causa para número anormal de doenças causadas pelo vaping

Um novo relatório vem confirmar que o acetato de vitamina E encontrado em muitos produtos utilizados pelos vapers pode ser o responsável pelos problemas de saúde. O ano de 2019 ficou marcado por várias doenças e …

Morreu Rogério "Pipi", histórico jogador do Benfica

O ex-futebolista internacional português, que se evidenciou ao serviço do Benfica nas décadas de 40 e 50 do século passado, morreu este domingo, um dia depois de completar 97 anos. "Foi com profunda tristeza e pesar …

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …