Ativista Greta Thunberg arrasa congressista republicano nos EUA

Com tranquilidade e humor, a ambientalista sueca de 16 anos Greta Thunberg mostrou na quarta-feira que é um osso duro de roer em pleno Congresso dos Estados Unidos (EUA), ao devolver o argumento usado por um dos políticos republicanos que rejeitam adotar políticas de proteção ambiental.

Greta Thunberg, que está há vários dias nos EUA para participar em conferências da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o clima, ouviu o congressista Garret Graves afirmar que “não faz sentido” alguns países andarem a limpar o oceano quando outros poluem. “O ponto importante [e] o que precisamos de fazer é focarmo-nos nos países que deitam lixo para o oceano” – como é o caso da China, exemplificou o republicano.

Num pequeno vídeo que está a circular nas redes sociais, ouve-se a jovem ativista a interrompê-lo com “outra perspetiva: sou da Suécia, um país pequeno” onde se utiliza “o mesmo argumento: porque é que devemos fazer alguma coisa? Basta olhar para os EUA”.

Greta Thunberg acrescentou que o argumento de Garret Graves sobre a China “também está a ser usado contra” os EUA, o que motivou risos e palmas entre quem assistia à audição parlamentar.

Garret Graves tinha começado por perguntar a Greta Thunberg “como é que ela se sentiria” se visse um navio a deitar cinco vezes mais lixo para o oceano do que aquele que ela estaria a recolher. A adolescente recorreu ao humor: “Primeiro, iríamos tão depressa que não havia tempo suficiente para apanhar qualquer lixo…”.

Mas, interrompeu o congressista com um sorriso, como se sentiria “se fosse um marinheiro lento como eu?”. Greta Thunberg prosseguiu: “Bem, por essa lógica, também estou a despejar muito lixo no oceano. E então eu parava de deitar o meu lixo no oceano e dizia ao outro barco para também parar de deitar lixo no oceano”.

TP, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pois, é um símbolo da sua geração, e ainda bem, porque se trata de uma geração cujas referências se resumem a inúteis desmiolados: influnciadores, desportistas e músicos que nada de útil ou positivo têm para mostrar! Bem que esta geração necessita de uma referência que vá além do superficial, do materialismo, do êxito fácil.. . Mas, não esqueçamos, trata-se de uma miúda (sem desprimor) tem muito a aprender das coisas e da vida. Se não se perder, poderá ser um símbolo da mudança que se impõe. Mas, não a endeusem já…

    • A questão é que a menina não terá que ser uma super-mulher. Terá a sua vida e usufruirá do direito universal de ser feliz, espero eu. Há 27 anos houve a Severn Cullis-Suzuki. Há 27 anos! E, de lá para cá, tudo está pior. O que estas meninas fizeram e fazem deveria ser suficiente para iniciar mudanças e não podemos exigir-lhes mais. Já fazem muito. Muito mais do que eu e a grande maioria.

The Crown. Afinal, vem aí uma sexta temporada

Peter Morgan, criador, produtor e argumentista de The Crown, anunciou esta quinta-feira (9), através do Twitter da plataforma de streaming Netflix, que a série britânica terá uma sexta temporada. “Quando começamos a discutir as histórias da …

Observatório Gaia revoluciona o rastreamento de asteroides

O observatório espacial Gaia da ESA é uma missão ambiciosa que tem o objetivo de construir um mapa tridimensional da nossa Galáxia, fazendo medições de alta precisão de mais de mil milhões de estrelas. No entanto, …

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas na Índia em apenas 10 dias

Tempestades de relâmpagos mataram 147 pessoas no estado de Bihar, no norte da Índia, no espaço de dez dias, noticia a AFP, que escreve que os números podem aumentar nos próximos tempos devido às alterações …

Investigação portuguesa descobriu 14 espécies marinhas com potencial para produção de antibióticos

Uma investigação conjunta da Universidade de Aveiro e da Universidade Católica descobriu 14 novas espécies e um género de fungos marinhos, com potencial para produção de antibióticos, revelou esta segunda-feira fonte académica. "Neste momento, estão a …

Impossíveis de cumprir. Directores preocupados com novas regras para as escolas

As orientações da Direcção Geral de Saúde (DGS) para as escolas com vista ao regresso das aulas presenciais, em Setembro, estão a preocupar os directores dos estabelecimentos de ensino. Isto porque as consideram impossíveis de …

Homicídios disparam na maioria das cidades norte-americanas durante a pandemia

O número de homicídios cometidos em solo norte-americano disparou na maioria das cidades do país na primeira metade de 2020, comparativamente com o mesmo período do ano passado, revela uma investigação do New York Times. …

Investigadores desenvolvem robô-cientista (e já descobriu um novo catalisador)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, no Reino Unido, construiu um robô-cientista móvel inteligente, que realiza experiências sem ajuda humana. O novo robô-cientista toma decisões sozinho e já descobriu um novo catalisador. Segundo a …

Sérgio Figueiredo deixa direção de informação da TVI

Sérgio Figueiredo saiu do cargo de diretor de informação da TVI, anuncia a estação de televisão em comunicado enviado às redações. A cessação de funções é efetiva a partir desta sexta (10) e põe fim a …

Dinamarca lança "passaporte covid-19"

O Governo da Dinamarca lançou o "passaporte covid-19", um documento que atesta que o portador do mesmo não teve um resultado positivo ao novo coronavírus recentemente. Deverá ser utilizado em viagens internas ou externas. De …

Mais oito mortes e 342 novos casos. Mais 305 pessoas dadas como recuperadas

Portugal regista este sábado mais oito mortes por covid-19 e mais 342 casos confirmados em relação a sexta-feira, segundo dados da Direção-Geral de Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico diário da DGS, há 46.221 casos …