Ativista Greta Thunberg arrasa congressista republicano nos EUA

Com tranquilidade e humor, a ambientalista sueca de 16 anos Greta Thunberg mostrou na quarta-feira que é um osso duro de roer em pleno Congresso dos Estados Unidos (EUA), ao devolver o argumento usado por um dos políticos republicanos que rejeitam adotar políticas de proteção ambiental.

Greta Thunberg, que está há vários dias nos EUA para participar em conferências da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o clima, ouviu o congressista Garret Graves afirmar que “não faz sentido” alguns países andarem a limpar o oceano quando outros poluem. “O ponto importante [e] o que precisamos de fazer é focarmo-nos nos países que deitam lixo para o oceano” – como é o caso da China, exemplificou o republicano.

Num pequeno vídeo que está a circular nas redes sociais, ouve-se a jovem ativista a interrompê-lo com “outra perspetiva: sou da Suécia, um país pequeno” onde se utiliza “o mesmo argumento: porque é que devemos fazer alguma coisa? Basta olhar para os EUA”.

Greta Thunberg acrescentou que o argumento de Garret Graves sobre a China “também está a ser usado contra” os EUA, o que motivou risos e palmas entre quem assistia à audição parlamentar.

Garret Graves tinha começado por perguntar a Greta Thunberg “como é que ela se sentiria” se visse um navio a deitar cinco vezes mais lixo para o oceano do que aquele que ela estaria a recolher. A adolescente recorreu ao humor: “Primeiro, iríamos tão depressa que não havia tempo suficiente para apanhar qualquer lixo…”.

Mas, interrompeu o congressista com um sorriso, como se sentiria “se fosse um marinheiro lento como eu?”. Greta Thunberg prosseguiu: “Bem, por essa lógica, também estou a despejar muito lixo no oceano. E então eu parava de deitar o meu lixo no oceano e dizia ao outro barco para também parar de deitar lixo no oceano”.

TP, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Pois, é um símbolo da sua geração, e ainda bem, porque se trata de uma geração cujas referências se resumem a inúteis desmiolados: influnciadores, desportistas e músicos que nada de útil ou positivo têm para mostrar! Bem que esta geração necessita de uma referência que vá além do superficial, do materialismo, do êxito fácil.. . Mas, não esqueçamos, trata-se de uma miúda (sem desprimor) tem muito a aprender das coisas e da vida. Se não se perder, poderá ser um símbolo da mudança que se impõe. Mas, não a endeusem já…

    • A questão é que a menina não terá que ser uma super-mulher. Terá a sua vida e usufruirá do direito universal de ser feliz, espero eu. Há 27 anos houve a Severn Cullis-Suzuki. Há 27 anos! E, de lá para cá, tudo está pior. O que estas meninas fizeram e fazem deveria ser suficiente para iniciar mudanças e não podemos exigir-lhes mais. Já fazem muito. Muito mais do que eu e a grande maioria.

RESPONDER

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …

"Botellón" está de volta a Lisboa. Ajuntamentos sem controle podem estar a espalhar o vírus

Há cada vez mais ajuntamentos de jovens em Lisboa, nomeadamente nos bairros típicos, mas também em locais como bombas de gasolina, para o convívio e o consumo de álcool. Um tipo de comportamento que está …