Governo recua e garante testagem em todas as escolas e creches públicas e privadas

Rodrigo Antunes / Lusa

O Governo garantiu esta quarta-feira que irá realizar testagem para a covid-19 “em todos os estabelecimentos de ensino e de apoio à infância”, visando um regresso “mais seguro” às aulas presenciais.

A medida resulta da orientação conjunta sobre o programa de rastreios laboratoriais para SARS-COV-2 nas creches e estabelecimentos de educação e ensino e da autorização de despesa, aprovada em Conselho de Ministros no domingo, para a realização de testes à covid-19 a alunos e pessoal docente e não docente.

Segundo refere comunicado conjunto dos ministérios da Educação, do Trabalho e da Solidariedade e Segurança Social, o processo de testagem em escolas foi desencadeado no final de janeiro, “tendo já permitido a realização de mais de 64 mil testes, apesar da transição para o ensino à distância causado pela evolução da pandemia”.

“Em resultado da articulação com as diferentes entidades envolvidas na operação de testagem, que se têm revelado parceiros inequívocos em todo este processo, os referidos Ministérios concretizam uma operação em que é possível realizar um elevado número de testes”, adianta.

O Governo sublinha ainda que a Direção-Geral da Saúde (DGS) considera que a utilização de testes rápidos periódicos constitui uma medida adicional às medidas de prevenção da infeção, como o distanciamento, o uso de máscara, a ventilação dos espaços ou as medidas de higiene e etiqueta respiratória, “visando uma retoma mais segura das atividades educativas e letivas presenciais”.

Inicialmente, a despesa aprovada em Conselho de Ministros servia apenas para a aquisição de serviços de realização de testes rápidos de antigénio no ensino público e nas respostas sociais de apoio à infância do setor social e solidário.

A medida deixava de fora 84.683 estudantes e 11.266 professores a dar aulas no setor particular e cooperativo. A estes juntavam-se também 20 mil funcionários não docentes que trabalham nos colégios privados.

Acusado de “discriminação inaceitável” pela Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular e Cooperativo (Aeep), o Governo veio agora recuar na medida, alargando-a a todos os estabelecimentos de ensino do setor público e privado.

Em declarações ao jornal Público, especialistas alertaram que a decisão de excluir alunos e docentes dos colégios privados da estratégia de testagem em massa no regresso ao ensino presencial pode ser institucional, uma vez que os testes devem ser vistos como uma questão de saúde pública.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.611.162 mortos no mundo, resultantes de mais de 117,5 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP. Em Portugal, morreram 16.617 pessoas dos 811.948 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da DGS.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Neuralink divulga vídeo de macaco a jogar videojogo com a mente

A Neuralink, empresa de implantes cerebrais do empresário Elon Musk, divulgou na quinta-feira um vídeo que mostra a tecnologia a funcionar em macacos. No vídeo, um cientista da Neuralink explica a forma como a empresa implantou …

Obra de Paula Rego vai a leilão com estimativa de um milhão de libras

A obra “The Aunt (Nada)”, da pintora portuguesa Paula Rego, vai ser leiloada pela Phillips, em Londres, na quinta-feira, com uma estimativa de venda entre 800 mil e 1,2 milhões de libras (922 mil a …

Minerar bitcoin na China vai gerar mais emissões de carbono do que as de toda a República Checa

Um novo estudo estima que o processo de mineração de bitcoin na China poderá gerar em breve 130,50 milhões de toneladas de emissões de carbono por ano (mais do que a produção anual de toda …

Chelsea 0-1 FC Porto | Adeus com sentimento de injustiça

Difícil de lidar. O Porto mostrou capacidade para afastar o poderoso Chelsea nos quartos-de-final da Liga dos Campeões, mas ficou a um golo de levar a eliminatória para prolongamento, acabando afastado. Após a derrota por 2-0 …

Suíça cria a moeda mais pequena do mundo com a imagem de Einstein

Com a famosa imagem de Albert Einstein a mostrar a língua, e com apenas 2,96 mm de diâmetro, é necessário o recurso a uma lupa para conseguir apreciar o objeto. Esta é a  moeda mais …

Citroën apresenta o seu novo topo de gama. O C5 X promete audácia e inovação

A Citroën apresentou o C5 X, uma carrinha sobrelevada ao estilo de crossover, que faz uma maior apologia da tecnologia, do conforto e de um desenho mais irreverente face aos rivais que se encontram no …

J-Lo, H.E.R. e Foo Fighters em concerto para financiar vacinas contra a covid-19

As cantoras Jennifer Lopez e H.E.R. são duas das participantes num espetáculo especial, que será transmitido a nível global, no próximo dia 8 de maio, com o objetivo de angariar fundos para as vacinas contra …

"Indecente e imoral". Paquistão em guerra aberta com o TikTok, a rede social mais popular do país

O TikTok é a rede social mais popular no Paquistão, mas a aplicação mostra um lado do país que não se alinha com a sua imagem conservadora. Em 2019, o TikTok tornou-se a segunda aplicação mais …

Joe Biden promete retirar todas as tropas do Afeganistão até 11 de setembro de 2021

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai propor a retirada de todas as tropas do Afeganistão até ao dia 11 de setembro de 2021, no vigésimo aniversário do ataque ao World Trade Center. Segundo o …

120 anos depois, IA ajuda a recriar pintura escondida sob obra-prima de Picasso

A Inteligência Artificial (IA) ajudou a recriar uma obra de arte que esteve escondida sob uma pintura de Pablo Picasso durante quase 120 anos. Uma misteriosa paisagem esconde-se debaixo da superfície visível de La Miséreuse Accroupie …