70% a 80% de adesão à greve da Transtejo

foto: Xuaxo / Wikimedia

foto: Xuaxo / Wikimedia

As ligações fluviais entre Lisboa e a margem sul do Tejo são hoje de manhã asseguradas apenas por serviços mínimos, já que a adesão à greve da Transtejo é de 70% a 80%, disse à Lusa fonte sindical.

De acordo com o representante da Federação dos Sindicatos dos Transportes e Comunicações (FECTRANS), José Augusto Oliveira, apenas uma das tripulações da Transtejo está hoje a trabalhar, tendo todas as outras aderido à greve.

“Nas carreiras do Seixal e do Montijo e na Trafaria, a adesão é total”, embora os trabalhadores estejam a efetuar as carreiras que foram definidas pelos serviços mínimos.

“Em Cacilhas, das sete tripulações previstas, há uma que furou a greve”, acrescentou.

Os trabalhadores da Transtejo iniciaram hoje uma greve de 24 horas, com início à meia-noite, sobretudo contra os cortes salariais previstos no Orçamento do Estado para 2014.

O grupo Transtejo avisou que, devido à greve, não vai poder garantir o serviço de transporte fluvial em condições de normalidade, mas anunciou que existem serviços mínimos decretados pelo Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social.

O recurso à greve foi explicado no domingo pelo secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, com três razões.

Em primeiro lugar, enumerou, os trabalhadores pretendem combater “uma violação grosseiríssima que a administração da empresa e também o Governo estão a fazer relativamente ao acordo de empresa”, com o objetivo de “reduzir a retribuição” salarial.

Mas o protesto quer também “defender o serviço público e, acima de tudo, contrariar uma lógica (…) de privatização destas empresas”, através da “entrega da gestão à iniciativa privada”, realçou o líder sindical.

O terceiro motivo, acrescentou o sindicalista, é o Orçamento do Estado para 2014 e “a violência” dos aumentos de impostos e dos cortes nos salários, nas pensões e nos direitos que nele estão previstos, que têm provocado uma “ampliação da angústia e do medo” no país e nas famílias.

As ligações em todas as carreiras da Transtejo começaram a parar na noite de domingo e devem regressar à normalidade depois das 00:00 do dia 26 de novembro, terça-feira.

A ligação entre Cacilhas (Almada) e o Cais do Sodré é que tem prevista a realização de mais carreiras de serviços mínimos ao longo do dia de greve, em ambos os sentidos, no período de hora de ponta da manhã e da tarde.

Na ligação entre o Montijo e Lisboa está prevista a realização de cinco carreiras ao longo dia, três no sentido Montijo/Cais do Sodré e duas em sentido inverso, enquanto na ligação do Seixal apenas se devem realizar quatro carreiras, três no sentido Seixal/Cais do Sodré e um em sentido inverso.

Na carreira entre a Trafaria e Belém não está previsto nenhum serviço mínimo.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Turistas fizeram café em Veneza. Foram multados em 950 euros e convidados a abandonar a cidade

Dois turistas alemães foram multados por fazerem um café nos degraus da famosa ponte Rialto, em Veneza. Depois, tiveram de deixar a cidade, segundo as autoridades municipais. Os dois turistas de Berlim, com idades entre 32 …

Merkel admite: Greta Thunberg teve influência nas novas medidas alemãs pelo ambiente

A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou nesta sexta-feira que o seu governo decidiu ser mais ambicioso nas medidas contra as alterações climáticas como resposta à mobilização e marchas pelo ambiente de crianças e adolescentes inspirados …

Google paga prémios até centenas de milhares de euros para descobrir bugs

A Google aumentou o valor dos prémios que oferece a quem descobrir bugs nos seus produtos e serviços. Alguns dos prémios podem mesmo chegar aos milhares de euros. Ganhar dinheiro ao descobrir bugs é algo desconhecido …

Identificado suspeito do incêndio no estúdio de animação no Japão. Queixa-se de plágio

Esta quinta-feira, um incêndio no estúdio de animação KyoAni provocou 33 mortos e 35 feridos. Confirmadas as suspeitas de que o desastre resultara de fogo posto e que o autor usara gasolina para propagar as …

Nunca ninguém mandou tanto tempo como Benjamin Netanyahu

Benjamin Netanyahu foi o primeiro chefe de Governo de Israel a nascer no país — em Telavive, a 21 de outubro de 1949, um ano após a criação do Estado.  Foi também o primeiro-ministro mais …

Vulcão Etna acordou e entrou de novo em erupção

O Etna voltou a acordar lançando lava de uma das crateras localizadas na área desértica do topo do vulcão siciliano, de acordo com o Instituto Nacional Italiano de Geofísica e Vulcanologia (INGV). A atividade é intermitente …

Agência Europeia para a Segurança da Aviação alerta para limitações dos Airbus 321neo

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) publicou na passada quarta-feira um estudo sobre um problema nos Airbus 321neo que pode dar origem a uma “redução do controle do avião”. O documento alerta todas as …

Carlos Vinícius por 17 milhões no Benfica. É o terceiro reforço mais caro das águias

O Benfica anunciou hoje como reforço o avançado brasileiro Carlos Vinícius, que assina por cinco temporadas, com o clube "encarnado" a pagar 17 milhões de euros ao Nápoles pela transferência. Os encarnados confirmaram a contratação do …

"Acharam que era empregado de mesa". Deputado Hélder Amaral denuncia racismo no Parlamento Europeu

O deputado do CDS-PP Hélder Amaral revela que foi vítima de racismo no Parlamento Europeu. O único deputado afro-descendente com assento parlamentar refere que "acharam que era empregado de mesa". Esta revelação foi feita por Hélder …

Há mais cinco dias para pagar o IVA (e mais mudanças noutros impostos)

Os deputados aprovaram esta sexta-feira, a proposta do Governo que altera diversos códigos fiscais, entre os quais mais cinco dias para o pagamento do IVA e eliminação de garantia para dívidas mais baixas de …