Greve dos motoristas: O “amor postiço” pelo interior do país e o “bombeiro” Pedro Nuno Santos

Carlos Barroso / Lusa

Luís Marques Mendes

Luís Marques Mendes acredita que o Governo “desvalorizou” o pré-aviso de greve, mas elogiou o ministro Pedro Nuno Santos. “Foi uma espécie de bombeiro de serviço, mas foi um bombeiro competente.”

“Geriu mal antes da greve. Geriu mal o início da greve e geriu francamente bem o final da greve”, resumiu Luís Marques Mendes aquela que foi, no seu entender, a atuação do Governo na greve dos motoristas de matérias portuguesas que assolou o país na semana passada.

O ex-líder do PSD defendeu, no seu habitual espaço de comentário na SIC, que o que o Governo “fez no final, podia ter feito no início”, referindo-se ao acordo que mediou entre os motoristas e patrões e que pôs fim à greve.

Para Luís Marques Mendes, O Governo “desvalorizou” o pré-aviso de greve, sendo que podia ter mediado este conflito nos dias anteriores. “Podia conseguir ou não conseguir resultados, mas tentava”, afirmou este domingo à noite.

Além disso, o comentador considerou que o Governo podia ter tido “um plano de intervenção mais eficaz, por exemplo, se plano de racionamento de combustível tivesse sido anunciado mais cedo podia ter evitado problemas maiores”.

“É muito a maneira de ser deste Governo e sobretudo a imagem de marca deste primeiro-ministro, que é sempre desvalorizar, naquele otimismo que o caracteriza”, acrescentou, citado pelo Observador.

Em relação aos serviços mínimos, que previam apenas o abastecimento das cidades de Lisboa e Porto, Marques Mendes considerou ser um “absurdo completo”. “E o resto do país? São este políticos que mais falam de descentralização e regionalização e que mais defendem o interior, mas, como se vê, é um amor postiço.”

No entanto, nem tudo mereceu um parecer negativo. A atuação do Governo na fase final foi elogiada por Marques Mendes. “Agiu francamente bem, mas há que dizer que agiu no limite.”

Para o comentador político, o ministro Pedro Nuno Santos “foi uma espécie de bombeiro de serviço mas foi um bombeiro competente”. “O Governo bem pode agradecer-lhe.”

Todavia, num balanço final, Luís Marques Mendes destaca que esta greve foi uma grande lição: “Por um lado, o pais está vulnerável, como se vê. Por outro, continua a ter esta tendência para só investir em obras de fachadas, naquilo que enche o olho”.

Por fim, sublinhou a necessidade de uma solução “mais eficaz” – a de ser construir um oleoduto para o abastecimento de combustível ao aeroporto de Lisboa.

“Proibição das PPP será um erro de palmatória”

Luís Marques Mendes referiu que se o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, sentir necessidade de vetar a proibição das Parcerias Público-Privadas, será “um erro de palmatória do Governo”.

“Primeiro por ser um erro estratégico. A grande questão na Lei de Bases não é proibir ou impor as PPP. Deve deixar em aberto. Quem tem de tomar a decisão é cada governo que esteja em funções no momento”, explicou, citado pelo Expresso.

Para o comentador, a Lei de Bases da Saúde “deve ser realista, abrangente e flexível”. Por esse motivo, se se optar por uma proibição expressa das PPP, “é muito provável que o Presidente vete a lei. Será um erro tático do Governo, porque já tem uma série de frentes de luta e está em dificuldades. Comprar uma guerra com o PR nesta altura, é um erro”.

Além de a proibição das PPP ser, para Marques Mendes, “uma vitória do Bloco de Esquerda”, constituirá também “uma derrota do PS, que comete um erro eleitoral, porque não vai ganhar um voto à esquerda e vai perder votos ao centro no eleitorado moderado”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"DeepNude". Inteligência Artificial "tirou a roupa" a mulheres nas redes sociais

A empresa de informação Sensity alertou que mais de 100 mil imagens foram carregadas para um canal de Telegram onde um bot "tirou a roupa" de mulheres. A empresa de segurança Sensity revelou recentemente que existe …

Poluição atmosférica "custa" a cada citadino europeu 1.276 euros por ano

A poluição atmosférica "custa" 1.276 euros por ano a cada cidadão europeu residente em cidades, de acordo com um estudo da Aliança Europeia de Saúde Pública (EPHA) divulgado esta quarta-feira. O estudo chegou ao valor médio …

"Emergência arqueológica". O degelo dos Alpes está a "libertar" artefactos escondidos há milhares de anos

As alterações climáticas podem estar a ajudar os arqueólogos a encontrar artefactos escondidos nos glaciares do Alpes há milhares de anos. O derretimento dos glaciares dos Alpes está a "liberta" objetos que permaneceram congelados no tempo …

Thermite RS3 é o primeiro robô de combate a incêndios dos EUA (e está pronto a entrar ao serviço)

O Corpo de Bombeiros de Los Angeles, nos Estados Unidos, deu as boas-vindas ao mais recente membro da equipa: um bombeiro robótico. O Thermite RS3 é um rover de controlo remoto capaz de bombear milhares de …

Inventor dinamarquês que matou jornalista no seu submarino escapou da prisão (mas já foi apanhado)

O inventor dinamarquês Peter Madsen, condenado a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall, fugiu da prisão esta terça-feira.  As autoridades dinamarquesas capturaram-no minutos depois. Peter Madsen, o dinamarquês condenado a prisão …

Molécula descoberta por menina de 14 anos pode levar a uma cura para a covid-19

A jovem norte-americana de 14 anos, Anika Chebrolu, descobriu uma molécula que pode levar a uma potencial cura para a covid-19. Enquanto cientistas dos quatro cantos do mundo trabalham no desenvolvimento de uma vacina para a …

Cerca de 1.300 reclusos fogem de prisão no Congo após ataque do Estado Islâmico

Cerca de 1.300 reclusos escaparam de uma prisão na República Democrática do Congo na manhã de terça-feira, após um ataque reivindicado pelo Estado Islâmico, informou a Organização das Nações Unidas (ONU). Embora as autoridades locais tenham …

Amesterdão vai usar flores para impedir que os ciclistas estacionem bicicletas nas pontes

A cidade conhecida pelo uso de bicicletas, vai agora tomar uma medida em relação ao estacionamento destas nas pontes. Tudo para proteger as vistas para os seus famosos canais. Amesterdão orgulha-se de ser uma das cidades …

Morreu voluntário envolvido no ensaio da vacina de Oxford. Tinha 28 anos e era médico recém-formado

As autoridades de saúde brasileiras divulgaram esta quarta-feira a morte de um voluntário dos testes da vacina contra a covid-19, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e pela Universidade de Oxford. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), …

Milo, o "comunicador de ação" que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, …