Hacker português nega esquema de chantagem e criação do Football Leaks

Peter De Voecht and Vincent Kalut / Photo News / rscanderlecht / Flickr

-

O suposto autor do blogue Football Leaks, que tem divulgado documentos confidenciais sobre as transferências de vários jogadores da Liga Portuguesa, foi divulgado como sendo um hacker português – que nega a acusação e se diz vítima de difamação.

Foi o blogue Football Leaks Revealed que avançou com o nome de Rui Pinto, um português de 27 anos, residente em Budapeste, na Hungria, que terá histórico como hacker, como o pretenso autor da divulgação dos contratos de transferência de jogadores de Benfica, FC Porto e Sporting no site Football Leaks.

O caso acabou por ter eco em Espanha, onde o jornal Marca avança que o português terá recorrido a hacking para conseguir acesso aos documentos confidenciais que terá divulgado.

O diário salienta que Rui Pinto terá tido a colaboração do advogado Aníbal Pinto e que ambos terão montado um suposto esquema em que chantageariam os clubes portugueses com a divulgação dos documentos para obterem dinheiro.

Segundo o diário espanhol, os dois terão “extorquido e chantageado diversos clubes e, quando estes não pagavam, tornavam públicos os documentos”.

Em 2013, o mesmo Rui Pinto terá feito um ataque informático ao Banco Caledónia, das Ilhas Caimão, transferindo 300 mil dólares para o Deutsche Bank. O alegado hacker terá sido detido, mas o seu advogado conseguiu que pagasse apenas uma multa de 100 mil dólares como “castigo”, frisa o desportivo espanhol.

Em declarações ao CM, Rui Pinto garante que não tem nada a ver com o Football Leaks e que isto não passa de uma campanha de difamação contra si.

Entretanto, o Football Leaks Revealed retirou parte do conteúdo alusivo a Rui Pinto. Segundo o site, estes conteúdos foram removidos “depois da recepção de uma queixa válida a propósito da publicação de informação privada”.

Há dias, o jornal alemão Der Spiegel publicou uma entrevista com o pretenso autor do Football Leaks, a quem chamava apenas “John”, notando que seria um português residente em Budapeste.

Nesta entrevista, “John” assegurava que Jorge Mendes, o super-agente de futebol que representa Cristiano Ronaldo, entre outros futebolistas de topo, teria contratado detectives para o localizarem e que um empresário de futebol lhe ofereceu 650 mil euros pelos documentos a que teve acesso.

Uma proposta que terá recusado, alegando que se vendesse “não estaria a ser melhor” do que aqueles que denuncia.

Por revelar fica agora apenas o nome do criador do Futebol Leaks Revealed.

ZAP //

ACTUALIZAÇÃO – 12 SETEMBRO 2018:

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Era marketing. Fortnite voltou (e está diferente)

Depois de 10 temporadas, um buraco negro engoliu a ilha na qual diariamente milhões de jogadores tentavam sobreviver, matando-se uns aos outros. Durante um dia e meio, ninguém podia jogar. O susto acabou esta terça-feira, …

Cientistas determinam o que diminui a fertilidade das mulheres com o avanço da idade

Investigadores da Universidade de Copenhaga mapearam alguns dos mecanismos que podem afetar a fertilidade das mulheres desde a adolescência até a menopausa. A fertilidade natural das mulheres flutua entre altos e baixos na forma de uma …

Dono do Paris Saint-Germain quer comprar o Leeds (e torná-lo no novo Manchester City)

A Qatar Sports Investments (QSI), empresa que é detida por Nasser Al Khelaifi, quer dar o salto para o mercado inglês e adquirir o Leeds United, emblema que milita atualmente no segundo escalão. Na semana em …

Município italiano proíbe Google Maps. App faz com que muitas pessoas se "percam"

O autarca do município italiano de Baunei, na Sardenha, proibiu o uso do Google Maps na região, argumentando que "muitas" pessoas se perderam por causa de "sugestões enganosas" do serviço de localização. A informação é …

Pedalar mais dá direito a prémios. Tecnologia portuguesa desperta interesse de Copenhaga

Depois de se ter estreado em Matosinhos e de ter despertado interesse em Nova Iorque, um programa português que premeia comportamentos de mobilidade ambientalmente sustentáveis chamou a atenção em Copenhaga. O AYR, desenvolvido pela empresa CEiiA …

Associação de Armas americana editou artigos da Wikipédia para desacreditar o Holocausto

A National Rifle Association (Associação Nacional de Armas) dos Estados Unidos tem estado a editar artigos da Wikipédia de forma a desacreditar o Holocausto. Um trabalho de investigação da Splinter identificou pelo menos 150 edições em …

Bebé recém-nascida encontrada enterrada viva numa sepultura na Índia

Uma bebé recém-nascida enterrada viva foi encontrada na Índia por um pai que estava a enterrar a filha, que morreu após o parto, revelou o chefe da polícia local, Abhinandan Singh. A menina foi encontrada dentro …

Reutilização é a verdadeira alternativa a plástico descartável

A alternativa aos produtos de plástico descartáveis tem sido outros produtos também descartáveis, mas a melhor solução passa pela reutilização, indica um relatório divulgado esta terça-feira, que dá exemplos de sucesso. O documento, “The Reusable solutions: …

Booking abandona a criptomoeda do Facebook

  Booking junta-se ao Mastercard, eBay, Visa, PayPal, Stripe e Mercado Pago e desiste do projeto da Associação Libra, promovida por Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, para a desenvolver a infraestrutura financeira que está na base …

Michael Jackson era "doente mental" e uma pessoa "perturbadora", diz Elton John

Elton John defende na sua autobiografia que Michael Jackson era "verdadeiramente doente mental" e uma pessoa "perturbadora", recordando os encontros que teve com o rei da pop, falecido em junho de 2009. O músico britânico escreveu …