A guerra dos tempos modernos. Índia recruta 500 mil “soldados das redes sociais”

O próximo tipo de guerra está a chegar e exige um novo tipo de tropas. Em vez de se equiparem com capacetes e armaduras, os “soldados das redes sociais” estão armados com smartphones, contas em várias plataformas e experiência em tecnologia.

Não é novidade que certos Governos estão a usar as redes sociais como uma ferramenta para controlar a sua população, influenciar resultados e decisões ou espalhar desinformação através de campanhas online.

Porém, segundo o Interesting Engineering, a forma como os outros estão a aprender a responder através da tecnologia está agora na linha de frente da agenda.

Em comunicado, a Freedom of House, uma organização sem fins lucrativos que classifica os países quanto à liberdade na Internet, destaca o aumento da vigilância das redes sociais em todo o mundo e afirma que o “novo campo de batalha” das forças democráticas está a ser travado nas plataformas digitais.

Em alguns países, como a China e a Rússia, onde a liberdade na Internet tem uma classificação baixa, as redes sociais são silenciadas ou censuradas, bem como usadas para propaganda.

Já na Turquia, por exemplo, uma nova lei de 2020 impõe requisitos rigorosos às empresas de redes sociais e aumenta a capacidade do Governo de censurar o discurso online.

As redes sociais têm a capacidade de fazer crescer determinados assuntos e temas, como como quando ocorreu o movimento Black Lives Matter, após o homicídio de George Floyd.

Assim, para contra-atacar, certos partidos governamentais estão a reunir tropas para ficar de olho nas ações dos oponentes e responder. Por exemplo, esta segunda-feira, o Congresso Nacional Indiano anunciou estar ativamente à procura de 500 mil “guerreiros das redes sociais” para desafiar o partido adversário, o Partido do Povo Indiano, online.

“Este é um exército de verdade. Este é um exército que defenderá a ideia da Índia. Estamos a construir esta plataforma para vocês. Para vos dar ferramentas para lutar esta batalha e vencer”, disse Rahul Gandhi, membro do parlamento indiano, citado pelo The Indian Express.

O Congresso vai alistar 50 mil titulares de cargos em todos os distritos da Índia e será ajudado pelos 450 mil voluntários na sua “guerra”. Todos vão receber treino apropriado para saber como combater adequadamente a propaganda do partido adversário.

A guerra através das redes sociais e de outras plataformas digitais está apenas a começar. Certas nações, instituições e pessoas estão a esforçar-se por encontrar formas de lidar com isso e usá-las em seu benefício e, com sorte, do mundo.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É esta a forma correta de lidar com batoteiros de extrema direita que têm milhares de contas falsas nas redes sociais e sites de notícias. É o governo contratar “guerreiros” de plataformas digitais para fazer face às mentirinhas e intriguinhas que são lançados constantemente por estaa forças mesquinhas financiadas por putin.

    • Pois o Putin da extrema-direita comunista, por si só já é um vulcão autêntico, mas pela notícia verificamos que o mal atrai milhões de “humanos” que por sua vez anda sempre à frente das forças do bem.

RESPONDER

ALMA descobre a primeira gigantesca tempestade de buracos negros

O telescópio Atacama Large Millimeter Array (ALMA) detetou um forte vento galático impulsionado por um buraco negro supermassivo há 13,1 mil milhões de anos. Os investigadores salientam que este é o exemplo mais antigo alguma vez …

NASA vai construir telescópio espacial capaz de detetar asteroides ameaçadores

A NASA aprovou a produção de um telescópio espacial infravermelho para detetar asteroides que possam representar uma ameaça para a Terra. A agência está a desenvolver o telescópio espacial Near-Earth Object Surveyor - ou NEO Surveyor …

Muco marinho na costa da Turquia ameaça ecossistemas. E é só a ponta do icebergue

Esta semana, a Turquia lançou a maior limpeza marítima da sua história para fazer face à proliferação sem precedentes de muco marinho no Mar de Mármara, um sintoma de um problema ambiental muito maior. Debaixo das …

Fotografia da Rainha Isabel II removida da Universidade de Oxford devido à "história colonial"

Um grupo de estudantes da Universidade de Oxford removeu uma fotografia da Rainha Isabel II da sua área comum devido aos seus laços com a “história colonial”. A atitude gerou uma onda de controvérsia. A imprensa …

Espanha 0-0 Suécia | Muro amarelo trava fúria espanhola

A Espanha e a Suécia empataram hoje 0-0 em jogo da primeira jornada do Grupo E do Euro2020 de futebol, naquela que foi a primeira partida sem golos na competição até ao momento. No estádio La …

Covid-19. Variante indiana causa doença mais grave, dizem médicos chineses

A Delta está a causar doença mais grave e mais rapidamente do que durante a primeira vaga, informaram médicos na zona de Guangzhou, no sudeste da China, onde surgiu um surto recente provocado por esta …

Do café aos brinquedos. Preço do transporte de mercadorias vai atingir a nossa carteira mais cedo do que se pensava

Os preços exorbitantes do transporte de mercadorias pelo mundo poderão atingir a sua carteira mais cedo do que pensa. Mais de 80% de todo o comércio de mercadorias é transportado pela via marítima, mas o alto …

Tal é a qualidade de Portugal, que o treinador da Hungria "podia ser motorista ou roupeiro"

O selecionador da Hungria, o italiano Marco Rossi, afirmou hoje que "até podia ser o motorista ou rapaz dos equipamentos" da seleção portuguesa, tal é a qualidade dos jogadores lusos que vão disputar o Euro2020. “Estamos …

Destroços de avião descobertos no fundo de um lago nos EUA podem pôr fim a um mistério de 56 anos

Trabalhadores que testam equipamentos de investigação subaquática dizem ter encontrado os destroços de um pequeno avião nas profundezas do lago Folsom, na Califórnia. A confirmar-se, podem ter resolvido um mistério com 56 anos. As imagens de …

Norte-americanos envolvidos na fuga de Carlos Ghosn declaram-se culpados

Os dois norte-americanos acusados de ajudarem o ex-presidente da Nissan Carlos Ghosn a fugir do Japão quando aguardava julgamento em liberdade sob fiança declararam-se esta segunda-feira culpados perante a justiça japonesa. De acordo com fontes da …