“Soldado do futuro”. Governo vai investir 171 milhões de euros em equipamento militar

António Cotrim / Lusa

O Governo vai investir cerca de 171 milhões de euros na compra de equipamento militar para o chamado “soldado do futuro”, tal como está previsto na Lei de Programação Militar (LPM) para o período entre 2019 e 2030.

De acordo com o Correio da Manhã, que avança a notícia nesta quinta-feira, a nova lei de compras para as forças armadas prevê a medida de “Proteção e Sobrevivência da Força Terrestre” e tem por objetivo criar mais condições de sobrevivência aos militares em cenário de operações de risco. Neste sentido, a verba destina-se à compra de uniformes, material de proteção e sistemas de comunicação.

Entre o material previsto para aquisição, nota o diário, estão capacetes balísticos, óculos de proteção, proteção maxilofacial, colete balístico, cotoveleiras de kevlar, luvas de proteção, relógio ou monitor fisiológico no pulso e espingarda automática.

O maior esforço financeiro na preparação do “soldado do futuro” deverá notar-se entre os anos de 2019 e 2022, quando estão previstos gastos de 74,8 milhões de euros, do “bolo” total de 171 milhões, na compra de equipamentos.

As restantes verbas dessa medida serão aplicadas nos oito anos seguintes: mais de 63 milhões de euros, entre 2023 e 2026, e cerca de 33 milhões de euros, entre 2027 e 2030, explica ainda o matutino.

O ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, apresenta nesta quinta-feira a LPM em Conselho de Ministros, onde deverá ser aprovada.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. … … “tem por objetivo criar mais condições de sobrevivência aos militares em cenário de operações de risco”. Portugal já não tem colónias onde aplicar tropa para combate. Deduz-me, neste pressuposto, que estes CENTO E SETENTA E UM MILHÕES DE €UROS em equipamentos militares são para as nossas tropas fazerem serviço no estrangeiro, não em Portugal. Ora, se esta verba fosse aplicada nas miseráveis condições em que milhares de Portugueses (sobre)vivem, não seria mais produtivo e humano? Ou será que a vida deste Povo sofrido vale ZERO em ordem aos gastos para guerras que afinal são dos outros?

  2. O que eu deduzo é que este material é para modernizar as forças armadas de equipamentos mais modernos do que temos neste momento, pois não se pode combater com material velho e obsoleto, podendo causar ferimentos aos nosso soldados e ficar em inferioridade tactica em alguma situação. SÂO OS HOMENS E MULHERES QUE PRESTAM SERVIÇO MILITAR QUE MANTÉM A SOBERANIA DESTE PAIS e não pessoas como tu.
    As pessoas só se lembram que precisam das coisas quando elas fazem falta até ao momento é só desperdício.
    Eles são a razão para poderes estar aqui a dizer asneiras.

RESPONDER

Governo do Brasil aponta início da vacinação entre janeiro e fevereiro

O ministro da Saúde do Brasil, Eduardo Pazuello, disse que o país vai começar a receber 15 milhões de doses de vacinas para a covid-19 entre janeiro e fevereiro de 2021, com mais cem milhões …

Solução para Novo Banco pode não passar por um OE retificativo, diz João Leão

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, disse que a alternativa à anulação da transferência de 476 milhões de euros para o Novo Banco não tem "necessariamente que passar" por um orçamento retificativo …

Plano de vacinação arranca em janeiro com três fases. 950 mil pessoas no primeiro grupo prioritário

Pessoas com mais de 50 anos com uma patologia frequente nos casos graves de covid-19, residentes e/ou internados em lares e profissionais de saúde integram o primeiro grupo prioritário para a administração da vacina de …

Segunda vaga de moratórias autorizada pela Autoridade Bancária Europeia

A Autoridade Bancária Europeia (EBA) autorizou a reabertura de moratórias de crédito, com efeitos a partir de 01 de outubro até 31 de março de 2021, dois meses após ter suspendido novas adesões. Num comunicado publicado …

Turquia alvo de críticas duras em reunião da NATO e em risco de sanções

A Turquia esteve esta quarta-feira sob um fogo de críticas na reunião virtual dos Ministros dos Negócios Estrangeiros (MNE) da NATO e, com a deceção manifestada pelos Estados Unidos, deve preparar-se para sanções económicas americanas …

O que Neymar mais quer é voltar a jogar com Messi. Só se vier a custo zero, diz o Barça

O internacional brasileiro Neymar, que alinha pelo PSG, confessou esta quarta-feira que o mais deseja é voltar a jogar com o astro argentino Lionel Messi, com quem partilhou balneário entre 2013 e 2017 no Barcelona. …

Ministro da Administração Interna e procuradora-geral da República vão ser ouvidos no Parlamento

Eduardo Cabrita será ouvido sobre o caso do cidadão ucraniano assassinado nas instalações do SEF e Lucília Gago sobre a "recente diretiva sobre os poderes hierárquicos" na magistratura do Ministério Público. A comissão de Assuntos Constitucionais …

Portugal regista mais 79 mortos e 3.772 novos casos de covid-19

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais 79 mortos relacionados com o novo coronavírus, que provoca a covid-19, e 3.772 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da …

França investiga 76 mesquitas por suspeita de radicalização islâmica

A França vai investigar nos próximos dias 76 mesquitas por suspeitas de radicalização islâmica, anunciou esta quarta-feira o ministro do Interior do país, Gerald Darmanin. Trata-se de 16 templos na região de Paris e 60 no …

Medidas estão a dar resultados. Novas regras apresentadas sábado vão vigorar até 7 de janeiro

O primeiro-ministro afirmou que as medidas adotadas estão a produzir resultados, havendo uma trajetória descendente de novos casos de covid-19, mas advertiu que janeiro é mês de risco e as restrições não podem ser aliviadas. Esta …